Home / Arte / Férias no MAR 2019
Bebês no MAR. Foto: Daniela Paoliello.

Férias no MAR 2019

Data: de 16 a 28 de julho
Classificação livre
Quarta a domingo – inteira R$ 20,00
meia-entrada: R$ 10,00

Às terças-feiras a entrada é gratuita

Entre os dias 16 e 28 de julho, o Museu de Arte do Rio, sob a gestão do Instituto Odeon, promove uma série de atividades voltadas para o período de férias escolares. A programação irá ocupar os espaços do museu com oficinas, visitas mediadas, ações e intervenções educativas.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

“Durante as férias crianças, jovens e suas famílias vão poder experimentar diferentes atividades que buscam desdobrar os conteúdos das exposições de forma experimental e lúdica, muitas delas acontecem dentro do pavilhão de exposições. Há ainda oficinas de criação desenhadas para diferentes faixas etárias, que contemplam desde os bebês até os adolescentes”, explica a coordenadora de Educação do MAR, Izabela Pucu.

Absorvendo o campo de referências presentes na sala imersiva FLUXO e nas exposições O Rio dos Navegantes, Mulheres na Coleção MAR e Rosana Paulino: a costura da memória, as atividades integram arte e educação.

PROGRAMAÇÃO

.

Terça-feira, 16

11h – Conheça o MAR (gratuito)

Visita destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

14h às 17h – Atividade “Eu brinco, todo mundo brinca” – Inscrições no site do MAR (gratuito)

Com Patrícia Chaves e Maria Rita Valentim

Esta oficina visa empoderar as crianças na invenção de brincadeiras e na inclusão da diversidade de ideias a partir de momentos de diversão. Com pequenas adaptações, podemos eliminar as limitações do brincar.

Local: Sala 2.2

15h às 17h – Ação e intervenção educativa | Mensagem na garrafa (gratuito)

Com Edmilson Gomes, Guilherme Marins e Davi Benaion

Na exposição O Rio dos Navegantes, o visitante será convidado a escrever uma mensagem sobre sua experiência no museu. Essa mensagem será colocada em uma garrafa e outros visitantes poderão ler e contribuir com seus relatos. Traremos também histórias de diferentes navegantes presentes na mostra, como os jangadeiros retratados por Orson Welles em “É Tudo Verdade” e a carta-manifesto de João Cândido e dos seus companheiros na Revolta da Chibata.

Local: Pavilhão de Exposições | 3º andar

Quarta-feira, 17

11h – Conheça o MAR em LIBRAS (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Visita mediada em LIBRAS destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

15h – No rastro das estrelas (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com Cás de Mattos, Luiza de Negreiros e Juliana Pavan

Nesta atividade educativa no espaço imersivo FLUXO, vamos criar caminhos orientados pelo céu, desenhando percursos lúdicos a partir de uma charada estelar. Neste jogo colaborativo, procuraremos pistas atravessando os ciclos das estações, iremos percorrer o céu em um jogo de luzes.

Local: FLUXO

Quinta-feira, 18

11h – Conheça o MAR (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Visita destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

15h às 17h – Atividade “Pôr Subtração” (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com Guilherme Dias e Lia Soares

Na exposição Mulheres na Coleção MAR, alguns objetos deslocados de seus usos cotidianos em nome do sentido poético podem ser percebidos. A partir de uma seleção realizada pelos educadores Guilherme Dias e Lia Soares, convidamos o público a realizar dois sorteios: o primeiro referente a um objeto e o segundo a uma ação que deve ser realizada sobre o objeto sorteado, na tentativa de atribuir novos sentidos. O objetivo principal da atividade é conversar sobre as diferentes possibilidades de usos de objetos e as transformações pelas quais podem passar tendo em vista a maneira como eles são entendidos e os novos espaços que podem circular.

Local: Pavilhão de Exposições | 2º andar

Sexta-feira, 19

11h – Conheça o MAR (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Visita destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

15h às 17h – Atividade | Postais Fantásticos (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com Cás de Mattos, Luiza Negreiros e Juliana Pavan

Se pudesse pintar um mundo a partir das suas experiências e sentimentos, como ele seria? Partindo do núcleo de Paisagem da exposição do Rio dos Navegantes, convidamos os visitantes a imaginarem locais fantásticos baseados nas emoções ligadas aos locais onde moram. Como é a vida? Quais os hábitos, locais e ações que gostariam de compartilhar com os outros? Esta imagem a ser construída de modo afetivo no postal, ao invés de reproduzir um olhar estrangeiro de um território dito como exótico, estimula a representação de modo simbólico sobre região em que pertencem. Tanto o destino, o local de envio, e o que seria enviado serão decididos pelo visitante, assim como sua mensagem e que depois será enviada.

