Home / Arte / “Vozes da Alma”, exposição em cartaz no Museu da República, disponibiliza catálogo para acessar online e baixar gratuitamente
Fotógrafa - Celyse Sasse.

“Vozes da Alma”, exposição em cartaz no Museu da República, disponibiliza catálogo para acessar online e baixar gratuitamente

Para consultar online: issuu.com/olivierboels/docs/catalogo_vozes_da_alma
Para baixar: bit.ly/CatalogoVozesdaAlma

Em 28 páginas, o catálogo apresenta a exposição por meio de tocantes depoimentos dos artistas, textos acerca dos trabalhos desenvolvidos para a realização da mostra e de acessibilidade, para pessoas surdas, além de 17 fotos impressas, em alta resolução. Visitantes da mostra recebem, gratuitamente, uma cópia impressa do catálogo para levar pra casa.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Sob coordenação geral de Nísia Sacco e curadoria do fotógrafo sem fronteiras Olivier Boëls, Vozes da Alma promove uma experiência inédita aos brasilienses. Com visitas orientadas pelos seis fotógrafos, participantes da mostra, acompanhados de intérpretes em Libras, é dada, aos visitantes, a oportunidade de compreender a vivência e universo de pessoas surdas, a partir dos trabalhos expostos e de depoimentos dos próprios artistas.

As 60 fotos, de autoria de Celyse Sasse, Elise Milani, Flávia Pompeu, Jacson Vale, Johnnatan Albert e Nubia Laismann, mostram o olhar e entendimento que estes fotógrafos têm do mundo, bem como as experiências de vida que consideraram relevante compartilhar. O projeto tem financiamento do FAC, Fundo de Apoio à Cultura do DF, conta com as parcerias do Surdofoto, Oca do Sol, Ashram Photo, Maleta Cultural e Fenae e gera 20 empregos diretos.

Barreiras sociais, linguísticas e comportamentais podem ser superadas com a interação e respeito entre surdos e ouvintes, “por meio da fotografia, que é pura visualidade e comunicação, é possível compreender as concepções do mundo no olhar das pessoas surdas”, acredita Olivier Boëls. O visitante encontrará na exposição depoimentos de vida, que contam o que sentem, “são relatos pessoais de quem cresce e vive em um mundo que, por vezes, os desconsidera”, comenta Nísia Sacco.

Como atividade formativa, a mostra realiza, dias 15 e 16 de maio, duas rodas de conversa abertas a gestores e produtores culturais, bem como a toda a comunidade, quando serão debatidas formais mais efetivas de promover acessibilidade para pessoas surdas em todos os âmbitos. Ambas acontecem a partir das 19h, com entrada franca, e contarão com as presenças dos artistas da exposição e interpretes de Libras, com experiência em projetos culturais.

Ainda mais inclusivo

Hoana Gonçalves, aluna de Artes Visuais pela UnB, se juntou à mostra onde apresenta seu premiado trabalho de fotografia para cegos, afim de que este público tenha acesso. Deste modo, a mostra exibe versões táteis de trabalhos dos artistas surdos. Monitores capacitados conduzirão a visitação de cegos e cegos-surdos pela exposição.

Fotos de divulgação: bit.ly/FotosVozesdaAlma
Catálogo da exposição:
Para consultar online: issuu.com/olivierboels/docs/catalogo_vozes_da_alma
Para baixar: bit.ly/CatalogoVozesdaAlma

Serviço:
Exposição: Vozes da Alma
Local: Museu Nacional da República (Lote 02 Setor Cultural Sul próximo à Rodoviária do Plano Piloto)
Fotógrafos: Celyse Sasse, Elise Milani, Flávia Pompeu, Jacson Vale, Johnnatan Albert e Nubia Laismann
Visitação: até 2 de junho, de terça a domingo, das 9h às 18h30.
Entrada franca e livre para todos os públicos
Grupos interessados em visitar a exposição, podem agendar através do e-mail museunacional@cultura.df.gov.br

.

Roda de Conversa com os artistas
Dia 15 de maio, às 19h – no Auditório do Museu. De graça

Roda de conversa com Thalita Araújo e Lenilson Costa
A arte em Libras: entre acessos e silenciamentos
Dia 16 de maio, às 19h – no Auditório do Museu. De graça

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*