Home / Arte / Como desenvolver uma decoração minimalista para seu apartamento
Foto: Tatiana Syrikova no Pexels.
Foto: Tatiana Syrikova no Pexels.

Como desenvolver uma decoração minimalista para seu apartamento

A decoração minimalista é um estilo que surgiu na década de 1960. Desde então vem conquistando adeptos ao redor do mundo.

Ela provém de uma série de movimentos artísticos, científicos e culturais, que acreditavam que poderiam se expressar apenas com elementos básicos.

O pensamento se expandiu e se tornou um estilo de vida, que influencia também a arquitetura e a decoração, com base na premissa de “menos é mais”.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Os excessos são deixados de lado e o essencial é a palavra de ordem. O objetivo é aliar estética e funcionalidade, com cômodos mais vazios que garantem mais conforto.

O minimalismo também valoriza a qualidade dos espaços, usando uma quantidade menor de móveis e objetos decorativos.

Tudo isso unido a cores neutras, formas geométricas simples, móveis multifuncionais e elementos que não se destacam.

O estilo também preza pela organização, com cada objeto sendo adequadamente colocado em seu local de origem, o que evita excessos e muita informação no ambiente.

O desapego também faz parte da decoração, uma vez que tudo o que não seja útil é descartado.

Neste artigo, vamos dar mais algumas dicas e informações para montar uma verdadeira decoração minimalista.

O que é decoração minimalista?

Poucos e bons móveis, muito espaço, funcionalidade e praticidade são alguns dos objetivos que definem esse estilo mínimo de decorar.

Ela é baseada na sobriedade, então elementos puramente decorativos são praticamente excluídos. Passa longe da extravagância e do excesso, que são substituídos por itens mais simples.

A simplicidade é vista em todo objeto, elemento e móvel, como armários planejados para quarto. Cada um deles tem uma função e uma razão para estar no cômodo.

Assim, os moradores vivem em um local com muito espaço, poucos móveis e poucos acessórios, o que torna a organização muito mais simples.

É uma decoração interessante e atraente, além de muito elegante e cheia de personalidade. Feita com móveis inteligentes e básicos que transformam qualquer apartamento.

Sua marca principal é a ausência total de elementos decorativos, mobiliário simples e valorização do conforto e da comodidade.

Além disso, visa reduzir consideravelmente o número de móveis usados, destacando o que é realmente essencial no dia a dia.

Dentre os seus princípios básicos, estão o predomínio das linhas retas e traçados geométricos. As cores também exercem uma função específica em móveis de fibra sintética e outros tipos.

Elas devem ser escolhidas de acordo com as características de cada ambiente, tudo para facilitar a rotina diária. Quem escolhe esse estilo, tem preferência por tonalidades neutras como branco, preto, azul, bege e suas variações.

São os móveis que exercem função central nesse estilo de decoração. Por isso, eles não devem obstruir espaços, mas precisam facilitar as tarefas.

Todos são escolhidos com base na função central que irão exercer, por isso eles são sempre muito inteligentes e bem projetados. Alguns exemplos são:

  • Cama futon;
  • Puffs;
  • Cabideiros;
  • Aparadores.

Um ambiente clean combina com qualquer projeto estrutural, principalmente em apartamentos, que geralmente possuem um espaço menor. Para esses imóveis, a decoração minimalista traz muitos benefícios.

Vantagens da decoração minimalista

Existem muitas outras maneiras de decorar um imóvel, muitos estilos que trazem conceitos bem diferentes da decoração minimalista.

Mas quem a escolhe, tem acesso a vantagens como:

Cômodos mais funcionais

A decoração minimalista torna os cômodos mais funcionais, porque evita acúmulos desnecessários.

Além disso, aposta em itens fundamentais que trazem funcionalidade para cada ambiente do apartamento.

Propõe uma ocupação mais inteligente de cada espaço, priorizando o conforto e áreas livres para circulação.

Mais qualidade menos quantidade

O minimalismo valoriza a qualidade de cada peça que compõe a decoração. Isso quer dizer que não se investe em vários itens de baixo padrão, mas a utilização de móveis e acessórios em pouca quantidade, mas de alta qualidade.

Os móveis e outros itens, como envidraçamento de varanda possuem acabamento primoroso e longa durabilidade. Isso traz mais sofisticação para os cômodos.

Aspecto mais clean

O aspecto clean dos ambientes garante espaços mais práticos e modernos, sem excessos. Isso facilita o dia a dia em várias atividades, além de ajudar até na hora da limpeza.

Espaços bem aproveitados

Apartamentos são imóveis que, geralmente, possuem espaço menor e, por isso, sua decoração e mobília precisam ser pensadas com cuidado.

Uma empresa de móveis planejados pode ajudar nesse momento, uma vez que esses móveis são pensados para valorizar os espaços.

