Home / Arte / Do it yourself: como decorar sua casa gastando pouco
Pintura foto criado por freepik - br.freepik.com.
Pintura foto criado por freepik - br.freepik.com.

Do it yourself: como decorar sua casa gastando pouco

Do it yourself é uma prática que caiu no gosto das pessoas, principalmente, por permitir que elas criem artigos únicos, gastando muito pouco.

Tem gente que não coloca a mão na massa, mas gosta de assistir a tutoriais e ver como outras fazem esse trabalho, desde móveis até receitas famosas. É comum, inclusive, salvar vários vídeos e colocar em prática apenas algumas coisas.

Quando o assunto é decoração, o do it yourself (DIY) se destaca. Muitas pessoas querem mudar de ares dentro de casa, mas não querem gastar muito ou têm a intenção de criar algo exclusivo, que ninguém mais tenha.





Nada melhor do que fazer você mesmo para conseguir isso. Mas para ficar bacana e complementar a decoração de casa, precisa ser bem-feito.

Para isso, é necessária muita inspiração, então, na internet você encontra dos itens mais simples ao mais complexos para fazer. E se der algum trabalho que demande mais tempo, pode ter certeza de que vai valer a pena.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o conceito de do it yourself e dar dicas de decoração que você mesmo pode fazer. Então, leia até o final para saber mais.

O que é Do It Yourself?

Do It Yourself (DIY) é um movimento que incentiva as pessoas a criarem diversos produtos, que podem variar, como:

  • Móveis;
  • Equipamentos eletrônicos;
  • Objetos de decoração;
  • Brinquedos;
  • Cosméticos.

Também inclui atividades dos mais variados tipos, como cuidados com uma horta, customização de roupas, construção de robôs, dentre outras possibilidades.

Em linhas gerais, trata-se de qualquer coisa projetada, modificada ou fabricada por alguém, sem ajuda de profissionais. Então, se você quer uma cortina nova para a sua sala, basta comprar um tecido rustico para cortina e fazer com suas próprias mãos.

Esse movimento surgiu nos Estados Unidos, antes da década de 1920, quando as pessoas queriam reformar suas casas sem gastar muito. Mas o termo só se popularizou a partir de 1950.

Ele também está relacionado a ideias que incentivam as pessoas a produzirem coisas que elas desejam consumir. Com o passar do tempo, o movimento DIY se popularizou tanto que, atualmente, tem muita gente economizando recursos e criando suas próprias coisas.

Só que além da economia em termos financeiros, o do it yourself é uma maneira de preservar o meio ambiente, visto que muita coisa que vai para o lixo é reaproveitada e usada de uma maneira extremamente nova.

Trata-se de um conceito bem amplo que pode ser colocado em prática de várias formas. O melhor de tudo é que você não precisa ser um expert no que deseja executar.

Por exemplo, uma pessoa pode fazer seu próprio paisagismo residencial, basta procurar por maneiras alternativas para isso.

Inclusive, você consegue fazer todo tipo de coisa, desde um pão até o equipamento que vai usar para assá-lo. Existem sites e conteúdos – como este que você está lendo –, que ajudam a executar muitas coisas interessantes e úteis.

Ademais, muitas pessoas já entenderam a importância desse conceito, é por isso que, inclusive, ele vem sendo aplicado em empresas tradicionais. Exemplos disso são marcas famosas de alimentos que disponibilizam receitas no site da empresa.

Há outras que criam embalagens que podem ser reaproveitadas pelos consumidores de várias maneiras, sendo que elas ensinam como fazer isso.

O movimento vai tão longe, que existem até mesmo tutoriais famosos que ensinam as pessoas a construírem suas próprias impressoras 3D.

Agora que você já entende o conceito de DIY, no próximo tópico, vamos dar dicas de coisas que podem ser feitas para melhorar ou incrementar a decoração da sua casa. Acompanhe!

Confira algumas dicas de decoração DIY

Existem muitos projetos criativos que podem ser feitos com técnicas DIY, como pintura de fachadas ou melhoria em alguns móveis.

Isso porque todo mundo gosta de agregar valor à sua decoração, usando peças provenientes de materiais reaproveitados.

Então, pensando nisso, confira algumas dicas importantes para esse tipo de decoração:

Faça tapetes diferentes

Você pode fazer lindos tapetes usando tecidos de roupas velhas. Para isso, corte o tecido em tiras de 3 a 4 cm, depois, emende as tiras dando um nó, mas antes, afine as pontas com a tesoura para não dar muito volume.

Depois de dar o nó, corte as pontas que sobrarem dele. Use uma agulha para barbante de 5,5 mm ou uma agulha caseira feita de arame.

Usando o mesmo sistema de crochê, faça uma corrente do tamanho do tapete que você pretende confeccionar. Dê uma laçada e passe por dentro da primeira casa, após 3 voltas dê outra laçada.

Passe pela primeira laçada dando três voltas na agulha, com duas voltas, dê outra laçada. Retire tudo da agulha e repita o mesmo processo na próxima casa.

