Home / Arte / Exposição “O Poeta Voador, Santos Dumont” promove nova exibição de documentários dedicados ao inventor brasileiro, em agosto, no Museu do Amanhã
14-Bis. Foto: Humberto Teski.

Exposição “O Poeta Voador, Santos Dumont” promove nova exibição de documentários dedicados ao inventor brasileiro, em agosto, no Museu do Amanhã

Sessões de “O Homem Pode Voar” e “Santos Dumont – O desafio do ar”
acontecem nos dias 24 e 31, respectivamente, com entrada gratuita

Quem não pôde assistir aos documentários sobre Alberto Santos Dumont no mês de julho, no Museu do Amanhã, não perdeu a chance de saber ainda mais sobre a trajetória desse grande visionário brasileiro. A exposição temporária “O Poeta Voador, Santos Dumont” vai promover a exibição dos documentários “O Homem Pode Voar” e “Santos Dumont – O desafio do ar” no auditório do museu, como parte de suas ações educativas, nos dias 24 e 31 de agosto, respectivamente, às 16h. Serão sempre duas apresentações por mês até o encerramento da mostra, em 30 de outubro. A entrada será gratuita, sem necessidade de inscrição, e a lotação está sujeita à capacidade do espaço – 380 lugares.

“Durante o processo de pesquisa para criação e desenvolvimento da exposição, encontramos esses documentários sobre Santos Dumont e resolvemos dividir com o público como um desdobramento. É uma maneira de trabalharmos o conteúdo para além do espaço expográfico, dialogando com os visitantes que têm interesse também na linguagem cinematográfica”, explica Deca Farroco, gerente da área de Patrimônio e Cultura da Fundação Roberto Marinho.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

“O Homem Pode Voar”, de Nelson Hoineff, destaca a participação fundamental do brasileiro na história da aviação. Imagens históricas de voos realizados por Santos Dumont em seus maiores inventos, o 14-Bis e Demoiselle, são apresentadas no filme, que tem roteiro assinado por Henrique Lins de Barros, consultor técnico da mostra em cartaz. Já em “Santos Dumont – O desafio do ar”, de Adolfo Rosenthal, o próprio Dumont narra sua trajetória a partir de trechos extraídos de relatos de sua vida. O documentário mostra mais do que a genialidade e o pioneirismo do cientista: revela também o poeta, filósofo e visionário que jamais desistiu do seu sonho. Para dar vida às cenas dos voos do inventor, foram usadas réplicas do 14-Bis e do Demoiselle em tamanho natural, que reproduziram com grande realismo as tentativas do aviador de alcançar o céu.

“As sessões apresentam diferentes facetas da vida de Dumont em dois documentários com olhares distintos. Um revela a biografia do inventor, suas inovações, enquanto o outro se baseia nas próprias memórias dele e lança olhar mais íntimo sobre sua história. Mostrar isso no Museu do Amanhã, ao lado da exposição “O Poeta Voador, Santos Dumont”, amplifica a importância de Santos Dumont como um brasileiro inovador, à frente do seu tempo”, comenta Leonardo Menezes, gerente de conteúdo do Museu do Amanhã.

A exposição “O Poeta Voador, Santos Dumont” tem concepção e realização da Fundação Roberto Marinho, patrocínio exclusivo da Shell Brasil e apoio do Governo Federal, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Serviço
Museu do Amanhã – Auditório
Praça Mauá, 1 – Centro
24/08 – “O Homem Pode Voar”
Horário: 16h
31/08 – “Santos Dumont – O desafio do ar”
Horário: 16h

Entrada gratuita, sem necessidade de inscrição.

.

Ficha técnica

O Homem Pode Voar

Direção: Nelson Hoineff

Ano: 2005

Duração: 75 min

País: Brasil

Classificação: Livre

Santos Dumont – O desafio do ar

Direção: Adolfo Rosenthal

Ano: 2006

Duração: 52 min

País: Brasil

Classificação: Livre

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*