Home / Arte / Experiência imersiva em 360° O Híbrido, de Robson Catalunha prorroga temporada
O Híbrido, Robson Catalunha. Foto: Tiago Macambira.
O Híbrido, Robson Catalunha. Foto: Tiago Macambira.

Experiência imersiva em 360° O Híbrido, de Robson Catalunha prorroga temporada

Obra em realidade virtual, que mescla teatro, cinema e performance pode ser conferida até 2 de maio

Após apresentações no Brasil e no exterior, a performance O HÍBRIDO, de Robson Catalunha, ganha novos contornos artísticos e tecnológicos com o intuito de proporcionar uma experiência interativa, imersiva e transdisciplinar. A obra, inspirada em fundamentos da realidade virtual, migra para o ambiente digital como um espetáculo em formato de websérie, em oito episódios, disponibilizados até 2 de maio no site do artista [robsoncatalunha.com/ohibrido].

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Filmado com câmeras que captam imagens em 360º, O HÍBRIDO é uma experiência idealizada para ser conferida por meio de smartphones, permitindo aos espectadores (nesse contexto, chamados de interatores ou interatrizes) sentirem-se imersos na obra. Além de smartphones, o trabalho também pode ser assistido por meio de headsets específicos para realidade virtual.

Criado em 2018 durante residência artística de Robson Catalunha no The Watermill Center, laboratório de inspiração e performance do diretor americano Bob Wilson, em Nova Iorque (Estados Unidos), O HÍBRIDO buscou inspiração na série de retratos de híbridos humano-botânicos criada pelo fotógrafo francês Cal Redback. Batizada de Treebeard a obra do artista consiste em humanos se metamorfoseando em plantas. De outro ponto de vista, também poderiam ser lidas como plantas assumindo a forma humana.

O HÍBRIDO consiste numa investigação sobre um ser em constante transformação que borra as fronteiras entre espécies, raças, credos, gêneros e padrões comportamentais. Para a websérie, Robson Catalunha também buscou inspiração no filme DogVille, de Lars Von Trier e no conto A Metamorfose, de Franz Kafka. As filmagens aconteceram na Região Metropolitana de Sorocaba, interior de São Paulo, em cenários diversos, como bosque, cachoeira, estação de trem, uma fazenda, uma estrada e um prédio abandonado.

Realidade virtual

No momento em que uma pandemia assola o planeta, as fronteiras entre os conceitos de realidade, representação e virtualidade foram completamente borradas. “Nesse contexto, diante da impossibilidade de contato social, a websérie O HÍBRIDO parte da realidade virtual para simular uma experiência de encontro e relação entre corpos. “Os celulares e headsets são como pequenas janelas (virtuais) que permitirão ao público adentrar e observar o trabalho em 360º”, explica Robson.

A metodologia escolhida para o processo de criação do roteiro de O HÍBRIDO é o devising, uma prática de criação sem hierarquias, conferindo autonomia a todos os envolvidos e não partindo de um texto teatral ou roteiro previamente definido, mas de improvisações e proposições de toda a equipe.

O HÍBRIDO surge da inquietação de Robson Catalunha em relação à dificuldade das pessoas de lidarem com as diferenças diante de corpos e pensamentos que fogem dos padrões normativos. “Com um toque de realismo fantástico, a websérie é um convite à reflexão sobre a natureza humana, incluindo maneiras de ser, pensar, sentir ou agir, que os seres humanos tendem a ter, a partir da influência do contexto sociocultural”, adianta o artista.

Sobre Robson Catalunha

Ator, performer e mestrando em Artes Cênicas na Universidade de São Paulo. Em sua formação, destaca o CPT (Centro de Pesquisas Teatrais), coordenado por Antunes Filho e também um treinamento com o grupo francês Théâtre du Soleil. No Satyros, destaca sua participação em Roberto Zucco, espetáculo agraciado com os prêmios Shell e APCA. Integrou o Grupo Pândega, sob direção de Maria Alice Vergueiro, no espetáculo Why The Horse?. Em 2016, foi dirigido por Bob Wilson em Garrincha – Uma Ópera de Rua e entre 2017 e 2018 foi um dos artistas residentes do Internacional Summer Program, no The Watermill Center, laboratório de inspiração e performance de Bob Wilson, em Nova Iorque, onde desenvolveu parcerias com artistas de mais de 30 países e iniciou sua pesquisa de mestrado. Como artista convidado, participou do Estação SP, projeto da SP Escola de Teatro que investigou as relações entre teatralidade e performatividade e transpôs o modelo pedagógico da referida instituição para o ensino nas ETEC’s (Escolas Técnicas) do Estado de São Paulo. Em 2019, foi convidado pela artista croata Vesna Mačković para desenvolver uma performance no Museu de Arte Contemporânea de Zagreb, capital da Croácia. Já se apresentou em diversos festivais nacionais e internacionais, dentre eles, destaca, no continente africano, o Mindelact – Festival Internacional de Teatro do Mindelo, em Cabo Verde; Festival de Whuzen, na China e Sounded Bodies Internacional Performance Festival, em Zagreb (Croácia). Nos últimos anos, vem desenvolvendo parcerias com artistas de diversos países, já tendo se apresentado nos Estados Unidos, Suécia, África, Croácia, China e Hungria.

Para roteiro:

O HÍBRIDO – Até 2 de maio disponível em robsoncatalunha.com/ohibrido

Espetáculo em formato de websérie em oito episódios. Duração – aproximadamente 5 minutos (cada episódio). Livre. GRÁTIS.

Diretor artístico e Performer – Robson Catalunha. Diretor técnico – Bruno Lottelli. Diretor de arte – Felipe Cruz. Produtora executiva e Diretora de produção – Andressa Moreira. Diretor de som – Renan Vasconcelos. Dramaturgista – Robson Catalunha. Preparador corporal – Douglas Emílio. Montador e Programador – Eduardo Liron. Consultoria de luz – Roberto Gill Camargo. Design gráfico – Laerte Késsimos. Desenvolvimento web – Danilo Amaral. Equipe de arte – Ketlyn Azevedo e Marcelo Simões. Assistente de produção – Cau Peracio. Assistente de set – Luis Eduardo. Participações – Cau Peracio, Mário Pérsico, Merlin Kern e Ketlyn Azevedo. Fotografia – Tiago Macambira. Social media – Diego Ribeiro. Assessoria de imprensa no interior de São Paulo – JF Gestão de Conteúdo. Assessoria de imprensa na cidade de São Paulo e outras localidades – Nossa Senhora da Pauta.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*