Local: Pavilhão de Exposições | 3º andar

Sábado, 20:

11h – Conheça o MAR (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Visita destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

14h às 17h – Oficina de Criação | Empoderação – 10 a 15 anos – Inscrições no site do MAR (gratuito)

Com Juliana Pavan, Luiza de Negreiros e Silvana Marcelina

Esta oficina que desafia as crianças e seus familiares a realizarem atividades e brincadeiras de modo diferente do usual. A ideia principal é desenvolver a empatia com os diferentes corpos que existem e de vivenciarem as potencialidades e possibilidades do corpo.

Local: Sala 2.2

15h às 17h – Atividade | Collage | Ativação de pavilhão (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com Davi Benaion e Wesley Ribeiro

Com o objetivo de tratar sobre características de movimentos artísticos como o Cubismo, Surrealismo e Dadaísmo, os educadores Davi Benaion e Wesley Ribeiro propõem atividades a partir da colagem (Collage). Criaremos novos significados para imagens já existentes por meio de uma decomposição do objeto, da imagem, que posteriormente serão reorganizados em planos diferentes. A técnica, que explora diversos processos de criação além do uso da cola e do papel, possui uma

expressividade única. Ao longa da ativação, conversaremos com o público sobre a ideia de “manipulação” da imagem: qual sentido carrega a palavra e qual propósito desse ato? Qual o limite da imagem?

Local: Exposição “Rosana Paulino: a costura da memória” | Pavilhão de Exposições

Domingo, 21

10h às 12h – Atividade educativa | Mapa Nefelibata (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com André Vargas e Georges Marques

Sobre um grande mapa, produziremos desenhos de nuvens avistadas do céu como se fossem continentes a serem nomeados. Pensando peças que contemplem o imaginário, essa cartografia visa criar formas das nuvens num exercício de contemplação das nuvens no céu da Praça Mauá. O “nefelibata” é definido como alguém que “se afasta da realidade, que vive nas nuvens”; a atividade vai privilegiar a liberdade do gesto e da criação como formas de trazer continentes/territórios à vida.

Local: Pilotis

11h – Conheça o MAR em LIBRAS (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com Luiza de Negreiros

Visita mediada em LIBRAS destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

Terça-feira, 23

11h – Conheça o MAR (gratuito)

Visita destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

14h às 17h – Oficina de Criação – Intervenções urbanas: Lambe-lambe | Jovens a partir de 13 anos – Inscrições no site do MAR (gratuito)

Com Davi Benaion e Wesley Ribeiro

Esta oficina deseja pensar e questionar o espaço dos pilotis do MAR. Pensando a relação do museu com a cidade, e da cidade com a arte, convidamos o público a questionar as intervenções artísticas urbanas, especialmente os “lambes”. Cartazes serão confeccionados a partir do debate proposto sobre a ideia dos pilotis do museu como um território público de livre circulação. A atividade terá momentos diferentes: de debate e reflexão, de produção e intervenção urbana, em que os participantes poderão colar seus cartazes.

Local: Sala 3.2

15h às 17h – Atividade educativa – Narrativas do inimaginável (gratuito)

Com Mariana Gon e Silvana Marcelina

Nesta atividade, conversaremos com o público sobre as relações entre memória, história, apagamentos e outras narrativas. Convidamos visitantes a conhecerem a exposição O Rio dos Navegantes a partir da biografia de Mahommah Gardo Baquaqua, africano escravizado que narra os horrores da escravização no século XIX. Como desdobramento, propomos a criação de colagens com imagens no contexto da exposição que possam dar visibilidade para narrativas imaginárias a partir do real e dos debates levantados.

Local: O Rio dos Navegantes | 3º andar do Pavilhão de Exposições

Quarta-feira, 24

11h – Conheça o MAR em LIBRAS (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com Luiza de Negreiros

Visita mediada em LIBRAS destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

15h às 17h – Atividade Educativa – Outros Outros (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com André Vargas e Georges Marques

Por meio dos reflexos projetados por espelhos dispostos na exposição O Rio dos Navegantes, o público será convidado a discutir os ditames da alteridade, bem como as violências incutidas no contato com a ideia de “outro”. A atividade tem como referência trechos do trabalho “(Outros) Fundamentos”, de Aline Mota, onde se cogita um diálogo metafórico entre Brasil e Nigéria por meio de espelhos apontados ao horizonte do mar, onde as semelhanças e diferenças entre nossas histórias, seja na construção de nosso passado escravista, seja no legado de nosso presente de segregações e valores ainda muito coloniais, se estabelece.

Local: Exposição Rio dos Navegantes | 3º andar do Pavilhão de Exposições

Quinta-feira, 25

11h – Conheça o MAR (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Visita destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

15h às 17h – Atividade educativa | Ver e Traçar Paisagens (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com Patrícia Chaves e Maria Rita Valentim

Empregando o desenho de observação do mirante, em uma folha de acetato transparente como suporte, para intervenções e registros sobre a vista do entorno do museu como técnica e também estratégia a fim de deslocar o olhar do visitante, a atividade propõe tornar visível novas perspectivas do espaço, recriar a paisagem da baía de Guanabara, incluindo seus diversos navegantes e imaginar o território levando em consideração as reformas e remodelações sofridas na paisagem.

