Home / Arte / Fundação Cultural e cineastas assinam contrato para produção de filmes
Assinatura do Contrato do Fundo Audiovisual. Foto: Cido Marques.

Fundação Cultural e cineastas assinam contrato para produção de filmes

Os produtores curitibanos cujos projetos foram selecionados pelo edital “Produção Audiovisual FSA/FCC 2017” assinaram na tarde desta terça-feira (5/12), na sede da Fundação Cultural de Curitiba, os contratos que garantem o repasse de R$ 2,7 milhões para a realização de filmes em diversas categorias.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

“Esse edital especificamente consolida o forte relacionamento entre a Fundação e o Audiovisual em Curitiba. Mostra a qualidade dos projetos que a classe vem trazendo para julgamento nas comissões”, avalia o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcelo Cattani.

O edital foi lançado no final de julho, marcando a retomada dos investimentos do Fundo Municipal de Curitiba – neste caso, em parceria com o Fundo Setorial de Audiovisual do Ministério da Cultura, que fez o aporte de R$ 1,5 milhão. Foram contemplados 17 projetos de filmes de longa-metragem, documentário e curtas-metragens.

No processo de seleção, os projetos passaram por três etapas de análise: fase de validação das inscrições, análise de mérito e avaliação documental. O mérito das propostas foi avaliado pelo Grupo de Análise Técnica, formado por especialistas convocados exclusivamente para o edital. Suas decisões foram depois ratificadas pela Comissão do FMC.

A produtora Ana Catarina Lugarini teve seu projeto de curta-metragem contemplado pelo edital. É a primeira vez que participa como produtora e ela destaca a relevância desse apoio da Prefeitura. “É muito válido a Fundação Cultural aprovar projetos diferenciados, de produtoras mais diversificadas. Isso só enriquece o cenário do audiovisual, então estou bem feliz”, afirma.

O diretor de cinema Guto Pasko vê o edital como uma possibilidade de trazer recursos federais para a cidade. “É muito importante porque, muito mais do que dobrar os recursos para o setor de audiovisual de Curitiba, ajuda a potencializar a nossa produção, fazendo com que os produtores consigam trazer depois recursos de linhas específicas do Fundo Setorial”, explicou o diretor, que assinou contrato para produzir um telefilme sobre o processo de manutenção das tradições e raízes culturais. O projeto será filmado no Brasil e na Ucrânia.

Neste ano, além do Edital do Audiovisual, a Fundação Cultural de Curitiba lançou os editais do Carnaval 2018 e do Paiol Musical, também já finalizados e contratados. Foram liberados R$ 1 milhão para as escolas de samba e blocos carnavalescos prepararem o desfile do próximo ano e R$ 300 mil para 18 projetos de shows musicais da próxima temporada do Teatro do Paiol.

Nos próximos dias serão abertas as inscrições para mais 10 editais do Fundo Municipal da Cultura, no valor total de R$ 3,2 milhões, abrangendo diversas áreas artísticas: Ocupação do Auditório Antonio Carlos Kraide, Dança – Solar 2018, Ocupação de Espaços Expositivos, Teatro do Piá – Temporada 2018, Circo da Cidade, Autoria Compartilhada e Bases Temporárias – Centro de Criatividade de Curitiba, Folclore e Tradições Culturais, Difusão Cultural e Artística dos Núcleos Regionais da FCC, Publicação 2018 – Quadrinhos e Ações de Incentivo à Leitura – Literatura.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*