Home / Arte / Como combinar a madeira em sua decoração
Quadro foto criado por freepik - br.freepik.com
Quadro foto criado por freepik - br.freepik.com

Como combinar a madeira em sua decoração

Alguns materiais têm uma forte presença nos imóveis, tanto na parte estrutural quanto no decór. A madeira em decoração, por exemplo, pode colaborar para despertar uma sensação de aconchego e conforto, além de imprimir um ar de sofisticação.

Além do mais, a madeira pode ser combinada com vários objetos decorativos, para compor um ambiente harmonizado e de aspecto rústico. Tudo isso, devido à neutralidade do material, que serve de base para os mais diversos estilos de decoração.

Fora todos esses aspectos, a madeira também é vista como um dos elementos mais duráveis e resistentes. Muitas vezes, basta uma raspagem de piso de madeira para já conferir uma aparência nova ao revestimento.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Dessa forma, não é preciso gastar muito com a troca de pisos, sendo possível aproveitar ao máximo do imóvel, sem grandes reformas estruturais.

No artigo de hoje, saiba como combinar a madeira em sua decoração, com funcionalidade e beleza. Acompanhe a leitura!

1 – Escolha um tom de madeira

O primeiro passo é encontrar a tonalidade de madeira certa para cada ambiente. Para isso, avalie se já não há alguma mobília presente no cômodo, como um armario sob medida, que já tenha uma cor padrão.

Depois, é só investir em outros móveis e objetos de madeira que sigam a mesma tonalidade.

Outra dica é combinar as cores. Por exemplo, se os detalhes dos móveis e artigos decorativos são escuros, vale a pena apostar em uma base de madeira clara, para dar um contraste ao ambiente.

Um bom exemplo é a poltrona Charles Eames couro natural, que tem um toque de sofisticação justamente por conta do seu design, que combina a nobreza da madeira, com uma cor diferenciada no estofado.

2 – Use pisos de madeira

Os pisos de madeira são usados há muito tempo por designers e arquitetos, sendo sinônimos de elegância aos ambientes.

Uma vantagem dos pisos de madeira é que eles caem bem em qualquer ambiente, como quartos, salas, home offices, cozinhas, entre outros. Os revestimentos amadeirados costumam ser mais iluminados em relação a outros pisos e, por conta disso, a sensação de amplitude é muito maior.

Além do mais, os pisos de madeira combinam com qualquer tipo de estilo. É possível aplicar uma decoração em acrílico, sem perder a classe e o requinte.

Entre as vantagens do piso de madeira, destacam-se:

  • Resistência e durabilidade;
  • Facilidade de limpeza;
  • Pouca necessidade de manutenção;
  • Isolamento térmico e acústico.

Por esse motivo, até hoje esse tipo de revestimento é um dos preferidos pelos designers de interiores e arquitetos.

3 – Aplique revestimentos nas paredes

Uma das tendências modernas na decoração com madeira é o uso do revestimento na parede. Isso porque o material se destaca entre os outros objetos de decoração e, além do mais, é possível manter uma climatização agradável.

O revestimento pode ser usado em conjunto com outros elementos, como persianas para escritório, para imprimir uma sensação de requinte – algo que cai muito bem em home office, por exemplo.

Quando se usa a madeira na parede, também é possível decorar a casa em um estilo mais rústico, simples e agradável. Uma dica é combinar com plantas, obras de arte e tecidos coloridos, que são um ótimo complemento para o decór.

4 – Combine móveis e acessórios

Os móveis planejados residencial geralmente são confeccionados em madeira ou MDF, um material bastante similar, porém de menor resistência e durabilidade.

De qualquer modo, a mobília em madeira é a preferida do mercado, devido à sua aparência diferenciada, em especial, os modelos de madeira crua, que ficam ótimos em qualquer cômodo da casa.

Os móveis tingidos em branco ou preto também são alternativas interessantes para quem deseja harmonizar o ambiente com um toque de satisfação.

Mas para os moradores que querem um ar mais alegre, é possível investir em revestimentos de cores fortes, como o amarelo, laranja e vermelho, porém sem exageros.

5 – Use madeira de demolição

A madeira de demolição é outra tendência que está ganhando cada vez mais espaço no mundo da decoração de interiores.

Ela pode ser combinada com esquadrias de alumínio e vidro, bem como outros elementos com estilo industrial, para conferir uma decoração mais ousada, dinâmica e moderna ao ambiente.

O estilo industrial também emprega funcionalidade ao cômodo, sendo possível aproveitar melhor o espaço, de maneira organizada.

6 – Combine a madeira com cores específicas

A madeira pode ser combinada com qualquer cor, mas existem tonalidades específicas que ajudam a compor um ambiente mais sofisticado. Abaixo, confira algumas opções:

Azul

O azul é uma cor conhecida por transmitir harmonia e tranquilidade. Por esse motivo, ela cai muito bem com tonalidades mais neutras, como o bege e o branco. Diante disso, a dica é optar por madeiras mais claras.