Local: Mirante

Sexta-feira, 26

11h – Conheça o MAR

Visita destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

15h às 17h – Atividade educativa | Desenho social (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com Mariana Gon e Silvana Marcelina

Convidamos os visitantes a experimentarem a produção de um autorretrato em desenho na exposição “Rosana Paulino: a costura da memória”. Os desenhos serão ferramentas de diálogo sobre visibilidade de outras narrativas e relações entre memória, história e o lugar social dos corpos a partir das séries Autorretratos e Tecelãs na mostra.

Local: Exposição “Rosana Paulino: a costura da memória | 1º andar do Pavilhão de Exposições

Sábado, 27

11h – Conheça o MAR (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Visita destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

14h às 17h – Oficina de Criação – As cores do céu | 03 a 05 anos – Inscrições no site do MAR (gratuito)

Com Cás de Mattos, Luiza de Negreiros e Juliana Pavan

Nesta oficina, convidamos a observar o céu em suas diversas cores, formas e sentidos. Estas visões irão se relacionar com as representações dos múltiplos céus nas artes, sejam pictóricos, escultóricos ou performáticos. Após esta análise caminharemos para experienciar as criações dos céus de cada criança estimulando a liberdade criativa delas. Os participantes serão convidados a conhecer o espaço imersivo FLUXO, onde terão uma experiência sensorial e performática do céu.

Local: Sala 3.2 e FLUXO

15h às 17h – Atividade educativa – Mensagem na garrafa (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com Edmilson Gomes, Guilherme Marins e Davi Benaion

Na exposição O Rio dos Navegantes, o visitante será convidado a escrever uma mensagem sobre sua experiência no museu. Essa mensagem será colocada em uma garrafa e outros visitantes poderão ler e contribuir com seus relatos. Traremos também histórias de diferentes navegantes presentes na mostra, como os jangadeiros retratados por Orson Welles em “É Tudo Verdade” e a carta-manifesto de João Cândido e dos seus companheiros na Revolta da Chibata.

Local: Exposição O Rio dos Navegantes | 3º andar do Pavilhão de Exposições

Domingo, 28

10h às 12h – Atividade educativa – Pôr Subtração (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com Guilherme Dias e Lia Soares

Na exposição Mulheres na Coleção MAR, alguns objetos deslocados de seus usos cotidianos em nome do sentido poético podem ser percebidos. A partir de uma seleção realizada pelos educadores Guilherme Dias e Lia Soares, convidamos o público a realizar dois sorteios: o primeiro referente a um objeto e o segundo a uma ação que deve ser realizada sobre o objeto sorteado, na tentativa de atribuir novos sentidos. O objetivo principal da atividade é conversar sobre as diferentes possibilidades de usos de objetos e as transformações pelas quais podem passar tendo em vista a maneira como eles são entendidos e os novos espaços que podem circular.

Local: Exposição “Mulheres da Coleção MAR” | 2º andar do Pavilhão de Exposições (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

11h – Conheça o MAR em LIBRAS (R$ 20 – inteira | R$ 10 – meia)

Com Mariana Gon

Visita mediada em LIBRAS destinada ao público espontâneo, que oferece visão panorâmica dos espaços do museu em conexão com a história da região portuária e da Pequena África, além de um percurso cartografado pelas diferentes mostras em cartaz. A visita, com até uma hora de duração, é concluída dentro do pavilhão de exposições. O ponto de encontro fica ao lado da bilheteria.

O Museu de Arte do Rio – MAR

Uma iniciativa da Prefeitura do Rio em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o MAR tem atividades que envolvem coleta, registro, pesquisa, preservação e devolução à comunidade de bens culturais. Espaço proativo de apoio à educação e à cultura, o museu já nasceu com uma escola – a Escola do Olhar –, cuja proposta museológica é inovadora: propiciar o desenvolvimento de um programa educativo de referência para ações no Brasil e no exterior, conjugando arte e educação com base no programa curatorial que norteia a instituição.

O MAR é gerido pelo Instituto Odeon, uma organização social da Cultura. O museu tem o Grupo Globo como mantenedor, a Equinor como patrocinadora master, a Bradesco Seguros como patrocinadora e o BNDES como apoiador financeiro por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

O MAR conta também com o apoio da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro e do Governo do Estado do Rio de Janeiro e realização do Ministério da Cidadania e do Governo Federal do Brasil por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Serviço:
Horário de funcionamento: às terças-feiras o MAR funciona com horário estendido até as 19h. Quarta a domingo, das 10h às 17h. Às segundas o museu fecha para o público. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (55) 21 3031-2741 ou acesse o site www.museudeartedorio.org.br.
Endereço: Praça Mauá, 5 – Centro.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*