Home / Arte / Sérgio Free, Fabio Polesi e Alemão Art se unem na exposição online Regra de Três
Sérgio Free, Fabio Polesi e Alemão Art. Foto: Divulgação.

Sérgio Free, Fabio Polesi e Alemão Art se unem na exposição online Regra de Três

Mostra 360º é disponibilizada gratuitamente e 50% do lucro será revertido para famílias que perderam a renda por causa do Coronavírus. A exposição tem duração de 3 meses – 11 de abril a 11 de julho

Três artistas em busca da medida de uma grandeza que forme uma proporção. Sérgio Free, Fabio Polesi e Alemão Art unem seus estilos e ideais em 19 obras expostas na mostra online Regra de Três, que abre no sábado,11 de abril, uma versão 360º no site regrade3.com. A curadoria é de Kleber Pagú e Fernanda Bueno (@centraldocentro), e a exposição é composta por telas pintadas a seis mãos, que compartilham técnicas, superam a dificuldade do improviso e elevam a criatividade. E nessa mesa redonda, que ao invés de vozes, existem pinturas, também há uma ação social: 50% do valor vendido será doado para a população carente que perdeu a renda por conta do Covid-19.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

“Desse encontro surgiu a provocação de dividir e ocupar o mesmo espaço vazio de forma equilibrada e sinérgica, devendo um interferir livremente na obra do outro, correndo o risco da diluição das características individuais. Uma proposta complexa no universo contemporâneo das artes, no qual, por vezes, a assinatura do artista é mais valiosa que o conteúdo – um recorte da sociedade. Abrir mão do “eu” pelo “nós”, buscar a Regra de Três como proposta de diálogo exigiu dos artistas ensaios a aceitação do outro, não como elemento estranho mas agregador”, comenta o curador.

A ideia surgiu após a participação deles no The Off Project, uma exposição coletiva em Miami, em dezembro de 2019, que acontece no período da Art Basel. Juntos estiveram em um festival de graffiti, visitaram feiras, museus e galerias conceituadas – a partir desse momento, passaram a criar as telas juntos com o objetivo de transformar todo o aprendizado. A exposição acontece em um momento histórico em que a humanidade está sendo marcada pela quebra de grandes paradigmas e o coletivo se mostra essencial. Diante do maior confinamento global já visto, combater o vírus COVID-19 se revela uma das faces dessa reinvenção.

“Espero que as pessoas consigam sentir a energia dos três artistas quando observarem as obras. Queremos criar um novo conceito de fazer arte, de criar como coletivo”, comenta Alemão, que tem como principal inspiração o surrealismo lúdico. Conhecido como Alemão Art, vive de seus desenhos há quase 10 anos, mas antes disso já era professor de artes. Depois de vender quatro trabalhos para um investidor francês, escalou na carreira e já viajou com exposições e pinturas para mais de 30 países.

Para Sérgio Free, reconhecido pelos painéis simbólicos com críticas sociais, essa experiência diz muito sobre o controle do ego. “Essas criações dizem muito sobre nosso aprendizado técnico e nossa evolução, como artistas e humanos mesmo. Estamos colocando em prática o que absorvemos nessa viagem e queremos dividir essas informações com todos”, comenta. Sérgio tem artes espalhadas pelas paredes de São Paulo desde o início dos anos 90. Com o passar dos anos foi se desenvolvendo e em 2012 criou um personagem que interage com cenários urbanos diversos. Já soma 11 exposições, sendo cinco individuais e uma internacional. Entre as mostras, destaca IV Bienal Internacional de Graffiti Fine Art e Memorial da América Latina.

Com mais de 30 anos de carreira, Fabio Polesi já atuou em diversas áreas com seu talento: desde tatuagem, realismo em bico de pena a mosaicos e graffitis. Atualmente foca em Pop Street Art. “Acredito que o cenário da arte vem atingindo novos públicos e mercados. E trazer essa exposição faz parte também desse movimento, a união e novos conceitos”, reflete Poles, que em seu currículo tem exposições em São Paulo, New York, Los Angeles, Miami e Israel. Entre seus trabalhos, destaca um grafitti que fez no MIS-SP, no projeto Parede Viva, no qual foi o primeiro artista a ocupar o espaço.

“Do universo fantástico de cores criado por Alemão Art, surgem seus personagens autorais e deslocados que conquistaram o Louvre. Contrapondo-se ao ícone do humor e símbolo do sonho americano, o Bozo e o Mr. Ronald McDonald de Sérgio Free, aparecem como um homem comum, entediado e decadente que masca chicletes e posa para fotos de fãs que ainda o reconhecem. Fabio Polesi, revela no seu trabalho o frenesi da indústria cultural, ocupada em manter o público entretido com heróis e vilões, histórias clássicas, recortados e colados infinitas vezes, o que nos leva a reflexão sobre a frase do artista “a arte não é crime” ser uma afirmação ou pergunta”, explica Pagu.

SERVIÇO
Exposição online 360º – Regra de Três
Entre 11 de abril e 11 de julho
regrade3.com – acesso com QR CODE

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*