Home / Arte / Especial de Férias no CCBB Educativo – Arte & educação!
Lugar de Criação - Eu faço meu brinquedo – Cada casa, uma rua. Foto: Divulgação.

Especial de Férias no CCBB Educativo – Arte & educação!

Destaque para as oficinas de criação artística e cultivo para crianças com a indígena “Niara do Sol”, as apresentações coletivas de dança e canto com o Jongo da Serrinha no feriado de São Sebastião e muita contação de histórias com os arte educadores e artistas convidados.

O PROGRAMA CCBB EDUCATIVO – ARTE E EDUCAÇÃO desenvolve ações que estimulam experiência, criação, investigação e reflexão através de processos pedagógicos, artísticos e curatoriais. Em Janeiro, a programação especial de férias escolares para crianças e suas famílias, destaca as oficinas de criação artística e cultivo com a indígena Fulni-ô e Kariri Xocó, “Niara do Sol”, as apresentações coletivas de dança e muita contação de histórias com os arte educadores do CCBB Rio e artistas convidados.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Nos dias 03, 04 e 05 de janeiro (sexta, sábado e domingo), o Lugar de Criação – Eu faço meu brinquedo – Cada casa, uma rua vai trabalhar as diversas formas de se expressar através da arquitetura, construindo prédios e lares com características únicas. Quais as ligações das casas do passado com a sua cidade de hoje? Quais suas relações com o mundo da arte? O que vocês sabem sobre o tipo de moradia de cada povo? Cada povo busca uma forma de criar o seu habitat e seu espaço de convivência. Neste Lugar de Criação, vamos imaginar e construir casas de papel inspiradas em construções de diferentes cantos do mundo, do Antigo Egito até os dias atuais.

Durante as férias, os Lugares de Criação acontecem as quintas (09, 16, 23 e 30) e no feriado de São Sebastião (20), das 11h às 13h. E as sextas, sábados e domingos, das 11h às 13h e das 15h às 17h. A entrada é gratuita.

Nos dias 6, 13 e 27 de janeiro, de 15h às 17h acontecem a Atividade Extra – Oficinas de cultivo para crianças com Niara do Sol. A ideia é começar o ano aprendendo a cuidar da vida que nos rodeia, e por isso convidamos crianças e suas famílias nas tardes das segunda-feiras para participar de oficinas nas quais Niara do Sol compartilhará práticas indígenas de cuidado e cultivo de plantas. Essas práticas estão conectadas com os saberes tradicionais presentes na exposição ‘Vaivém’, em cartaz no CCBB.

Niara do Sol é indígena Fulni-ô e Kariri Xocó, e desenvolve cursos e palestras em que apresenta sua sabedoria da natureza e práticas terapêuticas, desenvolvidas a partir dos conhecimentos dos seus antepassados, e de outras etnias com as quais ela conviveu. Ela criou várias hortas no Rio de Janeiro, no Museu de Arte do Rio, e no Morro de São Carlos, em colaboração com a Secretaria de Cultura e Meio Ambiente da Prefeitura do Rio de Janeiro.

As oficinas acontecem no Programa Educativo, que fica no 1º andar. A distribuição de senha será 30 minutos antes da oficina. Cada oficina tem duração de 2horas e capacidade para 40 pessoas por dia.

Nos dias 9, 16, 23 e 30 de janeiro, às 16h haverá Atividade Extra – Contação de histórias e no dia 9 de Dezembro, a contação de histórias será com a atriz e educadora Tatiana Henrique.

Toda história tem um começo, e em janeiro começamos o ano com contação de histórias todas as quintas-feiras. Ocuparemos o térreo do CCBB com narrativas, mitos e lendas para todos, contadas por nossos educadores e pela convidada Tatiana Henrique.

Tatiana Henrique é atriz e educadora, e constrói seu repertório a partir de mitos e contos de tradições ancestrais.

A contação de histórias do dia 16 de Janeiro contará com intérprete de Libras.

Todos os fins de semana, os educadores do CCBB desenvolvem uma programação especial visando a ocupação, a convivência, a criação e o diálogo com a arte, integrando crianças e suas famílias em processos de experiência com a arte.

