Home / Arte / Sessão Philos exibe “A Influência da Geração Beat”, “Charlie Hebdo” e “Infra” no dia 8 de janeiro
Documentário Charlie Hebdo. Foto: Divulgação.

Sessão Philos exibe “A Influência da Geração Beat”, “Charlie Hebdo” e “Infra” no dia 8 de janeiro

Sexta-feira, às 13h, no + Globosat

A Sessão Philos exibe no dia 8 de janeiro, sexta-feira, às 13h, três produções no +Globosat: “A Influência da Geração Beat”, filme que mostra como a amizade de Jack Kerouac, Allen Ginsberg e William Burroughs originou este movimento literário; “Charlie Hebdo”, documentário que traça um breve perfil das vítimas, além de um histórico da publicação que há mais de 40 anos combina arte satírica com o jornalismo; e “Infra”, espetáculo criado para o Royal Ballet que retrata a vida sob a superfície da cidade. A Sessão Philos conta com reprises aos domingos (8h), terças (2h) e quintas (6h).

NOVA DATA E HORÁRIO: Sextas, às 13h

REPRISES: Domingos (8h), terças (2h) e quintas (6h)

08/01 – “A Influência da Geração Beat”, “Charlie Hebdo” e “Infra”

Sessão Philos no +Globosat

A Sessão Philos leva para o canal +Globosat uma seleção dos melhores documentários sobre arte, história, música, atualidades, ciência, povos e culturas. Todas as produções exibidas fazem parte da grade do Philos.

Sobre o Philos

Criado pela Globosat, o Philos não é um canal tradicional. Com um vasto acervo que reúne os melhores documentários e espetáculos inesquecíveis, Philos está disponível no modelo de subscription video on demand (SVOD), em que o espectador escolhe o momento e o conteúdo que deseja assistir, quantas vezes quiser, por meio de uma assinatura. Com produções de altíssima qualidade, Philos reúne documentários sobre arte, ciência, história, atualidades, música, povos e culturas; debates e entrevistas; e espetáculos de dança e música – tudo em alta definição (HD). Para ter acesso ao Philos, é necessário contratar o serviço através de uma operadora de TV por assinatura que ofereça o pacote (GVT e NET, R$ 19,90 mensais) ou pela Globo.com (R$ 21,90 mensais), que dá acesso a todo o acervo. Os conteúdos podem ser assistidos na TV (usando o decoder da operadora), no computador – pelo site www.philos.tv – ou em apps para iPhones, iPads e dispositivos Android.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*