Home / Arte / Pajubá Festival divulga projetos selecionados
CTRLN. Foto: Divulgação.
CTRLN. Foto: Divulgação.

Pajubá Festival divulga projetos selecionados

Evento realizado pela Companhia Ir e Vir, de São José do Rio Preto (SP), por meio da Lei Aldir Blanc, será de 7 a 11 de abril de 2021

Treze projetos de artistas paulistas, dos quais nove de São José do Rio Preto, três da Capital e um de Santos, foram selecionados para o Pajubá Festival. O evento que busca fortalecer o trabalho artístico-cultural de pessoas LGBTQIA+, negras e indígenas divulgou as propostas que irão compor a Mostra Artística, que contemplará dança, música, audiovisual, teatro, literatura e performance.





A Mostra Artística é uma das três ações da programação, que também compreenderá Encontros Virtuais de Ideias e Atividades Formativas. O festival será entre 7 e 11 de abril. Realizado pela Companhia Ir e Vir, sediada em São José do Rio Preto (SP), o evento terá programação gratuita, presencial e virtual, e com foco em toda a comunidade. A transmissão será pelos canais da Cia. Ir e Vir no YouTube e Facebook.

Formatos

A Mostra Artística envolve três formatos: Performances Artivistas (trabalhos performativos, preferencialmente solos, com duração de 30 minutos evidenciando o ativismo LGBTQIA+); Mostra Pop (obras nos segmentos de dança, teatro, música e artes integradas) e Drama Queer (obras literárias com temática LGBTQIA+, cultura da população negra e cultura da população indígena). Foram recebidas 58 inscrições, de 13 cidades: São Paulo, Cotia, Cruzeiro, Suzano, Ferraz de Vasconcelos, Araçatuba, Tupã, Santana do Parnaíba, São José dos Campos, Paraiso, Leme e Santos, além de São José do Rio Preto. Também houve uma proposta de Belo Horizonte (MG), mas não atendia ao regulamento, que previa somente projetos do Estado de São Paulo.

Curadoria

A curadoria da Mostra Artística foi realizada por Beta Cunha, atriz, diretora teatral, diretora de dança e representante da cadeira de Cultura Negra e Indígena no Conselho Municipal de Políticas Culturais de Rio Preto, e Isaac Ruy, escritor e dramaturgo. Foram selecionados prioritariamente projetos de pessoas LGBTQIA+, negras, indígenas, com deficiência ou mobilidade reduzida e profissionais da arte drag queen. Outro critério utilizado foi o histórico dos artistas, grupos e coletivos inscritos.

Gravações

Os trabalhos selecionados serão gravados entre os dias 15 e 16 de março, na sede da Cia. Cênica, em São José do Rio Preto, e posteriormente editados para o ambiente virtual. Cada proposta selecionada no formato Performances Artivistas receberá o valor de R$ 1.000,00. Para a Mostra Pop, o valor individual será de R$ 2.500,00 e, para Drama Queer, de R$ 500,00.

Conceito

Essa é a primeira edição do evento, que foi um dos contemplados pelo Edital 06/2020 – Auxílio para Festivais de Culturas, da Lei Aldir Blanc, lançado pela Secretaria Municipal de Cultura de São José do Rio Preto.

Conhecido como o dialeto LGBTQIA+, o pajubá (ou bajubá) tem origem na fusão de termos da língua portuguesa com termos extraídos dos grupos étnico-linguísticos nagô e ioruba, que chegaram ao Brasil com os africanos escravizados originários da África Ocidental e reproduzidos nas práticas de religiões afro-brasileiras. Para o diretor, dramaturgo e ator da Cia. Ir e Vir Tiago Mariusso, coordenador do Pajubá Festival, o nome do evento é um reconhecimento à origem dessa homogeneidade da cultura brasileira, e ao mesmo tempo instigar a curiosidade do público na busca por nossas raízes.

CONFIRA ABAIXO OS PROJETOS SELECIONADOS:

Performances Artivistas

  • Desabafo (proponente Jailson Rodrigues Dos Santos – São José do Rio Preto/SP) – performance de dança e artes visuais
  • Na cama sem Madonna (proponente Murilo Gussi – São José do Rio Preto/SP) – teatro performativo
  • Tirando leite de touros negros (proponente Nadson Franciso do Prado – São José do Rio Preto/SP) – audiovisual
  • Re-montar (proponente Gabriel Augusto de Lima Alves – São José do Rio Preto/SP) – audiovisual com foco em fotografia

Drama Queer

  • Boneca Russa (proponente Marcelo Rosalem Oriani – São Paulo/SP) – texto teatral
  • Diário Negro (proponente Alexandre José de Faria – São Paulo/SP) – texto teatral
  • Jantar pra seis (proponente Isabela Egea Lisboa Lacerda – São José do Rio Preto/SP) – roteiro curta-metragem
  • Separades (proponente Carlos Roberto da Silva Lamberti Junior – Santos/SP) – artbooks/artes visuais

Mostra Pop

  • CTRL+N (proponente Nigel Anderson de Medeiros Ferreira – São Paulo/SP) – música
  • Magia Negra (proponente Diego Neves Ribeiro Da Cruz – São José do Rio Preto/SP) – música
  • Queernejo (proponente Guilherme Bernardes Duarte – São José do Rio Preto/SP) – música/drag queen
  • Xsindzivxs (proponente Murilo Gussi – São José do Rio Preto/SP) – teatro performativo
  • Samba de Ilê (proponente Jaqueline Cardoso Vieira – São José do Rio Preto/SP) – música
SERVIÇO:
Pajubá Festival
Quando: de 7 a 11 de abril de 2021
Onde: canais da Cia. Ir e Vir no YouTube e Facebook.
Realização: Companhia Ir e Vir, através do Edital 06/2020 – Auxílio para Festivais de Culturas, da Lei Aldir Blanc, lançado pela Secretaria Municipal de Cultura de São José do Rio Preto
Mais informações: irevir.cia@gmail.com
Cia. Ir e Vir na internet: YouTube: Cia. Ir e Vir | Facebook: @cia.irevir | Instagram: @cia.irevir | Site: www.ciairevir.com.br

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*