Home / Arte / Para comemorar com muita cultura e animação

Para comemorar com muita cultura e animação

Casa Museu Eva Klabin completa 27 anos em agosto e divulga programação gratuita, com diversas atrações nos dias 13 e 20 de agosto. No primeiro sábado, show de Pedro Miranda

A Casa Museu Eva Klabin preparou uma programação especial para comemorar os 27 anos do museu, instalado na bela casa situada no bairro da Lagoa, zona sul carioca. Nos sábados 13 e 20 de agosto, será possível aproveitar shows, oficinas, atividades culturais infantis, além da tradicional visitação aos ambientes da Casa Eva, chamada assim por seus frequentadores. Com ares de festa, os eventos serão gratuitos, mas precisam ser reservados através do site www.evaklabin.org.br. O público poderá colaborar com valores que escolher, caso queira, contribuir para as atividades culturais e educativas da instituição.




PEDRO MIRANDA, DETETIVES NO MUSEU, VISITAÇÃO E OFICINA DE TEATRO DE SOMBRAS. FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE VAI ROLAR NO PRIMEIRO SÁBADO DE ANIVERSÁRIO DA CASA MUSEU EVA KLABIN

No dia 13, sábado, as atividades têm início às 14h com as visitas à coleção da Casa Museu Eva Klabin, que abrange 4000 anos de história da arte. Outro tour pelo local terá início às 16h. Também às 14h, será oferecida a “Oficina de Teatro de Sombras”. A atividade é inspirada na arte que surgiu na Ásia. Nela, os participantes interpretam narrativas através de uma tela iluminada, sendo sombra e luz os principais elementos para a criação e apresentação de histórias. “Detetives no Museu”, que faz sucesso com o público, vai acontecer às 15h. Na brincadeira educativa, crianças, jovens e adultos são levados à uma aventura com decifração de enigmas, investigação de pistas e uma viagem pelo acervo de obras de arte da Casa Museu Eva Klabin.




A cereja do bolo pelos 27 anos da Casa Museu Eva Klabin, mantendo a tradição musical da Casa Eva Klabin, que tem a produção de Neném Krieger, é conhecido pelos cariocas, respeitado no meio sambista, premiado e dono de um bom humor cativante. Pedro Miranda, cantor e compositor, apresenta show intimista, voz e violão, no jardim do espaço. No repertório, canções de “Da Gávea para o mundo”, álbum recém lançado pela Biscoito Fino em 2021. E, claro, um repertório vasto e conhecido. 

Já faz quase 25 anos que a Lapa voltou a ser associada ao bom samba e ser o destino de diversas rodas do gênero, em bares espalhados pela região. Pedro Miranda é um dos responsáveis por esse feito. Foi por lá, no Bar Semente, que ele começou a despontar ao lado da cantora e compositora Teresa Cristina e do grupo Semente. Desde então, já se apresentou com diversos pesos pesados da música brasileira e foi responsável por contribuições importantes para o samba carioca e brasileiro. No show que vai mostrar gratuitamente na Casa Museu Eva Klabin, além da voz e do violão, Miranda trará suas percussões e um pedal de looping. O público vai ouvir algumas das canções do novo álbum, como as composições do músico, “Vontade de sair” (com Cristóvão Bastos), “Pó Pará” (com João Cavalcanti) e “Desengaiola” (com Alfredo Del-Penho). Além de “Umbigo”, parceria de Cézar Mendes e Arnaldo Antunes. Uma novidade é a canção “Atlântica Senhora”, composta recentemente em parceria com Cristóvão Bastos, inspirada na natureza exuberante do Parque da Cidade.  Outras músicas, que formaram um repertório afetivo de estudo do violão durante o isolamento social, integram o show, como “Nada de novo” (Paulinho da Viola), “Futuros amantes” (Chico Buarque), “Blackbird” (Lennon e McCartney), “Rosa” (Pixinguinha), “Paratodos” (Chico Buarque), entre outras. Além de sucessos da carreira do cantor, como “O samba é meu dom” (Wilson das Neves e Paulo Cesar Pinheiro), “Samba de Dois-dois” (Roque Ferreira) e “Santo Amaro” (Luiz Cláudio Ramos, Franklin da Flauta e Aldir Blanc). 

O novo projeto do músico surgiu em outubro do ano passado, com ensaios abertos no Parque da Cidade. Os encontros se tornaram um alívio durante a reabertura da cena cultural, com a pandemia já sob controle. A céu aberto, com música boa e clima agradável, o evento já entrou para o calendário cultural da cidade. Já apareceram por lá para dar uma canja com Pedrinho, nomes como Teresa Cristina, Moacyr Luz, Alfredo Del-Penho, Zé Renato, Bem Gil, Moreno Veloso e João Cavalcanti. Em 2021, além de lançar “Da Gávea Para o Mundo”, Pedro recebeu o Prêmio Multishow. Em uma categoria denominada “Homenagem Especial”, foi destacado pelo cantor e compositor, Jorge Aragão, em uma carta, o relevante fato de Miranda “não ter deixado a música parar”. Outro troféu recebido pelo músico, foi o Prêmio da Música Brasileira na categoria “Melhor CD de Samba”, por “Samba Original”, em 2017. 

E para finalizar o dia de comemoração, não menos importante, o Café Épico vai estar presente no aniversário da Casa Museu Eva Klabin, oferecendo um brunch nos jardins de Burle Marx entre 10h e 14h. Há a possibilidade de reservar mesa para o brunch às 10h através do instagram @epicocafeteria ou do whatsapp (21) 99500-7031.

Receba Notícias de Exposições e Eventos em geral em nosso grupo de Whatsapp!
*Só nós postamos no grupo, então não há spam! Pode vir tranquilo.

Serviço: 

FESTA DE ANIVERSÁRIOCASA MUSEU EVA KLABIN 

Sábado, 13 de agosto – Entrada Gratuita

Atividades: 

Visitas à Casa Museu Eva Klabin – 14h e 16h

Oficina de teatro de sombras – 14h

Detetives no Museu – 15h

Pedro Miranda (Voz e Violão) – Show de Aniversário da Casa Museu Eva Klabin – 17h 

Classificação: Livre

Brunch no jardim – Café Épico – 10h às 14h.

CASA MUSEU EVA KLABIN | AV. EPITÁCIO PESSOA, 2480 | LAGOA | RJ | TEL (21) 3202-8550 CULTURA@EVAKLABIN.ORG.BR | WWW.EVAKLABIN.ORG.BR

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*