Nos dias 09, 10, 11 e 12 de janeiro, o Lugar de Criação Desde pequeno – Ritmos em papel, se Inspira no trabalho de MAHKU, coletivo de artistas do povo Huni Kuin, que faz parte da exposição ‘Vaivém’. Os Arte Educadores vão compor junto com a criançada desenhos que, como as obras dos Huni Kuin, exploram a relação entre som e imagem.

Quarta-feira, 15 de Janeiro, às 16 horas tem Processos Compartilhados com o curador Thiago de Paula Souza, que irá compartilhar suas aproximações ao trabalho curatorial em coletivo, incluindo sua experiência para a Frestas – Trienal de Arte (Sorocaba, 2020) e a 10a Bienal de Berlim (2018).

Processos Compartilhados é um curso que aborda aspectos da concepção, desenvolvimento e execução de processos de criação, voltado para artistas, educadores, críticos, curadores e pessoas interessadas na arte e produção cultural.

Thiago de Paula Souza é curador e educador. Com a também curadora Gabi Ngcobo, criou a plataforma I’ve Seen Your Face Before, parte do projeto Ecos do Atlântico Sul, do Goethe-Institut em São Paulo. Em 2018, foi membro da equipe curatorial da 10a Bienal de Berlim e atualmente está desenvolvendo o projeto curatorial da terceira edição de Frestas – Trienal de Artes no Sesc Sorocaba em 2020. Trabalhou como educador no Museu Afro Brasil em São Paulo.

Inscrição por formulário on-line: www.ccbbeducativo.com. Duração de 4 horas e capacidade para 20 pessoas.

Nos dias 16, 17, 18, 19 e 20 de janeiro, feriado de São Sebastião do Rio de Janeiro, o CCBB Educativo promove o Lugar de Criação Trocação de história – O que é uma criança?

Por algum motivo desconhecido a definição de criança sumiu do Dicionário Fabuloso, e não conseguimos mais diferenciar adulto de idoso, ancião de bebê. Me diz aí o que fazer? Seria criança um substantivo, adjetivo, verbo ou pronome de tratamento? Precisamos de gente especialista para definir o que é uma criança! Convidamos o público a construir verbetes, com desenhos e palavras, sobre possíveis significados de criança.

O destaque da programação de férias do CCBB Educativo – Arte e Educação, no feriado de São Sebastião é o Múltiplo Ancestral – Jongo da Serrinha, que acontece na segunda-feira, dia 20 de janeiro, às 15 horas e convida o público a compartilhar o canto, a dança e o ritmo do jongo, através de atividades lúdicas para crianças envolvendo espontaneidade, liberdade de expressão, criatividade e alegria de forma individual e coletiva. A Duração é de 2h com capacidade para 70 pessoas.

Jongo da Serrinha é uma organização social criada no bairro de Madureira há mais de 50 anos, que promove ações integradas entre cultura, arte, memória, desenvolvimento social, trabalho e renda. O Jongo, ou Caxambú, é um ritmo que teve suas origens na região do Congo e Angola, e que chegou ao Brasil com os negros de origem Bantu trazidos como escravos a Paraíba, Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. Desde 2005, o Jongo é considerado patrimônio cultural do Brasil pelo Iphan.

O Múltiplo Ancestral é uma plataforma de trocas entre o público e mestras e mestres ligados a diferentes saberes e práticas culturais, articulando a memória e o patrimônio. Alia a tradição oral, o afeto e olhares sobre o material e imaterial, fortalecendo a relação dos diferentes sujeitos com situações caracterizadas pela diversidade.

Nos dias 23, 24, 25 e 26 de janeiro, acontecem o Lugar de Criação Como nasce uma obra de arte – Memórias em sobreposição.

Inspirados no trabalho do artista indígena Denilson Baniwa e sua contribuição à exposição ‘Vaivém’, em cartaz no CCBB, vamos oferecer um banco de imagens coletadas em jornais, em exposições, em arquivos e em nossas memórias, para juntos olhar, misturar, reorganizar, virar do avesso e construir collages que mostrem outras perspetivas sobre nossa história. Como seria enxergar os Brasis de hoje com os saberes Guarani, Bantu, Puri ou Ketu?

E para fechar o mês de janeiro com chave de ouro, nos dias 30 e 31 de janeiro, o Lugar de Criação Eu faço meu brinquedo – Jogos de linguagens vai trabalhar a comunicação e os códigos de linguagem.

