Home / Arte / Ruiy Moura – “Arte, minha vida, meu ar”, por Edmundo Cavalcanti

Ruiy Moura – “Arte, minha vida, meu ar”, por Edmundo Cavalcanti

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

1- Onde você nasceu? E qual sua formação acadêmica?

Nasci em Santos-SP, me criei e me considero do Vale do Paraíba.

(Guaratinguetá-SP) onde me desenvolvi como pessoa e artista.

Sou autodidata, não tenho formação acadêmica!

2- Como e quando se dá o seu primeiro contato com as Artes?

Com a arte conscientemente foi a partir dos 12 anos, com estudos e leituras dos grandes mestres a interagindo com outros artistas.

Ruiy Moura é Artista Plástico.

Ruiy Moura é Artista Plástico.

3- Como surgiu ou você descobriu este dom?

Digo sempre que nasci com lápis e pincéis nas mãos, já desenhava e pintava com lápis de cor e aquarela mesmo antes de ir para a escola primária.

4- Quais são suas principais influências?

Primeiro me apaixonei pelos Mestres Renascentistas, pelos Mestres expressionistas pelos modernistas, pela arte primitiva e pela arte barroca. Fui aprendendo e passeando um pouco por essas influências artísticas e desenvolvendo meu próprio jeito ou estilo com incentivos de amigos artistas. E assim fui desenvolvendo minha arte e me enquadrei ARTE NAIF: onde eu poderia criar livremente minhas obras com tons primitivos modernos barroco contemporâneo.

5- Quais os materiais que você utiliza em suas obras?

Além da pintura sobre tela, o bordado artístico (resgate familiar) como arte têxtil e o papel marché.

6- Como é o seu processo criativo em si? O que te inspira?

É livre nos temas que me inspiram, como folclore e mitos brasileiros, como também nossa religiosidade, lembranças de infância e familiares ou mesmo viajar num mundo onírico ou lúdico. Posso pintar hoje um Santo e amanhã pintar uma tia costureira ou uma cena do folclore, o Naif me proporciona isso.

7- Quando você começou efetivamente a produzir ou criar suas obras?

Nos meados dos anos 70 já pintava e expunha em feiras e praças de São Paulo, a partir dos anos 80 a participar de Salões e coletivas.

8- A arte é uma produção intelectual primorosa, onde as emoções estão inseridas no contexto da criação, porém na historia da arte, vemos que muitos artistas são derivados de outros, seguindo técnicas e movimentos artísticos através do tempo, você possui algum modelo ou influência de algum artista? Quem seria?

Vejam, já quis ser um Gauguin, um Klimt, um Botticelli, um Dalli, Van Gogh, um Di Cavalcanti ou um Guignard e alguns outros. Mas, não tinha como, pois, eles eram o que eram porque foram únicos, como eu sou único e todos estão em mim porque me inspiraram e permearam minha composição como artista. Henri Rousseau queria pintar com seus amigos contemporâneos, mas não conseguia pela sua falta de academismo e mesmo de estética. Foi discriminado e até mesmo ridicularizado por alguns, até que seu amigo Picasso o definiu como Naif (ingênuo), então ele se tornou referência como pai da arte Naif, que já existia como arte, mas não tinha reconhecimento.

9- O que a arte representa para você? Se você fosse resumir em poucas palavras o significado das Artes na sua vida…

“MINHA VIDA, MEU AR”.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

10- Quais as técnicas que você usa para expressar suas ideias, sentimentos e percepção a cerca do mundo? (Se é através da pintura, escultura, desenho, colagem, fotografia… ou usa várias técnicas no sentido de fazer um mix de formas diferentes de arte).

A pintura, o bordado criativo artístico (arte têxtil), para escultura o papel marchê, massas e argilas.

11- Todo artista tem seu mentor, aquela pessoa a quem você se espelhou que te incentivou e te inspirou a seguir essa carreira, indo adiante e levando seus sonhos a outros patamares de expressão, quem é essa pessoa e como ela te introduziu no mundo das artes?

Tenho vários. Um dos primeiros foi Linobaldo Reis amigo e ilustrador da revista Planeta, Ulieno Sicci.

12- Você tem outra atividade além da arte? Você ministra aulas, palestras etc.?

Tenho um Ateliê-loja no Bichinho-MG próximo a Tiradentes. Já dei e dou aulas de papel marché, de bordados, desenho e pinturas, dei formação em tatuagem por ter atuado profissionalmente como tatuador por 28 anos.

13- Suas principais exposições nacionais e internacionais e suas premiações? (Mencione as 5 mais recentes)

  • Binaf – Bienal Naif de Socorro – SP;
  • Bienal Naif do Brasil – SESC Piracicaba – SP;
  • FIAN – Festival Internacional de Arte Naif – GUARABIRA – PA (Prêmio Aquisição);
  • Enanco – Encontro Nacional de Arte Naif de Goiânia – GO;
  • Outros salões com premiações e medalhas.

14- Seus planos para o futuro?

Continuar fazendo arte até o fim!

15- Em sua opinião qual é o futuro da arte brasileira e dos seus artistas? (no contexto geral) e porque tantos artistas estão dando preferência em mostrar seus trabalhos em exposições internacionais apesar dos altos custos?

A Arte Plástica Brasileira tem tido uma retomada produtiva e criativa nesta década e está em expansão, passou por uma dormência ou desânimo por um período (exceção o grafitismo que ganhou as ruas e o mundo). Hoje a vejo viva e atuante, temos muitas exposições e salões acontecendo por todo o Brasil e revelando novos artistas. A arte no Brasil sempre foi pouco incentivada pelos nossos governos, talvez por isso que alguns artistas estão investindo em exposições internacionais para se valorizarem e possuírem um currículo acho válido!

Facebook: Ruiy Moura Ateliê Casa Florida

Instagram: atelieruiymouracasaflorida

.

….

.

Comentários

1- Onde você nasceu? E qual sua formação acadêmica? Nasci em Santos-SP, me criei e me considero do Vale do Paraíba. (Guaratinguetá-SP) onde me desenvolvi como pessoa e artista. Sou autodidata, não tenho formação acadêmica! 2- Como e quando se dá o seu primeiro contato com as Artes? Com a arte conscientemente foi a partir dos 12 anos, com estudos e leituras dos grandes mestres a interagindo com outros artistas. 3- Como surgiu ou você descobriu este…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie a entrevista! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.6 ( 1 votos)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*