Home / Arte / Coletâneas de contos para serem lidas em 2021
Livros, destaque. Divulgação.
Livros, destaque. Divulgação.

Coletâneas de contos para serem lidas em 2021

Divirta-se com várias histórias em um único livro

As antologias e coletâneas de contos são ótimas opções de leituras para pessoas que não tem muito tempo no dia a dia, por reunir diversas narrativas em um único livro as experiências são diversas e pensando nisso listamos cinco livros que se incluem nessa categoria para serem lidos ainda este ano.





Amor Confinado

Utilizando a atual pandemia de Covid-19 como pano de fundo, a antologia reúne contos de diversos autores sobre relacionamentos durante o isolamento social. Lançada pela Peculiar Editora e organizada pela Rafaela Guimarães, as narrativas exploram romances que cresceram e floresceram nesse momento e vão até aqueles que acabaram mediante ao distanciamento.

Antologia Dark

Editada pelo autor Cesar Bravo, a antologia é uma homenagem ao best-seller Stephen King. Lançada pela DarkSide Books, a obra é o primeiro volume de uma coleção que vai promover a importância de contos de horror e o diálogo entre autores nacionais, dos iniciantes aos veteranos. Nas narrativas, acompanhamos contos inspirados nos clássicos do Rei do Terror, todos escritos por escritores nacionais.

Máculas de Salém

Lançada pela Peculiar Editora, esta é uma antologia que reúne bruxas, feitiços e magia negra por meio de contos escritos por autores de todo o Brasil. Organizada por Amr Wolf, as narrativas contam histórias dos descendentes de uma linhagem de irmãs bruxas que lutaram contra o demônio “O Profanador”, o que os tornou “marcados”, um enredo inicial.

Floresta Negra

Editada por Rafael Porfírio, esta é uma antologia de contos que giram em torno do desaparecimento de Anne Carter, esposa do bilionário Alexander Bryan. A mulher desapareceu misteriosamente na Floresta Negra, na Alemanha, porém após meses as buscas são encerradas e o marido oferece 3 milhões de dólares para quem encontrar a amada viva ou morta.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*