As línguas são códigos que aprendemos para nos comunicar, para falar do mundo e, com sua ajuda, criar comunidades. Neste Lugar de Criação, queremos propor um jogo de composição e leitura de linguagens secretas e inventadas, códigos que, como os hieróglifos do Antigo Egito, podemos utilizar para escrever mensagens que traduzem nossas ideias sobre o mundo, e que contam histórias.

Além desses eventos oferecidos pelo CCBB Educativo, acontecem diariamente, as “Visitas mediadas”, sem necessidade de agendamento prévio, a partir de temas e horários pré-definidos.

Os educadores se juntam ao público para dialogar, compartilhar e trocar olhares, leituras e produções de significados em torno das produções, práticas e trajetórias artísticas das exposições do CCBB. As atividades são realizadas até o fim das exposições. Cadastro realizado 15 minutos antes de cada visita, Programa Educativo – 1º andar.

As Visitas Mediadas para a exposição ‘Egito Antigo: do cotidiano à eternidade’ são as Segundas e quintas , às 12h e quartas e sextas, às 18h, com capacidade para 20 pessoas.

A grande exposição do ano “Egito Antigo: do Cotidiano à Eternidade” apresenta 140 peças, entre esculturas, pinturas, objetos litúrgicos, sarcófagos e até uma múmia, vindos do Museu Egípcio de Turim, segundo maior acervo egípcio do mundo. Para a exposição ‘Egito Antigo: do cotidiano à eternidade’. A exposição poderá ser visitada até o dia 27 de Janeiro de 2020.

As Visitas Mediadas para a exposição ‘Vaivém’ são: sexta, sábados e domingos, às 12h e segundas, quintas, sábados e domingos, às 18 horas. A partir do dia 27 de Janeiro as visitas mediadas para a expsoição VaiVém são de quinta a segunda, às 12 horas e de quarta a segunda, às 18 horas.

Visitas Mediadas VAIVÉM:

VAIVÉM” está ancorada entre três elementos: as artes visuais, o Brasil e as redes de dormir. Se trata de uma mostra que traz à tona diversas maneiras de representar e apresentar as redes de dormir em referência às construções da visualidade e da identidade brasileiras.

As obras expostas tanto remontam a diferentes momentos da história da arte no país, quanto questionam e desconstroem o imaginário advindo do senso comum sobre o que seriam, conceitualmente, o “Brasil”, a “brasilidade” e o “brasileiro”.

A exposição nasce de uma pesquisa de doutorado do curador, que decidiu transformar o trabalho acadêmico em exposição de arte e compartilhar com o público parte das obras que encontrou ao longo de seus quatro anos de pesquisa. “VAIVÉM” conta com mais de 300 obras, com recorte entre os séculos XVI e XXI, de aproximadamente 141 artistas, sendo 32 indígenas. A exposição Vaivém está aberta ao público até o dia 17 de fevereiro de 2019.

Visitas Mediadas – Patrimônio com ênfase no patrimônio, se relaciona com a história do Banco do Brasil, do CCBB e da cidade do Rio de Janeiro e acontecem as quarta-feiras, às 12h.

Os educadores se juntam ao público para dialogar e compartilhar narrativas do prédio do CCBB e visitar as exposições ‘Galeria de Valores’ e ‘O Banco do Brasil e sua História’.

As Visitas Mediadas em Libras são aos Sábados, a partir das 12 horas e seguem os mesmos princípios da Visita Mediada. A Visita Mediada em Libras acolhe pessoas surdas e/ou com deficiência auditiva nas exposições em cartaz, numa experiência compartilhada com os educadores. A Duração é de 1h com capacidade para 20 pessoas. O cadastro é realizado 15 minutos antes de cada visita, no Programa Educativo – 1º andar.

Sobre o Programa CCBB Educativo – Arte e Educação

O Programa CCBB Educativo – Arte e Educação promove diariamente ações específicas e efetivas planejadas para estreitar as relações com a comunidade escolar, educadores, organizações não governamentais, artistas, movimentos sociais, profissionais dos campos da arte, da cultura, voltadas a famílias e a inclusão. Ações que estimulam experiência, criação, investigação e reflexão através de processos pedagógicos, artísticos e curatoriais. Essas partilhas acontecem por meio de trocas culturais e metodologias de educação que garantem acesso amplo e inclusivo ao patrimônio e sua diversidade.