Continue fazendo isso até chegar ao final da corrente de tecidos. Depois que ela estiver preenchida, vire-a ao contrário. Quando terminar uma carreira, vire ao contrário e faça duas correntes. Dê uma laçada e faça o ponto normalmente.

Você pode fazer tapetes do tamanho que quiser, usando o mesmo sistema de crochê e misturando cores de tecidos. Para que o processo seja mais fácil, use as mãos para passar o ponto.

Use papel de parede atrás da estante ou prateleira

Podemos deixar nossa casa de cara nova fazendo aplicação de bona em tacos ou mudando o aspecto das paredes. Uma maneira de fazer isso é colocando um papel de parede atrás da sua estante ou de suas prateleiras.

Para isso, é necessário contar com alguns materiais, como escada, tesoura, pano úmido, pano seco, fita métrica, espátula para cortar e estilete afiado. Também é necessário:

  • Cola em pó;
  • Água;
  • Balde para diluir a cola;
  • Rolo de pintura.

Limpe bem a superfície da parede com uma lixa e um pano úmido. Meça a área e corte o papel no tamanho correspondente. Misture a cola em pó com água, seguindo as orientações do fabricante.

Aplique-a no papel usando um rolo de pintura, do centro para as extremidades. Afaste sua estante de inox ou a mobília que você tiver e comece a colocar o papel a partir do teto. O pano seco vai auxiliar na fixação do papel até o chão.

Caso forme bolhas, fure-as com um alfinete e passe a espátula, passe novamente o pano seco por cima para fixar bem e eliminar excesso de cola.

Crie papel de parede com washi tape

Ainda falando sobre as paredes, você pode criar um papel de parede diferente com washi tapes, que são fitas adesivas coloridas, feitas de papel de arroz, originárias do Japão.

Para usá-las, basta apostar na sua imaginação. É possível aplicá-las na parede formando desenhos diferentes e até mesmo enfeitar móveis e objetos de decoração.

Vá além das paredes, pinte os móveis

No DIY tudo é possível. Você pode fazer revestimento de parede em aço inox ou pintar aquela peça de mobília, como uma mesa de telefone ou uma escrivaninha.

Para pintar um móvel, faça isso em uma área externa ou local com boa luminosidade. Forre o chão com jornal e comece o processo lixando o móvel. Após isso, passe um pano úmido para retirar o excesso de pó.

Enquanto seca, retire as peças, como puxadores, e proteja as dobradiças com uma fita adesiva. Utilize um pincel para aplicar a tinta, sempre fazendo o mesmo movimento. Passe de duas a três demãos para cobrir bem.

Espere a tinta secar e, se desejar, aplique o verniz. Recoloque os puxadores e retire a fita das dobradiças.

Use materiais recicláveis para potes e vasos

Em casa, nós usamos várias embalagens que podem ser reaproveitadas, como no caso das latas de alumínio.

Assim como você busca o melhor para o seu imóvel, como aplicação de cimento queimado, as latas de alumínio são ótimas para decorar a sua casa.

Com elas, é possível, por exemplo, criar um porta talher. Pinte-as da cor que preferir e utilize uma placa de madeira para colá-las e manter o porta talher unido.

Garrafas pet são ótimas para suas plantinhas do jardim vertical. Basta cortá-las ao meio e fazer pequenos furos na parte de baixo.

Aposte em arranjos de flores

Podemos usar flores naturais ou de plástico, mas as de plástico duram mais tempo, por isso, o trabalho será feito uma única vez.

Você pode cortar uma pequena caixa de papelão no formato da primeira letra do seu nome. Forre a caixa com argila e espete as flores. Corte os cabinhos, caso seja necessário, para que fiquem bem firmes e encaixadas.

Reaproveite alguns porta-retratos

Para combinar com seus acessórios banheiro cromado, você pode apostar em porta-retratos que não usa mais para criar um suporte para colocar itens do banheiro.

Ainda pode criar outro para a cozinha e ainda aproveitar peças de um mancebo velho para criar um tipo de prateleira.

Conclusão

Existem muitas coisas que você mesmo pode fazer para a decoração do seu lar. Basta soltar a criatividade e descobrir maneiras práticas para isso.

Neste artigo, demos alguns exemplos simples e baratos, que podem mudar a cara de uma residência, sem interferir no orçamento.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

o it yourself é uma prática que caiu no gosto das pessoas, principalmente, por permitir que elas criem artigos únicos, gastando muito pouco. Tem gente que não coloca a mão na massa, mas gosta de assistir a tutoriais e ver como outras fazem esse trabalho, desde móveis até receitas famosas. É comum, inclusive, salvar vários vídeos e colocar em prática apenas algumas coisas. Quando o assunto é decoração, o do it yourself (DIY) se destaca. Muitas pessoas querem mudar de ares dentro de casa, mas não querem gastar muito ou têm a intenção de criar algo exclusivo, que ninguém mais…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie o artigo! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.9 ( 1 votos)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*