Home / Arte / Monumento Estácio de Sá recebe exposição inédita “Vivências” do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Rosani Cunha
Exposição Vivências. Foto: Divulgação.

Monumento Estácio de Sá recebe exposição inédita “Vivências” do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Rosani Cunha

A partir do dia 1º de agosto, o público poderá conferir gratuitamente a exposição “Vivências” – do grupo de artesãos do Centro de Referência da Assistência Social Rosani Cunha – no Centro de Visitantes Monumento Estácio de Sá, no Parque do Flamengo. A mostra exibirá obras com temáticas transversais, que abordarão empoderamento feminino, fatos históricos no âmbito social, vivências individuais, entre outros assuntos.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

“O objetivo desta atração é apresentar aos cariocas e visitantes – turistas que estão em nossa cidade – o poder de desenvolvimento cultural e artístico através do envolvimento das pessoas de nossa comunidade por meio do nosso Projeto Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS)”, comenta o professor Elias Oliveira, responsável pelo Centro de Visitantes Monumento Estácio de Sá.

O grupo de artistas plásticos do CRAS Rosani Cunha é dividido em três categorias: de 6 a 9 anos, de 10 a 14 anos e de 15 a 17 anos, além de diversos idosos. O Centro de Referência da Assistência Social é um local de proteção básica, voltado para o atendimento de indivíduos que se encontram em situação de vulnerabilidade social, porém, que ainda não tenham rompido os vínculos sociais e/ou familiares.

Por meio do seu programa de Responsabilidade Social no pilar da Cultura, a Estácio é parceira da RIOTUR, sendo responsável pela curadoria do Centro de Visitantes Monumento Estácio de Sá.

SERVIÇO:
Evento – Exposição “Vivências”
Local – Centro de Visitantes Monumento Estácio de Sá – Av. Infante Dom Henrique, s/n Subsolo – Parque do Flamengo 
Data – de 1º a 15 de agosto 2019
Horário:  de 9h às 17h
Entrada franca

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*