Home / Arte / Decoração e design de interiores: qual a diferença?

Decoração e design de interiores: qual a diferença?

Qual é a diferença entre decoração e design de interiores? Embora os termos possam ser difusos e encontremos elementos comuns, esses dois termos não são a mesma coisa.




A necessidade do homem de tornar a sua casa mais confortável e adaptá-la de acordo com os seus gostos vem desde que as paredes das cavernas foram decoradas com tintas.

No momento em que a habitação é mais do que um refúgio, a nossa capacidade criativa inata faz com que valorizemos o aspecto da casa, dedicando-lhe atenção e esforço de acordo com os gostos de cada um, fazendo com que uma casa seja um lar.

Agora, contar com o aconselhamento de profissionais que nos ajudem a encontrar-nos mais à vontade na nossa casa é sempre uma boa ideia, pois muitos elementos e ideias que passam despercebidos para a maioria são levados em conta por um profissional, tanto de forma individual como dentro do conjunto do design.




Mas o que precisamos, um designer de interiores ou um decorador? Bem, depende do que queremos fazer e conseguir no espaço em que trabalhar.

Assim sendo, para ajudar você a entender mais sobre a diferença entre decoração e design de interiores, nós preparamos o artigo de hoje sobre o assunto. Quer saber mais? Então acompanhe agora mesmo!

Qual a diferença entre decoração e design de interiores?

Quando um decorador entra em um espaço, ele estuda a luz, como ela entra e como ela afeta esse espaço, a disposição dos móveis e outros elementos, bem como os materiais e tecidos que esse espaço já tem.

Sua função é vestir esse espaço, reorganizá-lo, conseguindo um determinado ambiente para espaços já definidos.



No entanto, o designer de interiores trabalha principalmente na modificação e distribuição do espaço, mudando assim toda a imagem.

Você pode mudar a distribuição eliminando paredes, modificando as instalações, escolhendo novos materiais… Por esta razão, ele não estuda o espaço que se encontra, pois ele mesmo cria um novo espaço.

Vemos que, embora o objetivo seja o mesmo: aproveitar ao máximo as possibilidades do espaço potenciando as vantagens e eliminar ou disfarçar as desvantagens, eles não trabalham da mesma forma ou com os mesmos materiais.

O designer de interiores procura a melhor solução para conseguir um ambiente habitável pensando não só na estética, mas também na funcionalidade, oferecendo soluções práticas. O Design de Interiores é um ponto intermediário entre a Arquitetura e a Decoração.

Um decorador interpreta esses ambientes e os molda à sua maneira para refletir um estilo, que depende muito do cliente ou do projeto.

É verdade que, apesar das suas diferenças, a decoração e design de interiores estão ligados. Por esta razão, os decoradores entendem de design de interiores e os designers de interiores entendem de decoração.

3 elementos que diferenciam a decoração e design de interiores

1 – Definição

A decoração é definida como a arte que estuda a combinação de elementos ornamentais e a acomodação do espaço interior. Por outro lado, o design de interiores é definido como a arte de acondicionar e decorar os espaços interiores da arquitetura.

Assim, já podemos ver que o design de interiores é mais profundo do que a decoração, pois entra no âmbito da arquitetura.

Receba Dicas de Decoração em nosso grupo no Whatsapp!
*Só nós postamos no grupo, então não há spam! Pode vir tranquilo.

2 – Funções

Basicamente, em termos de definições, um decorador é aquele que se dedica a “vestir” o espaço, é responsável por estudar e reorganizar as cores, texturas, luz e mobiliário do lugar.

Inscreva-se para receber as Novidades de Decoração primeiro!

Em vez disso, o designer de interiores tem uma função mais transcendental.

Tem a responsabilidade de mudar a distribuição do local, movendo e jogando paredes, trocando instalações e escolhendo novos materiais. Ou seja, não estamos diante da intenção de “vestir” o lugar, mas de criá-lo ou mesmo de recriá-lo.

Da mesma forma, em muitas ocasiões é confundido com a profissão do arquiteto. A discordância entre os dois está em que os designers de interiores se dedicam, como o nome indica, aos interiores dos espaços, e os arquitetos diretamente ao oposto, exteriores.

3 – Envolvimento no projeto

Outro aspecto em que podemos diferenciar os campos decoração e design de interiores é que geralmente um designer de interiores se envolve com o arquiteto no projeto desde o início.

Assim, o decorador não participa na construção da obra. O design de interiores é, portanto, um ponto intermediário entre a arquitetura e a decoração.

Desta forma, vemos que embora o objetivo de ambas as disciplinas seja o mesmo, estas não trabalham da mesma forma ou com os mesmos recursos.

Relacionados:

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*