Accueil / Art / Le Festival Culturel Asè annonce la sélection
Dialogues féminins et identité - Júnia Bertolino Silva e Cia. Baobá Minas. Photos: Divulgation.
Dialogues féminins et identité - Júnia Bertolino Silva e Cia. Baobá Minas. Photos: Divulgation.

Le Festival Culturel Asè annonce la sélection

L'événement organisé en vertu de la loi Aldir Blanc qui célèbre la culture noire sera 31 de la Mars 11 de abril de forma online

O Asè Festival Cultural divulgou os projetos selecionados para integrar sua programação, que acontecerá de forma online de 31 de la Mars 11 Avril 2021 e será composta exclusivamente por artistas autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. Foram escolhidos 28 projets, entre inscritos e convidados, para apresentações e atividades formativas, distribuídas entre cinco módulos. Além do Estado de São Paulo, há selecionados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e do Distrito Federal.

Publicité: Bannière Luiz Carlos de Andrade Lima

Idealizado pelas artistas Beta Cunha e Jaqueline Cardoso, de São José do Rio Preto (SP), o festival contará com transmissões ao vivo e em vídeo previamente gravado, distribuídas entre os seguintes módulos: Ikosile (Expressar-se); Ka Oriki (Ler Textos); Kika Itan (Lendo Histórias); Kikun Orisha (Pintura de Orixa) e Pin’Mo (Eu Compartilho). A programação envolverá a cultura negra e a indígena e também a cultura LGBTQIA+, théâtre, danse, musique, économie créative, arts, culture populaire, patrimônio cultural material e imaterial e literatura.

A seleção foi realizada entre 23 et 28 Février, pelos curadores convidados Mayara Isis, Jeff Santanielo e Andrea Capelli. A equipe curatorial destacou a qualidade, o potencial e a relevância de todas as obras apreciadas durante a realização da seleção dos trabalhos. Au total, o Asè Festival recebeu 89 inscriptions. A análise e escolha dos projetos orientaram-se primordialmente pela proposta conceitual do festival e pelas regras do edital, publié sur 8 Février.

Conforme previu o edital, 80% dos projetos selecionados são de São José do Rio Preto. Também irão compor a programação trabalhos das cidades de São Paulo, Belo Horizonte (BH), Brazilia (DF), Cachambi (RJ), Rio dos Sinos (RS), Bauru (SP) e Via Mão (RS).

Também integrará a programação do Asè Festival Cultural a série de 12 vídeos intituladaOrixás e Entidades, o Poder da Natureza”, com a participação de mestres/as de saberes do candomblé e da umbanda, entre babalorixás, yalorixás, padrinhos/madrinhas de umbanda e ogãs. Para a série, os/as participantes foram convidados/as previamente pela produção executiva do evento e os vídeos estão em fase de finalização.

A programação do Asè Festival será transmitida pelo YouTube (bit.ly/YouTubeAseFestival) et Instagram (@asefestivalcultural). Bientôt, a comissão de organização divulgará a grade completa do evento.

O projeto do Asè Festival Cultural é realizado com recursos da Lei Aldir Blanc São José do Rio Preto, à travers le Secrétaire Municipal de la Culture, Secrétariat de la Culture spéciale, ministère du Tourisme, Gouvernement fédéral.

SERVICE:
Asè Festival Cultural
Quand: 31 de la Mars 11 Avril 2021
Où: Youtube bit.ly/YouTubeAseFestival e Instagram @asefestivalcultural

 

CONFIRA OS PROJETOS SELECIONADOS:

MÓDULO IKOSILE (EXPRESSAR-SE)

Dança Movimento – Groupe

"(DIZ)CARREGO 2.0”Amanda Prates Bezerra/Coletivo Ara Ijó (São Paulo/SP)

“Diálogos Femininos e Identidade” – Júnia Bertolino Silva e Cia. Baobá Minas (Belo Horizonte / MG)

Dança Movimento – Solo

“su.jei.to”Mayk dos Santos (São José do Rio Preto / SP)

“ARA ÀIYÉ: CORPO DA TERRA” – Kaled Andrade (Brasilia/DF)

“Caravela/Fragmentos”David Balt (São José do Rio Preto / SP)

Musique – vies

“A História do Samba”Elis Ribeiro/Maestria do Samba (São José do Rio Preto / SP)

“Batuqueiros da Vila”Luiz Eduardo (São José do Rio Preto / SP)

“Música Afro Brasileira”Maurício Zacarias/Éramos Três (São José do Rio Preto / SP)

“Samba de Roda da ARCCA”Edenilson Fernandes Benites/ARCCAAssociação Refúgio Cultural Capoeira Angola (São José do Rio Preto / SP)

Théâtre

“Meus Cabelos de Baobá”Fernanda Dias/Coletivo Malungo (Cachambi/RJ)

“Preta Cor” – Christina Martins (São José do Rio Preto / SP)

Performance LGBTQIA+

“Guerreira – Clara Nunes”Rogério Cunha/Wathuzi Cox (São José do Rio Preto / SP)

“Resistir para Rexistir”Enedir Silva/DiAlbert: Abre alas que queremos Resistir (São José do Rio Preto / SP)

MÓDULO KA ORIKI (LER TEXTOS)

(nota da curadoria: devido ao número insuficiente de inscrições, as vagas remanescentes serão preenchidas oportunamente por artistas convidadas)

“Poesia Autoral”Sirlane de Souza Santana (São José do Rio Preto / SP)

“Liberdade de Ser” – Yamin Feitosa (São José do Rio Preto / SP)

MÓDULO KIKA ITAN (LENDO HISTÓRIA)

(nota da curadoria: a vaga remanescente será preenchida por uma artista convidada oportunamente)

“Mito da Criação do Mundo na Versão Yorubà”Indiara Tainan (Rio dos Sinos/RS)

“Contos Africanos”Jussara Vicente – Ju Conta histórias (Bauru/SP)

“O Macaco e a Lua”Juliana Costa (São José do Rio Preto / SP)

MÓDULO KIKUN ORISHA (PINTURA DE ORIXÁ)

“Antes das Cicatrizes”Lili Caffé (São José do Rio Preto / SP)

“A Beleza da Nossa Cor”Wesley S. Estacio (São José do Rio Preto / SP)

“A Arte de Valdeme”Valdeme Ribeiro dos Santos (Via Mão/RS)

MÓDULO PIN’MO (EU COMPARTILHO)

“Cabelo, representatividade e Auto Estima da Menina e Mulher Negra”Edy Nascimento (São José do Rio Preto / SP)

“Oficina Corpos Negros” – proponente Ubuntuministrantes Olivia Justo e Juliana Mogrão (São José do Rio Preto / SP)

“Culinária Afro Brasileira” – Arroz de HauçáSuely Sousa (Uchôa/SP)

“Fun Orixá Ati Fun Wa-lati je” (Para Orixá e para a gente comer) – Yabaçè Dofona ty Oya, Egbomy Valtinho ty Jagun e Kauê Rocha (São José do Rio Preto / SP)

“Xirê ritmos de cada Orixá”proponente Axé Santa Clara – ministrantes Allan Ventura Cabral e Lucas Freitas (São José do Rio Preto / SP)

“Orin IluOs Tambores que cantam”Kauê Rocha, Vitor Miguel e Jard Cerqueira (São José do Rio Preto / SP)

Laisser une réponse

Votre adresse email ne sera pas publiéeLes champs requis sont surlignés *

*