Home / Arte / Verve Galeria inaugura individual de Angella Conte

Verve Galeria inaugura individual de Angella Conte

“Fiz daqui o meu lugar” exibe colagens, esculturas e uma videoinstalação que abordam, sob um ponto de vista comportamental, a ação do homem no meio ambiente.

A Verve Galeria exibe “Fiz daqui o meu lugar”, da artista visual Angella Conte, com curadoria de Marcio Harum. Sua primeira individual na galeria apresenta 30 obras – colagem, escultura e videoinstalação -, nas quais aborda a forte presença da ação do homem com relação ao meio ambiente, não com pensamento ativista, mas sim comportamental. Em sua pesquisa, o ser humano é protagonista, e o tempo evoca seu entorno, a paisagem e a memória.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

O foco da pesquisa de Angella Conte gira em torno do comportamento humano, suas ações, o meio e o cotidiano. “É um exercício de observação, um olhar sobre os objetos ao meu redor; sobre a cidade, seus entulhos; sobre as pessoas que deixam marcas nos objetos, nas cidades, no campo e na natureza”, comenta a artista. Pautada em histórias, trocas e resquícios, surgem as questões que dão corpo a sua produção artística: “Geralmente elejo um assunto que me incomoda ou que me atrai e parto para materializar o projeto, independente do suporte. O resultado pode ser objeto, fotografia, instalação, vídeo, intervenção ou performance. Para mim não importa o suporte, o que importa é como a mensagem que quero transmitir chegará ao fruidor”, explica.

Angella Conte acredita que processo criativo e disciplina são sinônimos, pois, diariamente, a artista se debruça sobre o trabalho e determina mecanismos para aguçar seu olhar sobre o entorno, sobre pequenos detalhes do cotidiano, a fim de transformar tudo isso em arte. Nos dizeres da artista: “Faz parte do meu processo de construção reaproveitar materiais, e os objetos com os quais trabalho são objetos que encontro ou que me encontram e estão relacionados com o meu cotidiano, com o simbólico deste cotidiano. Assim como imagens provenientes deste cotidiano que formam um arquivo a serem usadas posteriormente”. Neste sentido, a obra “Delicadeza dos dias” utiliza um conjunto de 13 trabalhos produzidos na Holanda, em 2015, para formar uma nova colagem, na qual imagens de paisagens sobrepostas, sempre em corte reto, mesclam as estações do ano e a vegetação daquele país.

Tema recorrente em sua produção, a artista investiga a condição do ser humano que transita entre o desejo e a falta, e o dilema que surge diante de inúmeras oportunidades. “Nada jamais é permanente ou parado, existe um processo de investigação, uma forma de abordar o mundo não como uma série de verdades precisas, mas em termos de questões e possibilidades”, afirma a artista.

Exposição: “Fiz daqui o meu lugar
Artista: Angella Conte
Curadoria: Marcio Harum
Coordenação: Allann Seabra e Ian Duarte Lucas
Abertura: 2 de abril de 2019, terça-feira, às 19h
Período: 3 de abril a 4 de maio de 2019
Local: Verve Galeria www.vervegaleria.com
Endereço: Rua Lisboa, 285 – Jardim Paulista, São Paulo – SP
Telefone: (11) 2737-1249
Horários: Terça a sexta-feira, das 11 às 19h / Sábado, das 11 às 17h
Número de obras: 30
Técnicas: Colagem, escultura e instalação
Dimensões: Variáveis
Preços: R$ 2.500,00 a R$ 40.000,00

.

Assessoria de Imprensa
Balady Comunicação – Silvia Balady/ Zeca Florentino

Tel.: (11) 3814.3382 | 11 99117-7324 – contato@balady.com.br

Angella Conte

Natural de Jaboticabal/SP, vive e trabalha em São Paulo/SP. Formada em psicologia, realizou diversos cursos relacionados à arte, entre 2002 e 2010. Participou das residências artísticas Cevalor- Centro Tecnológico Aproveitamento e Valorização das Rochas Ornamentais e Industriais Borba-Portugal (2005-2006), LSC- Leitrim Scupture Centre- Manorhamilton – Irlanda (2007), Casa Jasmim Andaluz-Lisboa, Portugal e Quarteirão das Artes-Montemor-o-Velho – Portugal (2012). Possui obras em diversos acervos públicos em Portugal, Irlanda e no Brasil. Ganhou prêmios como 12º Salão Paulista de Arte Contemporânea – prêmio aquisição Secretaria da Cultura de SP (2008), 62º Salão de Abril – Bolsa de Incentivo – Secretaria da Cultura de Fortaleza – CE (2011), e XIV SAMAP – prêmio aquisição-Secretaria da Cultura de João Pessoa – Paraíba (2012), entre outros. Participou de inúmeras mostras coletivas entre 2005 e 2019, no Brasil, em Portugal, Cuba, Espanha, Islândia, Estados Unidos, Bélgica, Inglaterra, Rússia e Alemanha. Desde 2000, apresentou seu trabalho em diversas mostras individuais no Brasil e no exterior.

Verve Galeria

A Verve é uma galeria de arte contemporânea fundada em São Paulo, em 2013. Em seus espaços, tem à frente o artista visual Allann Seabra e o arquiteto Ian Duarte Lucas, e transita por diversos meios e linguagens. Nascida do entusiasmo e inspiração que animam o espírito da criação artística, a Verve Galeria é abrigo para diferentes plataformas de experimentação contemporânea. A eloquência e sutileza que caracterizam seu nome também estão presentes na cuidadosa seleção de artistas e projetos expositivos. Por entender que as linguagens artísticas são processos contínuos e complementares, representa novos talentos e profissionais consagrados que transitam livremente entre a pintura, fotografia, escultura, vídeo, site in situ, site-specific, gravura e o street art. A galeria ocupa uma casa centenária, e na diversidade de seus espaços expositivos emergem possibilidades de curadoria que vão além do tradicional formato do “cubo branco”. Ao abrir-se para a rua, estabelece franco diálogo com o patrimônio construído de São Paulo, cumprindo a função integradora entre a arte, o público e a cidade. Busca ir além da venda direta de arte, promovendo mostras regulares, palestras e workshops, assim como o intercâmbio e parcerias com artistas e galerias no Brasil e no exterior.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*