Home / Arte / “Magda Colares – E sua arte contemporânea” por Edmundo Cavalcanti

“Magda Colares – E sua arte contemporânea” por Edmundo Cavalcanti

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

Dando continuidade as nossas entrevistas com talentosos artistas plásticos brasileiros, temos a satisfação de apresentar a vocês a artista carioca Magda Colares, que gentilmente nos concedeu esta entrevista. Ela nos contou um pouco sobre sua trajetória artística e seus planos para o futuro, que com certeza serão bem-sucedidos e com muito sucesso.

“Magda Colares transmite a fragmentação contemporânea com seus seres lindamente despedaçados.” – Oscar D´Ambrosio

1- Onde você nasceu? E qual sua formação acadêmica?

Nasci no Rio de Janeiro. Com 17 anos entrei para a Faculdade de Artes e cursei Desenhei Industrial e Comunicação Visual.

2- Como e quando se dá o seu primeiro contato com as Artes?

Quando criança meus pais me apresentaram os livros de Arte… eram imensos e as obras me encantavam!

Magda Colares é Artista Plástica.

Magda Colares é Artista Plástica.

3- Como surgiu ou você descobriu este dom?

Meus pais me levavam a Museus nos finais de semana… sem dúvida este ambiente despertou em mim o interesse de realizar trabalhados semelhantes e aperfeiçoar os desenhos que eu já fazia.

4- Quais são suas principais influências?

Os Renascentistas com sua estética apurada… uma era de gênios!

5- Quais os materiais que você utiliza em suas obras?

Pintura a óleo é minha principal aliada… o linho crú, que sempre utilizo, e algumas vezes as folhas de ouro.

6- Como é o seu processo criativo em si? O que te inspira?

…o corpo humano sempre me inspira! Eu considero a forma como o corpo humano é representando na Arte como um registro da evolução dos tempos… um exemplo do Contemporâneo.

7- Quando você começou efetivamente a produzir ou criar suas obras?

Em 2001 minhas obras começaram a ser comercializadas, ainda no Rio de Janeiro onde eu morava na época.

8- A arte é uma produção intelectual primorosa, onde as emoções estão inseridas no contexto da criação, porém na história da arte, vemos que muitos artistas são derivados de outros, seguindo técnicas e movimentos artísticos através do tempo, você possui algum modelo ou influência de algum artista? Quem seria?

Sem dúvida três grandes artistas sempre despertaram a minha admiração: Lucian Freud, Egon Schiele e Gustav Klimt.

9- O que a arte representa para você? Se você fosse resumir em poucas palavras o significado das Artes na sua vida…

A Arte é minha companheira de vida!

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

10- Quais as técnicas que você usa para expressar suas ideias, sentimentos e percepção a cerca do mundo? (Se é através da pintura, escultura, desenho, colagem, fotografia… ou usa várias técnicas no sentido de fazer um mix de formas diferentes de arte)

Sou uma pintora figurativa, sempre utilizo a tinta óleo sobre o linho crú. Gosto muito de utilizar folhas de ouro interferindo com a pintura em meus trabalhos.

11- Todo artista tem seu mentor, aquela pessoa a quem você se espelhou, que te incentivou e te inspirou a seguir essa carreira, indo adiante e levando seus sonhos a outros patamares de expressão, quem é essa pessoa e como ela te introduziu no mundo das artes?

Não tenho um mentor específico… tenho colegas artistas que sempre me incentivaram e me apresentaram caminhos para trabalharmos juntos!

12- Você tem outra atividade além da arte? Você dá aulas, palestras etc.?

Não, meu trabalho é unicamente ser pintora.

13- Suas principais exposições nacionais e internacionais e suas premiações? (Mencione as 5 mais recentes)

2012 – Société National des Beaux Arts (Paris – França)
2014 – Art Open (Eschweiler – Alemanha)
2015 – Florence Biennale (Florença – Itália)
2015 – Arte Padova (Padova – Itália)
2017 – Médaille d’Étain – Sociéte Academique Arts Sciences et Lettres (Paris – França)
2017 – Brazil Generations – 50 Years of Art (Pinacoteca Benedicto Calixto – Santos – Brasil)

14- Seus planos para o futuro?

Meus planos para o futuro é continuar aprendendo a cada dia mais e mais.

15- Em sua opinião qual é o futuro da arte brasileira e dos seus artistas? (no contexto geral) e porque tantos artistas estão dando preferência em mostrar seus trabalhos em exposições internacionais apesar dos altos custos?

Nós temos no Brasil grandes artistas apesar do pouco incentivo no nosso país. Acredito que muitos artistas acabam procurando exposições internacionais pelo simples fato que procuram ser mais valorizados… independente disto, acredito na Arte sem fronteiras.

16- Tenho percebido que algumas galerias tradicionais estão encerrando as atividades. Os artistas estão dando preferência para expor em Espaços Culturais.Em sua opinião qual seria a causa?

A crise financeira fez com que muitos negócios encerrarem as atividades… mas este ano, especificamente, estou vendo algumas galerias abrirem ou reabrirem, e isso me dá muita alegria… Vejo os Espaços Culturais como mais um meio dos artistas se unirem e serem vistos e futuramente comercializados. É um estímulo para qualquer artista ter cada vez mais espaço para expor seus trabalhos, atraindo as pessoas a se interessarem pela Cultura e pela Arte.

.

Site: www.magdacolaresatelier.com

Facebook: Magda Colares

Instragram: @magdacolaresatelier

.

….

.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*