Home / Arte / Karol Canto – “A arte de viver com arte”, por Edmundo Cavalcanti

Karol Canto – “A arte de viver com arte”, por Edmundo Cavalcanti

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

1- Onde você nasceu? E qual sua formação acadêmica?

Nasci em Divinópolis, MG e sou formada em Designer de interiores.

2- Como e quando se dá o seu primeiro contato com as Artes?

Aos oito anos encantei-me pela primeira tela pintada por uma coleguinha.

Minha mãe como presente de aniversário colocou-me em um curso de pintura no atelier de Iolanda Souki.

3- Como surgiu ou você descobriu este dom?

Desde criança eu já gostava de desenha e colorir, as aulas de pintura só contribuíram para que tudo criasse forma. As artes já estavam ali no sangue esperando o momento certo de aflorar.

4- Quais são suas principais influências?

Sinto-me influenciada pelas pinceladas rápidas e disformes do impressionismo, com a luz que se mostra em várias tonalidades, assim como, as sombras. O cotidiano com tantos elementos que buscam meu olhar para cenas e momentos que vão se transformando em desejo de pintar.

5- Quais os materiais que você utiliza em suas obras?

Tinta óleo, tela, pincéis, espátula, tinta aquarela, papéis, lápis grafite, lápis de cor, terras coloridas, ovo de galinha. Kkkkk

6- Como é o seu processo criativo em si? O que te inspira?

A natureza em seu todo me inspira muito. Estou sempre com um olhar atento para aproveitar um bom momento e registrar através da fotografia que provavelmente será usada como modelo para uma obra.

7- Quando você começou efetivamente a produzir ou criar suas obras?

Comecei faz 23 anos dando aulas de pintura e a partir daí fui aperfeiçoando e aprendendo cada dia mais. De três anos para cá estou desenvolvendo uma técnica mais pessoal e acredito que agora sim posso me sentir profissional das artes.

8- A arte é uma produção intelectual primorosa, onde as emoções estão inseridas no contexto da criação, porém na historia da arte, vemos que muitos artistas são derivados de outros, seguindo técnicas e movimentos artísticos através do tempo, você possui algum modelo ou influência de algum artista? Quem seria?

Como citei anteriormente o impressionismo me encanta e me vejo muito nele quando estou desenvolvendo minhas obras, mas, ele é só uma inspiração. A pincelada pode lembrar os impressionistas, já que Claude Monet é meu preferido. Mas, eu estou presente em cada pincelada e nas formas que vou desenhando com o pincel através das luzes e das sombras em pinceladas muito próprias.

9- O que a arte representa para você? Se você fosse resumir em poucas palavras o significado das Artes na sua vida.

A arte é uma das razões da minha vida. É através dela que eu me sustento. Uso da arte como um remédio para curar minha alma e de meus alunos e ainda torno a vida das pessoas mais colorida e alegre.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

10- Quais as técnicas que você usa para expressar suas ideias, sentimentos e percepção a cerca do mundo? (Se é através da pintura, escultura, desenho, colagem, fotografia… ou usa várias técnicas no sentido de fazer um mix de formas diferentes de arte).

A pintura é a técnica que mais uso, mas, transito entre o desenho em grafite, lápis de cor e aventuro nos bordados como relaxamento. kkk

11- Todo artista tem seu mentor, aquela pessoa a quem você se espelhou que te incentivou e te inspirou a seguir essa carreira, indo adiante e levando seus sonhos a outros patamares de expressão, quem é essa pessoa e como ela te introduziu no mundo das artes?

Minha mãe foi a primeira pessoa a investir no sonho de criança e Celeste Brandão professora de pintura, autodidata, que me ensinou muito do que sei e uso até hoje. Atualmente Waldir Caetano, artista plástico, doutor em arte, crítico de arte entre outras funções dentro da arte, tem me auxiliado e incentivado muito. Regina Moraes, amiga e artista plástica, abriu muitas portas para que seja conhecida e reconhecida. Gratidão a todos que passaram por minha vida acrescentando um pouquinho em mim.

12- Você tem outra atividade além da arte? Você ministra aulas, palestras etc.?

Sou professora de pintura no atelier Arte de Pintar de minha propriedade e curadora no SENAC Divinópolis montando exposições de artistas da cidade e região.

13- Suas principais exposições nacionais e internacionais e suas premiações?(Mencione as 5 mais recentes)

  • Exposição virtual “Arte é vida” – Raphael Art Gallery – Setembro/2020 – Edmundo Cavalcanti;
  • Exposição Café com arte – Expominas, semana Internacional do café – Belo Horizonte, MG (2019);
  • Exposição virtual Aplausos, Restaurante Casa dos Contos, Belo Horizonte MG;
  • Exposição virtual Dias de reclusão – E-book – Maria Vieira;
  • Exposição virtual Congado Repercussões Plásticas (2020);
  • Exposição Bairro Santa Teresa Contos e Encontros, Belo Horizonte, MG (abertura 12.11.2020);
  • Prêmio de Honra ao mérito por trabalhos prestados a cultura na cidade. Academia Divinopolitana de Letras. (2020).

14- Seus planos para o futuro?

Continuar me aprimorando e me encontrando dentro do meu estilo.

Realizar o sonho de termos novamente um Centro de Artes em Divinopólis/MG.

15- Em sua opinião qual é o futuro da arte brasileira e dos seus artistas? (no contexto geral) e porque tantos artistas estão dando preferência em mostrar seus trabalhos em exposições internacionais apesar dos altos custos?

Acredito que a arte brasileira teve um grande incentivo com o novo formato de exposições virtuais. Dessa forma mais artistas estão podendo mostrar suas obras sem ter que necessariamente investir financeiramente. As possibilidades de cursos de arte online cresceram e abriram portas para o maior aprendizado e formação dos artistas.

Não sei se os artistas estão preferindo as exposições internacionais, mas, vejo que surgiram muitas oportunidades, nem sempre confiáveis, de se expor fora do Brasil. Muitos artistas acreditam que lá fora podem vender a preços melhores suas obras, porém, nem sempre é o que acontece.

Facebook: Karol Canto

Instagram: @canto.k

.

….

.

Comentários

1- Onde você nasceu? E qual sua formação acadêmica? Nasci em Divinópolis, MG e sou formada em Designer de interiores. 2- Como e quando se dá o seu primeiro contato com as Artes? Aos oito anos encantei-me pela primeira tela pintada por uma coleguinha. Minha mãe como presente de aniversário colocou-me em um curso de pintura no atelier de Iolanda Souki. 3- Como surgiu ou você descobriu este dom? Desde criança eu já gostava de desenha e colorir, as aulas de pintura só contribuíram para que…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie a entrevista! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.46 ( 6 votos)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*