Home / Arte / Arquitetura modernista e paisagem fabril são temas de seminário sobre preservação do patrimônio
Vista área da antiga fábrica de cerveja Atlântica, no bairro Rebouças. Foto: Acervo Casa da Memória.

Arquitetura modernista e paisagem fabril são temas de seminário sobre preservação do patrimônio

A paisagem fabril e ferroviária e os exemplares modernistas da arquitetura de Curitiba, dois assuntos relevantes sobre a preservação do patrimônio da cidade, são os temas do seminário Desafios da Preservação: paisagem fabril e arquitetura moderna, que acontece nesta quinta-feira (13/09), às 14h, no Memorial de Curitiba.

Promovido pela Fundação Cultural de Curitiba, por meio da Diretoria do Patrimônio, e com apoio da Universidade Federal do Paraná (UFPR), o Seminário integra a 13ª reunião do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (CMPC), e o objetivo é debater experiências e estratégias de preservação de bens culturais fabris e modernos. O evento é aberto ao público, em especial a acadêmicos das áreas de Arquitetura e Urbanismo e História.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

“Tanto a paisagem fabril e ferroviária, quanto a preservação da arquitetura moderna são temas que, futuramente, deverão ser discutidos no âmbito do Conselho em processos próprios, pois trata-se de bens listados como Unidades de Interesse de Preservação que deverão ser analisados”, destaca Ana Cristina de Castro, presidente da FCC e também do Conselho do Patrimônio.

Para o seminário foram convidados professores destacados nacionalmente em cada uma destas áreas de estudo para a realização das palestras. São profissionais de relevância em suas respectivas instituições de ensino, autores de trabalhos publicados nos temas mencionados e responsáveis pela orientação de teses, dissertações e projetos de pesquisa.

Palestrantes

Para abordar a paisagem fabril e ferroviária foi convidada a professora Dr.ª Manoela Rossinetti Rufinoni, do Departamento de História da Arte e do Programa de Pós-graduação em História da Arte da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Formada em Arquitetura e Urbanismo, a professora é doutora e mestre em História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo, especialista reconhecida em estudos do patrimônio fabril e ferroviário, autora de livros premiados e de mais de 40 trabalhos publicados entre livros, artigos e resenhas.

Já a professora Dr.ª Sylvia Fischer, do Departamento de Teoria e História da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília (UNB), é quem vai falar sobre a importância da preservação de exemplares modernos da arquitetura.

Fischer realiza pesquisa e orienta trabalhos nas áreas de arquitetura eclética e moderna. Formada em Arquitetura e Urbanismo pela USP, a professora é mestre em Preservação Histórica pela Columbia University, Nova York, doutora em História Social pela USP e tem pós-doutorado em Sociologia na École des Hautes Etudes em Science Sociales, de Paris. Entre seus trabalhos publicados está Os arquitetos da Poli, que recebeu, em 2005, o prêmio Clio da Academia Paulistana de História.

Serviço
Seminário Desafios da Preservação: Paisagem Fabril e Arquitetura Moderna
Data: quinta-feira, 13 de setembro, a partir das 14h
Local: Memorial de Curitiba – Teatro Londrina
Rua Claudino dos Santos, 79
Entrada franca

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*