Home / Arte / BNDES lança mais uma chamada do Matchfunding BNDES + Patrimônio Cultural, com inscrições até 18 de dezembro
BNDES lança mais uma chamada do Matchfunding BNDES + Patrimônio Cultural. Foto: Igreja Nossa Senhora do Pilar em São João del Rei, Minas Gerais/Divulgação.
BNDES lança mais uma chamada do Matchfunding BNDES + Patrimônio Cultural. Foto: Igreja Nossa Senhora do Pilar em São João del Rei, Minas Gerais/Divulgação.

BNDES lança mais uma chamada do Matchfunding BNDES + Patrimônio Cultural, com inscrições até 18 de dezembro

Edição Lab convoca ideias que usem a internet para extrapolar barreiras físicas de patrimônios. Selecionados passam por um lab de cocriação e podem receber R$50mil de match para suas campanhas de financiamento coletivo.

Link para inscrições: benfeitoria.com/bndesmais

Analisando o ano de 2020 e entendendo as necessidades da área de cultura, que também foi fortemente impactada pela pandemia, BNDES, Benfeitoria e SITAWI lançam a nova edição do Macthfundig BNDES+. A Edição Lab do programa, pensado para os Patrimônios Culturais materiais e imateriais de todas as regiões do Brasil, como nas edições anteriores de 2019 e 2020, vem com um diferencial: é totalmente voltado para o campo digital. Esse edital, lançado no último dia 18, receberá projetos que queiram utilizar a internet como ferramenta para extrapolar as fronteiras físicas de contato e interação do público com os patrimônios. As inscrições ficam abertas até 18/12.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Segundo Luciane Gorgulho, chefe do departamento de desenvolvimento urbano, cultura e turismo “O Matchfunding BNDES+ – Edição Lab reforça o alcance do Programa, ao oferecer apoio à estruturação de novos projetos no laboratório de cocriação. Com isso, potencializa o impacto do programa na dinamização Patrimônio Cultural Brasileiro, setor bastante impactado pela pandemia, estimulando a aproximação do público através do digital, convidando a sociedade a ser parte deste movimento de promoção, conscientização e cuidado coletivo ao que é nosso.”

Na primeira fase desta edição serão selecionadas até 15 propostas, sendo três por região, que passarão por um processo de desenvolvimento, através de um laboratório criativo com duração de um mês, conduzido pela Benfeitoria. Nesse processo haverá uma imersão de cocriação das ideias, com intuito de transformá-las em projetos ainda mais inovadores e com alto potencial de mobilização.

Após o lab, os selecionados apresentarão seus projetos, que deverão ter metas de captação de R$75mil, para uma banca de especialistas independentes. Nessa segunda fase, serão escolhidos até 10 projetos que vão participar da etapa de Matchfunding, onde cada real arrecadado via financiamento coletivo será triplicado pelo BNDES. Os projetos que não forem selecionados pela banca poderão se inscrever para participar do financiamento coletivo tradicional.

O valor do fundo disponível para esta chamada, bem como a quantidade de projetos selecionados para a etapa de Matchfunding, só serão conhecidos em março de 2021. Este fundo é composto pelo valor remanescente das campanhas da segunda chamada do Matchfunding BNDES, de 2020. No total das 3 chamadas (2019, 2020 e Edição Lab) o BNDES investirá até R$4 milhões em projetos.

EDIÇÕES ANTERIORES

Ano passado, dos 20 projetos selecionados, 18 atingiram suas metas de arrecadação e foram viabilizados com o apoio de mais de 4 mil benfeitores que, junto com o BNDES, investiram mais de R$4.5milhões nas campanhas. Yasmin Youssef, gerente de parcerias especiais da Benfeitoria, conta que 60% deles nunca tinha apoiado um projeto de patrimônio antes e que 44% deles nunca tinha apoiado projetos via crowdfunding. Yasmin disse, ainda, que o programa capacitou mais de 7 mil pessoas online e presencialmente (quando eventos eram possíveis) em crowdfunding, desde 2019.

Três dos projetos selecionados da edição anterior estão atualmente em captação no canal. E, em breve, outros serão lançados. “A convocação esse ano é dupla – colabore com um projeto ou envie o seu”, disse Leonardo Letelier, CEO da SITAWI, que complementa: “o matchfunding se provou um instrumento poderoso para unir todas esferas sociais em prol de um único objetivo, garantindo que o investimento do patrocinador seja direcionado exclusivamente a projetos com interesse e engajamento coletivo. É, sem dúvida, uma forma de fomento que chegou para ficar”.

Benfeitoria

Lançada em 2011, a Benfeitoria (www.benfeitoria.com) é a plataforma de financiamento coletivo (crowdfunding) mais inovadora e eficiente do Brasil. Com a maior taxa de sucesso do Brasil desde o lançamento, já mobilizou quaseR$80milhões (sem contar com os aportes de match) de cerca de 300 mil colaboradores para dar vida a mais de 6 mil projetos. Foi a primeira plataforma do mundo a não cobrar comissão obrigatória de quem arrecada, a primeira do Brasil a lançar crowdfunding recorrente, e a única a trabalhar com editais de grande porte via Matchfunding. Entre seus principais parceiros de fomento, estão BNDES, Fundação Tide Setubal, ONU Mulheres, Sebrae, Natura, Instituto Coca-Cola, Ambev e Itaú. Só esse ano, foram mais de R$44Milhões injetados em campanhas de arrecadação pelos parceiros através de Matchfunding.

SITAWI

A SITAWI Finanças do Bem (www.sitawi.net) é uma Associação sem fins lucrativos fundada em 2008 com a missão de mobilizar capital para impacto socioambiental positivo. Pioneira no desenvolvimento de soluções financeiras para impacto, foi responsável pela criação de inovações relevantes no setor, como os Empréstimos Socioambientais e a Gestão de Fundos Filantrópicos e Rotativos – e já mobilizou mais de R$60 milhões, apoiando mais de 250 iniciativas que alcançaram mais de 700 mil pessoas. Em 2019, para cada R$1 em doações para as operações da SITAWI permitiu mobilizar R$25 para impacto socioambiental positivo.

BNDES

Fundado em 1952 e atualmente vinculado ao Ministério da Economia, o BNDES é o principal instrumento do Governo Federal para promover investimentos de longo prazo na economia brasileira. Suas ações têm foco no impacto socioambiental e econômico no Brasil. O Banco oferece condições especiais para micro, pequenas e médias empresas, além de linhas de investimentos sociais, direcionadas para educação e saúde, agricultura familiar, saneamento básico e transporte urbano. Em situações de crise, o Banco atua de forma anticíclica e auxilia na formulação das soluções para a retomada do crescimento da economia.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*