Home / Arte / Dicas de como utilizar cortinas em sua decoração
Luz foto criado por lifeforstock - br.freepik.com
Luz foto criado por lifeforstock - br.freepik.com

Dicas de como utilizar cortinas em sua decoração

O uso de cortinas vai além da decoração. Esse acessório não é indicado apenas para beleza, incluindo também situações em que a claridade é acentuada e o local precisa de um recurso para se adaptar aos elementos externos.

Ambientes internos com circulação de pessoas devem atender alguns requisitos para receber esse fluxo diariamente. Independentemente de ser uma residência, um espaço público ou da quantidade de gente que passa por ali.

Um dos elementos essenciais para compor as instalações físicas são as cortinas. Elas possuem diversas utilidades, por exemplo:

  • Reduzem a luminosidade;
  • Impedem a visão de fora para dentro;
  • Permitem a privacidade;
  • Melhoram o conforto;
  • Agregam beleza na decoração;
  • Melhoram o bem-estar.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Os projetos de decoração devem considerar todas essas funcionalidades ao inserir uma cortina em seu planejamento, pois cada uma delas têm um motivo específico e importante.

Além disso, as necessidades das pessoas que vão usufruir desse item são fundamentais para determinar qual é a escolha adequada. Inclusive, por existir diversos tipos de cortinas e suportes, ambos específicos para cada caso.

Veja quais são os principais tipos de cortina

Conhecer os variados tipos de cortina e suas utilidades específicas permite que o modelo ideal seja escolhido em todas as situações. Essa é uma informação muito importante no momento de adquirir esse acessório.

Voal

Normalmente as cortinas do tipo voal são usadas em sala de estar. É um tecido fino que permite maior incidência de luz, característica ideal para esse tipo de ambiente. Mas se for preciso, é possível acrescentar mais uma camada e bloquear a luminosidade.

Duofold

Esse modelo possui um aspecto muito particular em seu sistema de abertura: o tecido pode ser recolhido tanto para cima quanto para baixo. Essa característica oferece um visual distinto e atrativo. É uma cortina que pode ser utilizada em quarto, escritório e sala de estar.

Rolô

Cortinas desse tipo são muito práticas porque permitem instalar um sistema de acionamento automático. Ao encolher elas se enrolam e podem ficar ocultas no cortineiro de gesso discretamente, também podem ser fixadas no varão.

Devido a possibilidade de automatizar o recolhimento dessa cortina, esse modelo pode ser adequado para instalar em cobertura de vidro, principalmente, por causa da praticidade.

Blackout

O tipo blackout é produzido com material que impede completamente a entrada de luz do sol. Por isso, essa cortina é ideal para ser usada em quartos ou salas com Home Theater.

Também é possível associar com outros modelos mais leves para manter a beleza do ambiente e aproveitar o efeito escuro, claro, apenas quando for necessário. Outra possibilidade de combinação com o modelo blackout é o sistema cortina de vidro.

Essa integração permite controlar a intensidade de claro e escuro no ambiente, mantendo o lugar agradável e confortável.

Painel

O modo de recolhimento em sentido lateral traz possibilidades de posições diferentes. Essa cortina é formada por painéis de tecido que se deslocam horizontalmente sobre um trilho. Seus aspectos tornam o uso ideal para salas de estar, quartos e locais com home theater.

Conheça as variedades de suporte para cortinas

Assim como a cortina, seu suporte também apresenta diversos modelos, então é preciso conhecê-los para saber como escolher adequadamente qual é o melhor.

Essa é uma informação relevante que permite usar equipamentos ideais, sempre visando a situação e o cômodo em questão.

Cortineiro sobreposto

O cortineiro é um espaço no teto localizado acima das janelas e portas, destinado à instalação das cortinas. O objetivo é realizar um acabamento bonito e sofisticado. No caso do modelo sobreposto, a instalação é feita sobressaindo da parede.

É indicado usar esse tipo de cortineiro para teto não rebaixado. Quando o cômodo possui rodapé branco para piso laminado, esse cortineiro pode seguir esse mesmo estilo e cor, principalmente, para agregar beleza ao ambiente.

Cortineiro embutido

Já o cortineiro embutido é feito com um espaço adicional no forro para realizar a instalação da cortina de forma discreta. Esse modelo permite manter as características e funcionalidades necessárias ao local de forma sutil, sendo indicado para forro rebaixado.

O concreto leve pode ser uma ótima opção para fazer a laje onde será inserido um cortineiro embutido, principalmente, devido às características desse tipo de material.

Cortineiro com iluminação

O cortineiro com iluminação é elaborado e funciona de forma semelhante ao embutido. Porém, nesse caso, é preciso deixar um espaço um pouco maior para instalar a fita de led. O diferencial é o efeito ainda mais bonito que esse modelo possibilita.

