Home / Arte / Exposição “Eu sou Assim” Galeria ICASAA, por Rosângela Vig

Exposição “Eu sou Assim” Galeria ICASAA, por Rosângela Vig

Rosângela Vig é Artista Plástica e Professora de História da Arte.

Rosângela Vig é Artista Plástica e Professora de História da Arte.

Não digas. Este que me deu corpo é meu Pai.
Esta que me deu corpo é minha Mãe.
Muito mais teu Pai e tua Mãe são os que te fizeram
Em espírito.
E esses foram sem número.
Sem nome.
De todos os tempos.
Deixaram os rastros pelos caminhos de hoje.
Todos os que já viveram.
E andam fazendo-te dia a dia
Os de hoje, os de amanhã.
E os homens, e as coisas todas silenciosas.
A tua extensão prolonga-se em todos os sentidos.
O teu mundo não tem pólos.
E tu és o próprio mundo.
(MEIRELES, 1995, Cântico XXIV)

Em cada olhar há uma narrativa; há momentos; há rugas que vincam histórias; e há personagens. Cada elemento dessa narrativa edifica o ser que cada um de nós se tornou. Somos nós mesmos e um pouco do outro, com quem um dia compartilhamos histórias. Da mesma forma, somos parte do que é alguém; deixamos um pouco de nós em cada um por quem passamos.

Uma leitura de si mesmo na Arte demanda divagar por esse caminho tão subjetivo quanto poético. E somente o olhar apurado é capaz de compreender essa pessoa e conseguir reproduzi-la na forma de obra.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Tal foi a proposta da curadora de Arte Vera Itajaí, da Galeria ICASAA aos artistas. Para a exposição, os artistas precisam apenas pintar seus autorretratos, segundo sua forma de produzir Arte, de acordo com seu mundo, com seu modo de interpretar a si próprio. As obras serão expostas no site da galeria no link abaixo.

E é da própria curadora a obra que encanta o olhar. Seu olhar sobre si mesma permite que trafegue pelo campo da Arte, com destaque para tons terrosos, contrastantes com o preto e o branco. Seu sorriso espontâneo e doce é iluminado pela luz que permeia o ambiente. A delicadeza da obra tem a dosagem perfeita de cores.

O artista que tiver interesse em fazer parte desse evento da galeria pode entrar em contato com a curadora Vera Itajaí, no mesmo link.

Link: galeriadearte-institutoicasaa.com/brasil-coletivo-self-portrait-expo-eu-sou-assim

Referências:

MEIRELES, Cecília. Cânticos. São Paulo: Editora Moderna, 1995.

.

Não digas. Este que me deu corpo é meu Pai. Esta que me deu corpo é minha Mãe. Muito mais teu Pai e tua Mãe são os que te fizeram Em espírito. E esses foram sem número. Sem nome. De todos os tempos. Deixaram os rastros pelos caminhos de hoje. Todos os que já viveram. E andam fazendo-te dia a dia Os de hoje, os de amanhã. E os homens, e as coisas todas silenciosas. A tua extensão prolonga-se em todos os sentidos. O teu…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie o artigo! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.61 ( 1 votos)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*