Home / Arte / Praça das Artes recebe neste final de semanal o Música Estranha Festival
Música Estranha Festival. Foto: Marcello Vitorino.
Música Estranha Festival. Foto: Marcello Vitorino.

Praça das Artes recebe neste final de semanal o Música Estranha Festival

Festival, que está em sua nona edição, chega à Praça das Artes no próximo dia 19

São Paulo, 16 de março de 2022 – A Praça das Artes recebe neste final de semana, 19 e 20 de março, a nona edição do “Música Estranha Festival”. As apresentações, gratuitas e abertas ao público, são focadas em música exploratória brasileira e em projetos de artes híbridas que permitem que o som dialogue com outras expressões artísticas.





Serão diversas apresentações durante os dois dias de festival, proporcionando ao público um grande leque de opções de artistas, que englobam instalações site specific e performances, promovendo uma intersecção entre o campo das artes visuais, da música e das artes sonoras em projetos criados especialmente para esse evento.

“Desde a primeira edição do festival, sempre buscamos trazer artistas que desafiam os limites da música, propondo novas soluções estéticas. Nesta edição, ampliamos o olhar para incluir obras comissionadas para o festival, propondo sempre um diálogo entre artes visuais e música, mas considerando também a exploração do espaço expositivo, a relação com a arquitetura e a performance”, explica Thiago Cury, curador-chefe do festival.

Ao todo, a Praça das Artes irá receber oito projetos criados especialmente para o festival, como a apresentação “Silêncios”, com performance de Dudu Tsuda e Marcus Bastos, “Contraseña”, de Kiko Dinucci e Fernando Velázquez, e um show imersivo, com a performance de M Takara, Carla Boregas e Dimitri Lima, na Sala de exposições.

Confira a programação completa do festival no site do Theatro.

SERVIÇO
Praça das Artes
19/03 – 18h
20/03 – 16h
A classificação do Música Estranha Festival é livre e gratuita para todos os públicos.
Duração total – 3h (dia 19/03) e 4h (dia 20/03)

SOBRE O COMPLEXO THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO

O Theatro Municipal de São Paulo é um equipamento da Prefeitura da Cidade de São Paulo ligado à Secretaria Municipal de Cultura e à Fundação Theatro Municipal de São Paulo.

O edifício do Theatro Municipal de São Paulo, assinado pelo escritório Ramos de Azevedo em colaboração com os italianos Claudio Rossi e Domiziano Rossi, foi inaugurado em 12 de setembro de 1911. Trata-se de um edifício histórico, patrimônio tombado, intrinsecamente ligado ao aperfeiçoamento da música, da dança e da ópera no Brasil. O Theatro Municipal de São Paulo abrange um importante patrimônio arquitetônico, corpos artísticos permanentes e é vocacionado à ópera, à música sinfônica orquestral e coral, à dança contemporânea e aberto a múltiplas linguagens conectadas com o mundo atual (teatro, cinema, literatura, música contemporânea, moda, música popular, outras linguagens do corpo, dentre outras). Oferece diversidade de programação e busca atrair um público variado.

Além do edifício do Theatro, o Complexo Theatro Municipal também conta com o edifício da Praça das Artes, concebido para ser sede dos Corpos Artísticos e da Escola de Dança e da Escola Municipal de Música de São Paulo.

Sua concepção teve como premissa desenhar uma área que abraçasse o antigo prédio tombado do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo e que constituísse um edifício moderno e uma praça aberta ao público que circula na área.

Inaugurado em dezembro de 2012 em uma área de 29 mil m², o projeto vencedor dos prêmios APCA e ICON AWARDS é resultado da parceria do arquiteto Marcos Cartum (Núcleo de Projetos de Equipamentos Culturais da Secretaria da Cultura) com o escritório paulistano Brasil Arquitetura, de Francisco Fanucci e Marcelo Ferraz.

SOBRE A SUSTENIDOS

Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Sustenidos é a organização responsável pela gestão do Projeto Guri (nos polos de ensino do interior, litoral e Fundação CASA), do Conservatório Dramático-Musical dr. Carlos de Campos – Tatuí e do Complexo Theatro Municipal. Além do Governo de São Paulo, a Sustenidos conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm suporte fiscal da Lei Federal de Incentivo à Cultura e do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir neste link.

Patrocinadores e apoiadores do Theatro Municipal de São Paulo – Sustenidos: Bradesco.
Patrocinadores Institucionais da Sustenidos: Microsoft e VISA.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*