Home / Arte / Decoração rica em cores e formas pode ajudar no desenvolvimento infantil
Tapete infantil. Foto: Divulgação / MF Press Global.
Tapete infantil. Foto: Divulgação / MF Press Global.

Decoração rica em cores e formas pode ajudar no desenvolvimento infantil

Linha de tapetes com desenhos especialmente criados para as crianças pode estimular criatividade e bem estar dos pequenos; Neurociência comprova importância da decoração no desenvolvimento da memória afetiva

O ambiente onde vivemos é capaz de provocar diversas sensações, estabelecer vínculos e, claro, criar memórias afetivas. Neste sentido, dar aos filhos um ambiente estimulante, ainda que nos primeiros anos de vida, é fundamental para o desenvolvimento dos pequenos.

A Comercial Têxtil Store, presente no mercado há mais de 40 anos no segmento de decoração em tecido, desenvolveu uma linha exclusiva de tapetes para o quarto das crianças, que visa, além de decorar o ambiente, levar aconchego e bem estar às crianças.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

“O tapete Zig Zag Infantil tem estilo e cores fascinantes e é indicado para crianças de todas as idades. As formas vibrantes foram escolhidas para estimular a criatividade das crianças durante as brincadeiras, momentos de estudos e até na interação com a família”, comentou o empresário Nathanael Siqueira.

O neurocientista, neuropsicólogo e psicanalista Fabiano de Abreu reforça a necessidade de propiciar um ambiente estimulante para a formação da memória afetiva. “Nossa identidade é construída a partir das imagens que recebemos. Memorizamos pela imagem, esta determina a memória, a lembrança, a emoção e, deste modo, a cor, o cheiro, a textura, o ambiente são fundamentais para a construção dessa afetividade”, destacou.

Além dos tapetes, a Comercial Têxtil Store também trabalha na confecção de almofadas, cortinas, mantas para sofá, colchas, linhas para banheiro e jogos americanos.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*