Home / Arte / Mostra Cênica Resistências divulga projetos selecionados
A Casatória c'a Defunta da Cia. Pão Doce de Teatro. Foto: Mickaelly Moreira.
A Casatória c'a Defunta da Cia. Pão Doce de Teatro. Foto: Mickaelly Moreira.

Mostra Cênica Resistências divulga projetos selecionados

Evento online que acontece de 23 a 30 de abril trará em sua programação trabalhos de nove estados dentro do módulo Conexão Cênica, apresentando um panorama da produção teatral em tempos de pandemia

Nove projetos concebidos por artistas, grupos e coletivos de nove estados brasileiros trarão um panorama da produção cênica em tempos de pandemia na Mostra Cênica Resistências 2021, que acontece entre 23 e 30 de abril. Os trabalhos irão compor o módulo Conexão Cênica dentro da mostra idealizada pela Cia. Cênica, companhia de teatro sediada em São José do Rio Preto (SP). Pela primeira vez, o evento será realizado de forma virtual e em parceria com os coletivos Agrupamento Núcleo 2, GAL (Grupo de Apoio à Loucura), Pretas PalaBRas e Primavera nos Dentes.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

A curadoria do módulo Conexão Cênica divulgou a relação dos nove projetos que irão compor a sua programação, entre os quais, sete selecionados e dois convidados, divididos entre espetáculos teatrais, performances e experimentos. O módulo é uma mostra de artes cênicas voltada ao público adulto e recebeu 226 inscrições de 18 Estados e do Distrito Federal. Enviaram inscrições os estados do Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. Os estados com maior número de inscritos foram São Paulo (121), Minas Gerais (20) e Rio Grande do Sul (17).

Os projetos foram avaliados no período de 15 a 22 de março, por uma comissão formada por três artistas da Cia. Cênica: Andrea Capelli, atriz, dançarina e professora de dança; Beta Cunha, atriz, diretora e professora de teatro, e Fabiano Amigucci, ator, diretor e professor de teatro. Segundo Beta Cunha, a escolha dos projetos pela curadoria baseou-se na relevância artística das propostas e na qualidade técnica dos materiais enviados, bem como nas regras constantes no edital de chamamento da MCR, publicado em 25 de fevereiro de 2021.

“A programação contará com artistas e coletivos de diversas partes do país realizando seus trabalhos a partir de diferentes linguagens e formatos e abordando variadas temáticas urgentes e necessárias às resistências”, pontua Andrea Capelli. Na opinião de Fabiano Amigucci, o trabalho da curadoria proporcionou a seus integrantes uma imersão em um universo de obras que muito representam a produção cênica no atual momento e ainda possibilitou o acesso a trabalhos de elevada qualidade, relevância e potencial artísticos.

Cabaré da MADRE

Além dos trabalhos que irão compor o Conexão Cênica, foram definidas as propostas presentes no Cabaré da MADRE, cabaré com números artísticos sob a temática LGBTQIA+, com curadoria do GAL, que abriu inscrições exclusivamente para São José do Rio Preto, recebendo 26 propostas. Foram selecionados seis números artísticos, entre performance, música e artes híbridas. “Em tempos tão sombrios, receber propostas tão coloridas e diversas é como um respiro em meio ao caos”, diz o multiartista Murilo Gussi, diretor do GAL e curador do módulo, cuja seleção priorizou trabalhos de artistas rio-pretenses da comunidade LGBTQIA+.

“Mais que falar sobre, é preciso escutar. Agradeço cada inscrição, investigo maneiras para fortalecer ainda mais nossa teia e vibro por uma celebração de orgulho e liberdade em nosso cabaré”, complementa Gussi. O módulo também contará com quatro apresentações de artistas convidadas, dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Paraíba.

Outros módulos

Além dos módulos Conexão Cênica e Cabaré da MADRE, a MCR estará dividida entre a INSTAntes WinMostra (mostra de videoartes, com produção e curadoria do Núcleo 2), o Sarau Pretas PalaBRas (saraus de poesia, performance, contação de histórias e música, produzidos e sob curadoria do Pretas PalaBRas), e a Feira das Rosas de Economia Feminista, Criativa e Solidária (bazar e atividades formativas relacionadas à economia criativa e solidária, com produção e curadoria do Coletivo Primavera nos Dentes).

Serão realizados ainda uma série de encontros, em formato de webinários, em que diferentes convidados irão falar sobre temas relacionados aos módulos da mostra e trocar saberes com o público, e também um bate-papo (atividade fechada) sobre os trabalhos apresentados no Conexão Cênica.

Essa é a quarta edição da Mostra Cênica Resistências. O projeto é realizado por meio do Edital ProAC Expresso Lei Aldir Blanc nº 40/2020 – “Produção e Realização de Festival de Cultura de Economia Criativa com Apresentação Online”, do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

A programação será transmitida pelos canais da Cia. Cênica e dos coletivos parceiros. Mais informações sobre a MCR estão disponíveis em:
ciacenica.com.br/sit/mostraresistencias2021

CONFIRA ABAIXO OS PROJETOS SELECIONADOS E CONVIDADOS:

Módulo Conexão Cênica

Selecionados:

  • “12 Pessoas com Raiva”, com Pandêmica Coletivo Temporário de Criação (Fortaleza/CE, Natal/RN, Rio de Janeiro/RJ e São José do Rio Preto/SP)
  • “A Casatória C’a Defunta”, com Cia. Pão Doce de Teatro (Mossoró/RN)
  • “Onde vc estava quando eu acordei? Um atentado online”, com Avessa Grupa (Aracaju/SE, São Paulo e Boituva/SP e Juiz de Fora/MG)
  • “Amâncio”, com Cia. Trilha de Teatro (Santos/SP)
  • “Birita Procura-se”, com A Casa das Lagartixas (São José dos Campos/SP)
  • “Tudo que coube numa VHS”, com Grupo Magiluth (Recife/PE)
  • “Lança Cabocla | Aparição”, com Tieta Macau – Projeto Lança Cabocla (Fortaleza/CE e São Luís/MA)

Convidados:

  • Pornoshow “O armário normando”, com Núcleo do Olho (São Paulo/SP)
  • “Inimigos”, com COATO Coletivo (Salvador/BA)

Módulo Cabaré da MADRE

Selecionados (exclusivo para São José do Rio Preto):

  • “Pocket Musical Show”, com Muriel
  • “Confessionário Transvestigenere”, com Paola Guchardo
  • “Itinerante”, com Duo Itinerante
  • “Invulgar”, com Uriel Canile
  • “Tarot Dissidente”, com Coletivo Dissidente
  • “LACRE”, com Grupo Mono

Convidadas:

  • Monna Brutal (Guarulhos/SP)
  • Bixarte (João Pessoa/PB)
  • “Montação”, com As Manxs (Rio Claro/SP)
  • “Show Me”, com Vina Jaguatirica e Fredda Amorim (Ouro Preto/MG)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*