Home / Arte / “Frida Kahlo – Viva La Vida” mostra o lado divertido da pintora mexicana
Christiane Tricerri. Foto: Divulgação.

“Frida Kahlo – Viva La Vida” mostra o lado divertido da pintora mexicana

Monólogo é apresentado entre os dias 20 e 22, no Teatro Alfredo Mesquita, e traz a atriz Christiane Tricerri

Pintado em 1954, o quadro “Viva La Vida” é uma obra de natureza-morta da artista plástica mexicana Frida Kahlo. A tela retrata diversos pedaços de melancias, com cores vibrantes, em especial o vermelho e o verde. Não é à toa, portanto, que o título da peça do dramaturgo também mexicano Humberto Hobles é “Frida Kahlo – Viva La Vida”, pois mostra um lado menos conhecido da pintora: alegre e vibrante. O espetáculo é apresentado entre os dias 20 e 22 de dezembro, no Teatro Alfredo Mesquita.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Com direção de Cacá Rosset, a peça traz Christiane Tricerri no papel de Frida. Às vésperas de morrer, a pintora celebra o Dia dos Mortos com um banquete no qual contracena com convidados imaginários, personagens vivos ou não. Sozinha em cena, Christiane faz ainda as vozes de todos os personagens e também interage com a plateia, que representa “mortos-vivos”.

Para a atriz, o que mais lhe interessou foi que o texto de Hobles mostra uma imagem de Frida diferente da que ela conhecia. “De repente, me deparo com uma Frida cheia de amor pela vida”, conta Tricerri. “Um humor cáustico, com muita vontade de viver, muita alegria de receber os amigos e em estar rodeada de pessoas.”

Para construir a sua personagem, Christiane trabalhou as limitações físicas de Frida – a pintora sofreu um acidente aos 18 anos, passou por diversas cirurgias e precisou usar cadeira de roda. “Trabalhei a divisão de seu corpo”, explica. “Frida tinha limitações e dores da cintura para baixo, mas da cintura para cima poderia ser uma bailarina, praticamente, movimentando-se e brilhando.”

Em uma época em que Frida Kahlo é facilmente encontrada em produtos como camisetas, almofadas e canecas, a atriz acredita que o espetáculo vai além de trazer a imagem da pintora. “Ela representou uma mulher à frente do seu tempo, uma libertária, uma artista”, conclui.

| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. Dias 20 e 21, 21h. Dia 22, 19h. R$30. 12 anos

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*