Home / Arte / Amazônia em Foco: A Obra de Bruno Cecim, por Juliana Vannucchi
Fotografia de Bruno Cecim.
Fotografia de Bruno Cecim.

Amazônia em Foco: A Obra de Bruno Cecim, por Juliana Vannucchi

Juliana Vannucchi é graduada em Comunicação Social, licenciada em Filosofia e Editora-chefe do site Acervo Filosófico.
Juliana Vannucchi é graduada em Comunicação Social, licenciada em Filosofia e Editora-chefe do site Acervo Filosófico.

O fotógrafo paraense Bruno Cecim traz em sua bagagem mais de vinte anos de profissão e experiência. Nesse vasto repertório, acumula prêmios, realização de workshops, cursos ministrados e registros fotográficos de algumas das mais célebres figuras do país, como Pelé, Gisele Bündchen, Lula e outros grandes nomes.

Atualmente, Cecim é uma referência nacional em cobertura fotográfica do Pará, com viés em questões ecológicas e na cultura de povos originários, tais como indigenistas, ribeirinhos e quilombolas. Por meio de sua fotografia, capta as exuberâncias únicas da fauna e da flora amazônicas e partilha com o público os detalhes encantadores da maior floresta tropical do mundo. Mas além disso, Bruno também busca retratar a realidade em sua crueza e expor problemas ambientais, políticos e sociais. Nesse âmbito, a câmera tem sido usada por ele como um verdadeiro artifício de revolução e conscientização e, com isso, instigar as pessoas a debates, questionamentos e reflexões.

Bruno acredita que a fotografia é uma arte poderosa e fundamental na vida de qualquer indivíduo. Em relação aos seus objetivos artísticos, comentou: “Através da fotografia, percebo o mundo e o que está ao meu redor. Por meio dela, busco revelar o que está oculto, invisível. Pretendo mostrar coisas que vejo, sinto e percebo. Atualmente, morando na Amazônia, busco focar especialmente nessa realidade. Como artista, não posso me calar diante de fatos tão preocupantes que acontecem aqui, como preservação, direito dos povos e outras questões”.

Recentemente, a arte fotográfica de Bruno Cecim ganhou notoriedade na Europa. O paraense teve obras expostas na Itália e na Espanha, além de ter sido convidado para expor numa galeria em Londres: “Estou muito feliz. É algo único, pois são as primeiras amostras internacionais das quais participo. O grito de alerta pela preservação da Amazônia está ecoando fora do país. Isso gera em mim uma sensação de dever cumprido. É gratificante. A Europa é o berço da arte, da fotografia e do cinema, então me sinto lisonjeado com essa oportunidade”.


JULIANA VANNUCCHI 
Sorocaba – São Paulo
Facebook PerfilFacebook Fan Page
Instagram | Website Acervo Filosófico
E-mail: ju.vannucchi@hotmail.com

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*