A programação dialoga com as exposições e demais agendas do Centro Cultural Banco do Brasil. Destina-se a todos os públicos com ações inclusivas e afirmativas para estreitar as relações com a comunidade escolar, educadores, pessoas com deficiência, famílias, organizações não governamentais, artistas, movimentos sociais, profissionais dos campos da arte, cultura e interessados.

Serviço:

Atividade Extra – Oficinas de cultivo para crianças com Niara do Sol

Dias: 6, 13 e 27 de janeiro

Horário: de 15h às 17h

Duração: 2h cada oficina | Capacidade para 40 pessoas cada dia

Local: Programa Educativo – 1º andar

Distribuição de senha 30 minutos antes da oficina, Programa Educativo – 1º andar.

Atividade Extra – Contação de histórias com Tatiana Henrique

Dias: 9 de janeiro – Quinta-feira

Horário: às 16h

Duração: 1h

Local: Térreo

Atividade Extra – Contação de histórias com Arte educadores do CCBB Rio

Dias: 16, 23 e 30 de janeiro

Horário: às 16h

Duração: 1h

Local: Térreo

A contação de histórias (Atividade Extra) do dia 16 contará com intérprete de Libras.

Lugar de Criação Férias

Todos os fins de semana, os educadores do CCBB desenvolvem uma programação especial visando a ocupação, a convivência, a criação e o diálogo com a arte, integrando crianças e suas famílias em processos de experiência com a arte.

Quintas (09, 16, 23 e 30) e feriado de São Sebastião (20) – das 11h às 13h

Sextas, sábados, domingos – das 11h às 13h e das 15h às 17h

Lugar de Criação – Eu faço meu brinquedo – Cada casa, uma rua

Dias: 03, 04 e 05 de janeiro

Quintas – das 11h às 13h.
Sextas, sábados, domingos – das 11h às 13h e das 15h às 17h

Local: Programa Educativo – 1º andar

Lugar de Criação – Desde pequeno – Ritmos em papel

Dias: 09, 10, 11 e 12 de janeiro

Quintas – das 11h às 13h.
Sextas, sábados, domingos – das 11h às 13h e das 15h às 17h

Local: Programa Educativo – 1º andar

Lugar de Criação – Trocação de história – O que é uma criança?

Dias: 16, 17, 18, 19 e 20 de janeiro

Quintas – das 11h às 13h.
Sextas, sábados, domingos – das 11h às 13h e das 15h às 17h

Local: Programa Educativo – 1º andar

*No Dia 20 de Janeiro, Feriado de São Sebastião, o Lugar de Criação – Trocação de história – O que é uma criança? Acontece somente pela manhã – das 11h às 13h

Lugar de Criação – Como nasce uma obra de arte – Memórias em sobreposição

Dias: 23, 24, 25 e 26 de janeiro

Quintas – das 11h às 13h.
Sextas, sábados, domingos – das 11h às 13h e das 15h às 17h

Local: Programa Educativo – 1º andar

Lugar de Criação – Eu faço meu brinquedo – Jogos de linguagens

Dias: 30 e 31 de janeiro – (Quinta e sexta-feira )

Quintas – das 11h às 13h.
Sextas, sábados, domingos – das 11h às 13h e das 15h às 17h

Local: Programa Educativo – 1º andar

Processos Compartilhados com Thiago de Paula Souza

Dia: 15 de janeiro – Quarta-feira

Horário: 16h

Duração: 4h | Capacidade para 20 pessoas

Local: Programa Educativo – 1º andar

Inscrição por formulário on-line: www.ccbbeducativo.com

 

Múltiplo Ancestral – Jongo da Serrinha (Programação Especial no Feriado de São Sebastião)

Dia: 20 de janeiro – Segunda-feira

Horário: 15h

Duração: 2h | Capacidade para 70 pessoas

Local: Programa Educativo – 1º andar

Espaço de Convivência

O Espaço de Convivência do Programa CCBB Educativo – Arte e Educação convida ao encontro, à pausa e ao diálogo. É um lugar onde acolhemos todos os públicos em suas diferenças e singularidades, e afirmamos nosso compromisso com a acessibilidade, a diversidade e a inclusão.