Juntamente com a decoração minimalista, os cômodos serão ainda mais valorizados e bem aproveitados.

Ambientes mais versáteis

Mais do que ter uma estética limpa, harmoniosa e leve, esse estilo confere mais versatilidade ao imóvel.

Os ambientes contam com poucos elementos e cores sempre discretas, por isso, é possível ousar um pouco mais nos detalhes. Isso não vai causar uma poluição visual e todos os itens são fáceis de combinar entre si.

Estilo de vida mais econômico

É possível ter uma bela decoração, sem estourar o orçamento. O minimalismo é uma alternativa bonita e econômica.

Basta ter bom gosto e saber escolher peças simples, de boa qualidade e acessíveis. Tudo porque a beleza da decoração minimalista está na delicadeza, na discrição e longe de ostentações exorbitantes.

Mais facilidade na hora de limpar

Pelo fato de manter apenas peças úteis em sua composição, o imóvel se torna muito mais prático na hora de limpar e organizar.

Também não vai acumular muita poeira, tendo uma higienização muito mais prática e rápida.

Além disso, gasta-se menos com a manutenção de móveis ou até sua substituição, pois essa decoração valoriza a qualidade de cada item.

Dicas para decoração minimalista de apartamentos

Depois de saber o que é e conhecer suas principais vantagens, trazemos algumas dicas que podem ser aplicadas nos apartamentos.

São elas:

1 – Cores neutras

As cores usadas na decoração minimalista são neutras, ou seja, nada de móveis, tapetes, cortinas e outros objetos decorativos coloridos ou em cores muito fortes.

Algumas das mais usadas são:

  • Branco;
  • Bege;
  • Cinza;
  • Preto.

No entanto, pequenos pontos de cores podem ser usados, principalmente se a decoração for destinada a um quarto mais infantil, por exemplo. De qualquer forma, são as cores neutras que devem ser priorizadas.

Em uma pequena sala de leitura, por exemplo, pode-se usar um sofá sob medida branco, uma pequena mesa de centro preta e um tapete branco.

2 – Móveis essenciais

Quando pensamos em um quarto, quais são os móveis essenciais que vêm a nossa mente? Com certeza uma cama, um guarda-roupa e um criado-mudo.

Tendo mente outros estilos de decoração, este mesmo quarto teria uma poltrona e uma mesa com objetos decorativos, como porta-retratos, um abajur, quadros, etc.

Na decoração minimalista não cabe tanta coisa. Uma dica é apostar em uma cama resistente e confortável, um tapete em cores neutras, um pequeno criado-mudo e um guarda-roupa.

O abajur pode entrar, uma vez que além de decorar ele possua uma função específica.

3 – Valorização da luz natural

Valorizar a entrada da luz do sol é recomendável em qualquer estilo, assim como uso de tinta acrilica economica. A luz solar é muito importante para um apartamento por vários motivos.

Primeiro, porque ela evita problemas como mofo, bem como renova o ar que circula no imóvel.

Além disso, a luz solar promove economia de energia, uma vez que as luzes não precisarão ficar acesas durante o dia.

A luz natural tem tudo a ver com a decoração minimalista. Por isso, móveis e objetos que atrapalhem o acesso às janelas e a entrada dos raios solares, são descartados.

4 – Móveis de qualidade

Uma das prioridades da decoração minimalista é a qualidade de móveis modulados e qualquer outro tipo. Qualidade é uma de suas vertentes, enquanto passa longe da quantidade.

Pensando nisso, na hora de escolher os móveis que irão compor o apartamento, é fundamental que eles tenham qualidade comprovada.

A durabilidade é importante e faz com que o morador invista uma única vez na mobília do apartamento.

Para o minimalismo, os móveis só devem ser trocados se o morador quiser acompanhar as tendências ou mudar seu estilo de decoração.

Conclusão

Decorar um apartamento pode ser um desafio, tendo em vista que seus espaços são bem reduzidos perto de uma casa, por exemplo. Mas quando se pensa no menos é mais, fica muito mais fácil.

Não é porque o espaço é pequeno que ele não pode ser bem pensado e se tornar um ambiente aconchegante, bonito e confortável.

É preciso ter em mente que conforto nada tem a ver com a quantidade de coisas que temos dentro de casa, mas sim a qualidade delas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Comentários

decoração minimalista é um estilo que surgiu na década de 1960. Desde então vem conquistando adeptos ao redor do mundo. Ela provém de uma série de movimentos artísticos, científicos e culturais, que acreditavam que poderiam se expressar apenas com elementos básicos. O pensamento se expandiu e se tornou um estilo de vida, que influencia também a arquitetura e a decoração, com base na premissa de “menos é mais”. Os excessos são deixados de lado e o essencial é a palavra de ordem. O objetivo é aliar estética e funcionalidade, com cômodos mais vazios que garantem mais conforto. O…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie o artigo! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.9 ( 1 votos)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*