Varões

O varão é um suporte no qual a cortina se encaixa com argolas, o que permite mobilidade. É possível mover as partes para ambos os lados, para abrir ou fechar. Esse tipo de suporte fica localizado na parte superior do local onde a cortina será instalada.

Trilhos

O trilho pode ser instalado na parte superior e inferior da cortina ou nas laterais, claro, dependendo do modelo. No caso de uma janela de alumínio com persiana integrada é muito comum modelos que correm verticalmente com o trilho nas laterais, por exemplo.

Como usar esses modelos na decoração do ambiente?

Após conhecer as alternativas de cortinas e as opções de suportes disponíveis para escolher, é preciso saber como realizar a decoração do ambiente da melhor forma.

Então, vale a pena conferir algumas dicas para alcançar um bom resultado na sua decoração.

Utilizar cortinas leves

A primeira dica é usar cortinas leves que combinem com o espaço escolhido para colocar o acessório. Modelos com tecidos pesados e cheios de detalhes não são uma boa ideia, porque causam confusão em quem observa.

A intenção é tornar o ambiente agradável, confortável e convidativo. Na hora de decorar o local é importante saber escolher uma cortina descontraída que combine com o restante daquele espaço.

Ter atenção com o tecido

É preciso ter atenção com o tecido da cortina. O linho e a seda possuem um bom caimento, por exemplo. Além de serem mais leves e imponentes. Esses aspectos deixam o lugar elegante. Já o poliéster é muito popular e combina com todos os ambientes.

Quando for escolher uma cortina, é interessante considerar um desses tipos de tecido, pois são boas opções para uma solução elegante, barata e durável.

Combinar a cortina e estilo da decoração

Uma dica essencial é seguir o estilo da decoração escolhido para o ambiente. Não é interessante manter um padrão no cômodo e usar outra categoria decorativa em relação à cortina, principalmente, porque não vai combinar.

Se o proprietário da casa decide colocar uma cortina na sala, mas aquele espaço possui uma decoração rústica, o ideal é manter essa mesma combinação em relação ao modelo do tecido.

Ao adquirir esse material harmônico, o resultado desse procedimento será um local agradável e ainda mais bonito.

Considerar o uso de cortinas estampadas

As cortinas estampadas podem ser consideradas. Existem muitas temáticas excelentes que se adequam ao tipo de decoração aplicado ao ambiente e ao restante do imóvel, deixando o lugar lindo. É preciso apenas ter cuidado para não exagerar.

O excesso de imagens pode ofuscar a beleza da cortina e dispersar a atenção em relação ao seu visual. Mas uma escolha cuidadosa com temática leve e agradável agrega valor e traz resultados positivos.

Ter cuidado com o tamanho da cortina

É preciso ter cuidado com o tamanho da cortina escolhido, ele deve ser adequado para o espaço disponível. Principalmente, caso esse acessório seja comprado para ser usado em um dormitório sob medida.

É muito importante planejar previamente as dimensões do local e saber claramente o quanto de tecido será necessário para comprar uma cortina que vá caber naquele local.

Quando esse quarto possui visão para outro ambiente externo daquela residência, é preciso considerar aquele local também antes de definir essa decoração. Quanto desse espaço é visível de dentro do dormitório e como é seu aspecto.

Essa informação é relevante para definir a cortina porque, atualmente, alguns imóveis utilizam cimento branco em sua construção. Esse material dispensa acabamento e deixa a estrutura com essa cor. É interessante que a cortina combine para deixar a vista bonita.

Considerações finais

A cortina é um elemento muito importante para a decoração do ambiente, principalmente, porque adiciona cor, estampas, estilo e permite inúmeras combinações para agregar beleza ao local. É assim que é possível trazer mais harmonia, conforto e bem-estar.

Mas é importante lembrar que esse acessório não é útil apenas para os requisitos decorativos. Também atende a algumas necessidades específicas, como proteger da luminosidade excessiva, garantir a privacidade e manter conforto térmico.

Para obter um bom resultado, é importante fazer uma pesquisa prévia e conhecer os diferentes modelos tanto de cortina quanto de suporte disponíveis para serem utilizados. Assim é possível usar a opção ideal em cada caso.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Comentários

uso de cortinas vai além da decoração. Esse acessório não é indicado apenas para beleza, incluindo também situações em que a claridade é acentuada e o local precisa de um recurso para se adaptar aos elementos externos. Ambientes internos com circulação de pessoas devem atender alguns requisitos para receber esse fluxo diariamente. Independentemente de ser uma residência, um espaço público ou da quantidade de gente que passa por ali. Um dos elementos essenciais para compor as instalações físicas são as cortinas. Elas possuem diversas utilidades, por exemplo: Reduzem a luminosidade; Impedem a visão de fora para dentro; Permitem a…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie o artigo! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.85 ( 1 votos)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*