Home / Arte / Galerias São Rafael inauguram Autumn Immersive Exhibitions

Galerias São Rafael inauguram Autumn Immersive Exhibitions

As Galerias São Rafael, primeira galeria portuguesa de luxo com um conceito imersivo e multissensorial, têm o prazer de anunciar o ciclo Autumn Immersive Exhibitions, ciclo de exposições de outono, com recurso a realidade aumentada e realidade virtual, no qual o visitante, através de salas de exposição panorâmicas 360º, pode circular livremente pela exposição, assistir a vídeos interativos dos artistas, ver fotografias ou as obras em três dimensões ou adquirir diretamente as obras em exposição com apenas um clique. Neste novo conceito imersivo, a sala de exposição transforma-se numa verdadeira multiplataforma.





A inaugurar este ciclo está a exposição “The Beasts of Beauty” no próximo dia 19 de Novembro que reúne num cenário envolvente e interativo três destacados artistas contemporâneos: Catarina Diaz, José A. Faraco e Hossam Dirar. Uma exposição que pretende ser um hino à contemporaneidade e que une o design sensorial e experiencial às imagens dos “mundos-sonhos” da moda e do quotidiano, entre o real e o imaginário, dialogando com a naturalização e exaltação da beleza feminina. The Beasts of Beauty é uma celebração da figura feminina, da sua potência criativa e autónoma, com enfoque na sua força e dimensão espiritual.

Em destaque está a artista London-based Catarina Diaz que através da colagem analógica e oil sticks visibiliza a figura feminina inspirada na vida cosmopolita de Londres, na moda, bem como nas memórias de uma infância habitada pelo cromatismo vibrante e exótico da África Ocidental. As obras em exposição partem de uma estética do sensível, cujos deslocamentos flutuam entre a espiritualidade, a pop-art e o surrealismo; Ao seu lado, o artista egípcio Hossam Dirar traz-nos uma série de pinturas sobre a figura de Nefertiti, aqui reinventada à luz da contemporaneidade e da moda, unindo a referências da cultura pop à elegância da arte do Antigo Egito. O seu trabalho reflete a importância dos símbolos, histórias e mitos em torno desta importante figura feminina no seu confronto com o mundo moderno. Destacam-se, por fim, as esculturas e pinturas do artista espanhol José A. Faraco que nos presenteia com uma visão em torno da dessexualização e naturalização do nú feminino.

Também, no dia 3 de dezembro, inauguram as exposições “The Nutcrackers” e “The BeansTalkers”. “The Nutcrackers” reúne os artistas Gulnar Sacoor, Tebo, Fabián Caro Román e Jaime R Ferreira sob a temática do sonho e espiritualidade. Em evidência está a coleção Diálogos, de Gulnar Sacoor, na qual a artista moçambicana cruza, num diálogo emocionante, a visão abstrata e única de Piet Modrian com as suas linhas horizontais e verticais e a sua paleta de cores primárias, com a arte meditativa de Mark Rothko e a sua relação madura com as cores, os contrastes alternados e as variações cromáticas subtis, numa demanda pelo silêncio na contemplação da arte. Ainda, dentro deste diálogo em torno da estética minimalista, são apresentadas as séries Rush Maps e Post-Vacation indication do artista de Barcelona Diego Estebo Ortiz. Diego, artisticamente conhecido como Tebo, traz-nos aqui composições minimalistas, com gosto pelo imediatismo e pelo primitivo, onde se fundem os seus dois temas preferidos: signos e paisagens. A sala possui ainda um espaço dedicado à temática do sonho, destacando os ambientes teatrais e mágicos de Jaime R Ferreira que, através da pintura, visa contar histórias com emoções; e os seres fantásticos e mágicos que habitam as esculturas do artista chileno Fabián Caro Román, um apelo ao metafísico e profético no qual a fertilidade, o erotismo e a magia das figuras dos guerreiros assumem formas originais num modelado surrealista.

O ciclo de exposições de Outono é encerrado com a exposição “The BeansTalkers”, uma exposição dedicada à tradição que reúne obras dos artistas Vimoc, Cecília Acevedo e Carlos Teixeira. A exposição coloca em ênfase a Golden Edition, da dupla Vimoc com origem na cidade do Porto, uma série de obras sobre a beleza da natureza e da arquitetura urbana. Nesta série os artistas procuram recuperar a tradição portuguesa de aplicação da talha dourada, unindo a morfologia dinâmica da folha de ouro ao desenho à mão levantada. Nesta exposição estreia-se em território nacional ainda a artista chilena de crochetpainting Cecília Acevedo, que através das fibras têxteis procura empoderar a experiência sensorial, agregando o sistema tátil. Destacam-se as obras “Tesoro Callejero” e “Moais” que procuram evocar um novo conceito de arte emocional por meio da técnica de crochê, criadas a partir de fios botânicos, tingidos à mão pela artista com pigmentos naturais. Fecha esta sala o artista de pintura e fotografia Carlos Teixeira, com as séries “Ruralidades” e “A Essência do Comércio”. Ruralidades traz-nos uma série de pinturas com enfoque na ruralidade e na simplicidade das suas gentes, na relação fraternal com a terra, com os animais, tendo como pano de fundo a cor negra e sobre os protagonistas blocos de cor pura. E em A Essência do Comércio o artista de Braga transporta-nos para um olhar cru sobre o comércio tradicional com enfoque nos traços característicos e identificadores da matriz cultural e do imaginário dos comerciantes.

As exposições podem ser visitadas no site das Galerias São Rafael www.galeriassaorafael.com a partir dos dias acima mencionados e estarão em exposição permanente. As Galerias São Rafael destinam ainda 10% dos lucros a projetos de filantropia, reforçando a importância do mecenato e da cultura para a construção de futuros.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*