Home / Arte / Empresária Renata dy Souza abre as portas de seu duplex, em Nova York, para a exposição de artes plásticas “Bad Girls”, a partir do dia 8 de maio
Empresária Renata dy Souza. Foto: Divulgação.
Empresária Renata dy Souza. Foto: Divulgação.

Empresária Renata dy Souza abre as portas de seu duplex, em Nova York, para a exposição de artes plásticas “Bad Girls”, a partir do dia 8 de maio

Projeto conta com obras de 3 artistas brasileiras, que pulsam a coragem de expor suas psiquês e identidades de maneira lúdica e poderosa

Durante sua trajetória profissional, Renata dy Souza foi produtora executiva e artística de Maria Gadú, empresária de Clarice Falcão, Cícero, Mariana Volker, Nuria Malena, Zignal, Bruce Gomlevsky entre outros. E depois de produzir 2 shows de Lenine decidiu embarcar em uma vida nômade por 4 anos.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Aos 40 anos, ela resolveu dar um tempo das viagens pelo mundo afora e residir em Nova York, nos Estados Unidos. Apaixonada por todas as formas que a cultura proporciona e agora com a possibilidade de ficar em um lugar por mais tempo, Renata a partir do dia 8 de Maio, abre pela primeira vez as portas de seu duplex em Manhattan para colecionadores e apreciadores das artes plásticas apresentando seu primeiro Pop Up: “Bad Girls”.

Em parceria com sua amiga de longa data, Luiza Maldonado, e do especialista e também curador inglês-canadense Simon Watson, que conta com 40 anos no mercado internacional e é um grande encorajador da arte brasileira, foram escolhidas três artistas brasileiras: Mag Magrela, Ana Júlia Vilela e Cacá Fonseca, que estão se destacando pela coragem de expor suas psiquês e identidades de maneira lúdica e poderosa. Estarão expostas respectivamente, sete, nove e cinco quadros de cada artista.

“A ideia é que cada artista possa levar seu ponto de expressão da nossa cultura para fora e essa é apenas a primeira parte do projeto que já tem data marcada para aportar em Berlim! Vamos viver o momento presente e deixar reverberar as cores, emoções e movimento proporcionados pelas obras dessas artistas maravilhosas”, conta Renata.

Essa vontade de receber as artistas dentro de casa vem de muito tempo. Tudo começou em 2001, quando visitou pela primeira vez o “Santa Tereza de Portas Abertas”. Onze anos depois, ainda no Brasil, quebrou as paredes do quarto de visita colocando um trilho eletrificado e, trazendo um formato de uma galeria, juntou a coleção de arte da artista Cacá Fonseca.

No ano passado, presente em uma reunião da Casa Anitcha (Coletivo comprometido com a regeneração planetária), compartilhou essa vontade com o grupo e as palavras do amigo Edson Chucky foram o incentivo que faltava para colocar esse desejo em ação novamente. Iniciou seus contatos e hoje, com 48% da população de Manhattan completamente vacinada, 64% com a primeira dose e com os cuidados necessários, o antigo sonho de abrir sua casa para as artes plásticas se transformará em realidade a partir do dia 8 de maio.

Nessa primeira fase, a exposição será aberta apenas para convidados, cada um podendo convidar mais duas pessoas. A exposição “Bad Girls” vai durar dois meses e poderá ser visitada presencialmente com agendamento prévio.

As obras estarão disponíveis para compra com o curador e parceiro de Renata nesse projeto, Simon Watson. “Meu propósito é fazer com que as pessoas possam mais do que sonhar, realizar! Quando eu tenho um desejo, eu simplesmente vou”, afirma Renata.

Citando o cantor e compositor uma vez agenciado Cícero, ela acrescenta: “Tire os sapatos para entrar e cuidado porque mudei de lugar algumas certezas”.

E se você ainda tem dúvida do futuro do projeto, leia o que Clarice Falcão fala de Renata: “Renata tem a cabeça no futuro e os pés no agora. Ela deixa cada sonho voar o mais alto possível sem nunca deixar que o sonho voe tão longe que não dê mais pra enxergar. Ela é responsável, honesta, trabalhadora e foi um prazer trabalhar com ela.

Bad Girls
8 de Maio
Midtown East – Manhattan – NY
Artistas Plásticas:
Mag Magrela, Ana Júlia Vilela e Cacá Fonseca
Curador:
Simon Watson
Obras com preços sob consulta

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*