Espaço de Convivência – Egito Antigo: do cotidiano à eternidade

Local: Exposição – 1º andar

O Espaço de Convivência da exposição Egito Antigo: do cotidiano à eternidade toma como ponto de partida elementos do Antigo Egito e do Egito Contemporâneo e propõe um local de encontro onde o jogo funciona como ferramenta de construção coletiva e de aprendizado, com foco na escrita de hieróglifos, tanto de palavras como de números, e nos jogos gamão e pylos.

Horário de ativação: das 10h às 20h, de quarta a segunda.

Espaço de Convivência Vaivém

Local: 2º andar

Acompanhando ‘Vaivém’, uma exposição que investiga as relações entre as redes de dormir e a construção da identidade brasileira, o Espaço de Convivência convida o público a perceber o tempo. Horário de ativação: das 10h às 11h e das 16h às 17h, de quarta a segunda

Visitas Mediadas

Exposição ‘Egito Antigo: do cotidiano à eternidade’

Segundas e quintas – 12h

Quartas e sextas – 18h

Duração: 1h | Capacidade para 20 pessoas

Cadastro realizado 15 minutos antes de cada visita, Programa Educativo – 1º andar.

A exposição poderá ser visitada até o dia 27 de Janeiro de 2020.

Exposição ‘Vaivém’

Sextas, sábados e domingos, às 12h

Segundas, quintas, sábados e domingos, às 18h

A partir do dia 27 de Janeiro, as visitas mediadas para a expsoição Vai Vem são:

De quinta a segunda, às 12 horas e de quarta a segunda, às 18 horas.

Duração: 1h | Capacidade para 20 pessoas

Cadastro realizado 15 minutos antes de cada visita, Programa Educativo – 1º andar.

A exposição Vaivém está aberta ao público até o dia 17 de fevereiro de 2019.

Nesta visita, os educadores se juntam ao público para dialogar, compartilhar e trocar olhares, leituras e produções de significados em torno das práticas e trajetórias artísticas das exposições do CCBB.

Visitas Mediadas – Patrimônio

Quarta – 12h

Duração: 1h | Capacidade para 20 pessoas

Cadastro realizado 15 minutos antes de cada visita, Programa Educativo – 1º andar.

Visitas Mediadas com ênfase no patrimônio, se relacionando com a história do Banco do Brasil, do CCBB e da cidade do Rio de Janeiro. Os educadores se juntam ao público para dialogar e compartilhar narrativas do prédio do CCBB e visitar as exposições ‘Galeria de Valores’ e ‘O Banco do Brasil e sua História’.

Visitas Mediadas em Libras

Sábado – 12h

Duração: 1h | Capacidade para 20 pessoas

Cadastro realizado 15 minutos antes de cada visita, no Programa Educativo – 1º andar.

Seguindo os mesmos princípios da Visita Mediada, a Visita Mediada em Libras acolhe pessoas surdas e/ou com deficiência auditiva nas exposições em cartaz, numa experiência compartilhada com os educadores.

Visitas Educativas Agendadas

Segundas: 9h30, 10h30, 14h, 14h30, 19h

Quartas e Quintas: 9h30, 10h30, 14h, 14h30, 19h

Sextas: 9h30, 10h30, 14h, 14h30

Durante o período de férias escolares, de 16 até 31 de dezembro, as visitas agendadas serão reduzidas aos seguintes horários:

Segundas: 10h30, 14h30, 19h

Quartas e Quintas: 10h30, 14h30, 19h

Sextas: 10h30, 14h30

Duração: 1h30 | Capacidade para grupos de até 44 pessoas

E-mail para agendamento: agendamentorj@ccbbeducativo.com

Atendimento telefônico em dias de semana, das 10h às 17h, no número (21)3808-2070 (com excepção da terça feira, quando o CCBB está fechado ao público).

Para mais informações: contatorj@ccbbeducativo.com

Para mais informações: contatorj@ccbbeducativo.com

 

Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB-Rio – 1º andar e rotunda

De quarta-feira a segunda-feira, de 9h às 21h

Rua Primeiro de Março, 66 – (21) 3808-2020 (com excepção da terça feira, quando o CCBB está fechado ao público).

E-mail para agendamento: agendamentorj@ccbbeducativo.com

www.bb.com.br/cultura www.twitter.com/ccbb_rj/ www.facebook.com/ccbb.rj

Programação completa: ccbbeducativo.com

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*