Verde

O verde é uma cor que chama bastante atenção nos ambientes internos. No entanto, é preciso ter cuidado com a combinação da cor com a madeira, ainda mais porque o verde tem diversas tonalidades.

Por exemplo, o verde claro cai bem com uma madeira mais clara ou escura. Mas no caso do verde musgo, a melhor opção é usar uma tonalidade mais próxima do preto.

Assim, caso tenha uma viga de madeira com tonalidade mais escura, é possível combinar com o verde, para imprimir um ar de sofisticação.

Amarelo

O amarelo é uma cor que cai bem com a tonalidade natural da madeira. Por esse motivo, é muito fácil combinar a decoração com esse tom.

Uma dica é colocar o amarelo em detalhes nos móveis, como estofados de cadeiras, objetos decorativos, ladrilhos, entre outros.

Outra opção é pintar a madeira de branco ou preto, que também cria um ambiente moderno e contrastante com o amarelo.

Laranja

O laranja é uma cor que estimula a criatividade e traz luz para o ambiente. Por isso, a madeira avermelhada ou em tons quentes é a mais indicada, pois é possível complementar essas características.

Além do mais, o laranja também combina com outros materiais naturais, como o bambu, o couro e as fibras vegetais.

Vermelho

O vermelho é uma cor vibrante, quente e excitante. Por isso, em conjunto com a madeira, a dica é optar por revestimentos mais neutros, como bege e o cinza claro.

A madeira escura também ajuda na composição de um visual estiloso e de maior requinte. Porém, é preciso ter cuidado para o ambiente não ficar “pesado”.

Cinza

O cinza é uma cor muito ampla, pois ela conta com diversas variações de tonalidade. Hoje em dia, é um dos tons mais valorizados na decoração moderna, pois é excelente para a composição de estilos industriais.

A aparência do cinza lembra muito as paisagens urbanas, por isso, o ideal é combinar com elementos mais neutros, como a madeira natural.

Roxo e rosa

O roxo e o rosa não são cores muito usadas na decoração das casas, aparecendo com mais frequência nos quartos das crianças.

Para complementar a decoração, vale a pena apostar em madeira pintada de branco e tons nudes. Isso ajuda a conferir um ar de sensibilidade, deixando o ambiente mais romântico.

Preto

O preto é sinônimo de elegância, sendo recomendada para quem deseja um visual mais sóbrio e formal. No entanto, por ser uma cor muito escura, a recomendação é combinar a decoração com madeira de tom claro.

Mas para moradores mais alegres, uma opção é pintar a madeira em tonalidades mais vivas, como amarelo.

Branco

Os cômodos com predominância do branco são muito comuns nas residências, já que eles permitem uma versatilidade de combinações.

No caso da madeira, qualquer tonalidade combina com o branco. Contudo, a recomendação para ambientes mais amplos é adicionar madeira escura ou pintada em cores quentes, pois quebra a monotonia do espaço totalmente branco.

Conclusão

Não é de hoje que a madeira é conhecida como um dos materiais mais nobres da decoração. Versátil, resistente, durável e elegante, ela combina com praticamente todos os ambientes da casa, dando um toque diferenciado ao design de interiores.

Além do mais, a madeira é conhecida por conferir uma ótima isolação térmica, deixando o ambiente mais confortável, aconchegante e climatizado. Durante o frio, é possível esquentar os cômodos, enquanto no calor, eles ficam mais frescos.

Ao mesmo tempo, a madeira confere um excelente isolamento acústico. Por esse motivo, ela vem sendo explorada como revestimento de parede, para evitar a entrada de barulho externo e impedir que o som vaze.

Diante de todas essas vantagens, fica fácil perceber o porquê a madeira ainda é a preferida de arquitetos, decoradores e designers, prevalecendo até hoje como um dos materiais de construção mais populares do mercado.

O artigo de hoje trouxe algumas dicas de como combinar a madeira na sua casa. Mas o que não pode faltar é a personalidade. Afinal de contas, a sua casa precisa combinar com você.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Comentários

lguns materiais têm uma forte presença nos imóveis, tanto na parte estrutural quanto no decór. A madeira em decoração, por exemplo, pode colaborar para despertar uma sensação de aconchego e conforto, além de imprimir um ar de sofisticação. Além do mais, a madeira pode ser combinada com vários objetos decorativos, para compor um ambiente harmonizado e de aspecto rústico. Tudo isso, devido à neutralidade do material, que serve de base para os mais diversos estilos de decoração. Fora todos esses aspectos, a madeira também é vista como um dos elementos mais duráveis e resistentes. Muitas vezes, basta uma raspagem de…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie o artigo! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.9 ( 1 votos)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*