Home / Arte / Luiz de Souza – “A arte como forma de ver a vida”, por Edmundo Cavalcanti

Luiz de Souza – “A arte como forma de ver a vida”, por Edmundo Cavalcanti

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

1- Onde você nasceu? E qual sua formação acadêmica?

Nasci em Lauro Müller – SC. Fiz cursos técnicos na área de contabilidade e Publicidade no Centro Europeu.

2- Como e quando se dá o seu primeiro contato com as Artes?

Minhas primeiras lembranças são das imagens sacras da igreja e de um livro da minha irmã mais velha que tinha duas fotos uma de uma obra de Salvador Dali e outra de Kandinsky.

3- Como surgiu ou você descobriu este dom?

Minha mãe fala que eu desenho desde os 3 anos de idade e com 5 ou 6 anos eu fazia as imagens do presépio de Natal em argila.

Luiz de Souza é Artista Plástico.

Luiz de Souza é Artista Plástico.

4- Quais são suas principais influências?

Minhas primeiras influências foram dos pintores renascentistas, depois Vermer e Salvador Dali.

5- Quais os materiais que você utiliza em suas obras?

Faço minhas pinturas em óleo sobre tela de linho, e as esculturas eu crio a partir do meu lixo doméstico e logo após eu as reproduzo em alumínio.

6- Como é o seu processo criativo em si? O que te inspira?

Meu processo criativo está diretamente ligado as minhas emoções, ao meu dia a dia, a fatos políticos e sociais.

7- Quando você começou efetivamente a produzir ou criar suas obras?

Comecei em 1993 como desenhista publicitário depois em 1995 trabalhei como ilustrador de livros em uma editora, mas minha carreira profissional como artista plástico começou em 1999.

8- A arte é uma produção intelectual primorosa, onde as emoções estão inseridas no contexto da criação, porém na historia da arte, vemos que muitos artistas são derivados de outros, seguindo técnicas e movimentos artísticos através do tempo, você possui algum modelo ou influência de algum artista? Quem seria?

Sou um autodidata, minha formação foi através da observação em museus, livros e galerias de arte não tive um mestre na pintura ou escultura.

9- O que a arte representa para você? Se você fosse resumir em poucas palavras o significado das Artes na sua vida…

Para mim a arte é um modo de ver a vida e transmitir de forma poética o que está na minha cabeça através de imagens.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

10- Quais as técnicas que você usa para expressar suas ideias, sentimentos e percepção a cerca do mundo? (Se é através da pintura, escultura, desenho, colagem, fotografia… ou usa várias técnicas no sentido de fazer um mix de formas diferentes de arte).

É através do desenho, pintura e escultura.

11- Todo artista tem seu mentor, aquela pessoa a quem você se espelhou que te incentivou e te inspirou a seguir essa carreira, indo adiante e levando seus sonhos a outros patamares de expressão, quem é essa pessoa e como ela te introduziu no mundo das artes?

Várias pessoas em momentos diferentes da minha vida, meus pais, meu tio Geraldo que me deu as primeiras tintas e pincéis, meus professores na escola, meu amigo Jansen que me deu a primeira coleção de livros, meu mestre na arte do autoconhecimento Tony Ganske e muitos outros amigos, enfim pessoas que apoiam a arte em todas as formas.

12- Você tem outra atividade além da arte? Você ministra aulas, palestras etc.?

Dou palestras gratuitas em escolas e faculdades, mas profissionalmente vivo da pintura e escultura.

13- Suas principais exposições nacionais e internacionais e suas premiações? (Mencione as 5 mais recentes).

  • Exposição comemorativa aos meus 20 anos de carreira na Galeria Solo;
  • Exposição individual Galerie Mona Lisa – Paris/França;
  • Salão dos artistas independentes – Paris/Paris;
  • Semana de arte de Miami – Anjos Art Gallery – Maria dos Anjos Oliveira;
  • Artexpo New York – Marcelo Neves Art Gallery – Marcelo Neves;
  • Salão do Carrousel do Louvre – Paris/França;
  • Medalha de prata no Salão de artes de Liechtenstein.

14- Seus planos para o futuro?

Meus planos são fazer uma carreira internacional, pesquisar novos materiais e estar aberto a novas parcerias e ideias.

15- Em sua opinião qual é o futuro da arte brasileira e dos seus artistas? (no contexto geral) e porque tantos artistas estão dando preferência em mostrar seus trabalhos em exposições internacionais apesar dos altos custos?

Acho que essas galerias não estão acompanhando as mudanças do mundo, estão esperando as pessoas dentro das galerias, esquecendo da máxima que diz que o artista tem que ir onde o povo está! A arte tem que estar nas ruas, na casa das pessoas, nas redes sociais, caso contrário as novas gerações perderão o interesse.

Facebook: Luiz de Souza – Artista Plástico

Instagram: @luizdesouzaartista

.

….

.

Comentários

Um comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*