Home / Arte / Como montar um atelier em sua casa sem gastar muito?
Mão foto criado por pressfoto - br.freepik.com.
Mão foto criado por pressfoto - br.freepik.com.

Como montar um atelier em sua casa sem gastar muito?

Montar um atelier em casa é algo extremamente prático, desde que haja a organização das prioridades e um certo conhecimento em como viabilizar um espaço ideal para trabalhar ou, até mesmo, desenvolver um hobby, em um local aconchegante e próximo da família.

Muitas vezes essa também é vista como uma das opções mais baratas do mercado, afinal, não é preciso ter que alugar um outro espaço para desenvolver suas atividades artísticas.

Ainda assim, e mesmo que seja dentro de casa, o seu espaço de trabalho deve ter todo o tipo de envolvimento com aquilo que é proposto, mantendo a organização e a possibilidade para que você possa fazer um uso próprio dos lugares para uma confecção de uniformes.





Dentro disso, uma das principais preocupações é o investimento em tudo que vai constar dentro do seu atelier, e de que forma todos os itens, juntos, vão se transformar na sua cara.

No artigo a seguir vamos entender mais sobre as formas de montar um atelier super em conta dentro de casa, não antes de entendermos mais sobre o que é esse espaço, porque ele tem estado em grande ascensão e qual a importância de uma boa construção.

O atelier em casa e suas tendências

O atelier nada mais é do que um espaço direcionado especialmente para a produção criativa de algo, geralmente vindo de um trabalho manual, como o caso de:

  • Artesanatos;
  • Objetos de cerâmica;
  • Pintura de quadros;
  • Confecção de roupas;
  • Dentre outros.

Além de ser um local destinado para a produção e especialmente para a criação, o ateliê tem um significado bastante particular para seu dono, principalmente em relação à comodidade e à desenvoltura necessária dentro do lugar.

Por exemplo, para desenvolver um bom trabalho com a produção de xícaras de cerâmica, é preciso ter à disposição um lugar que incite a criatividade, que seja minimamente organizado para que o artista encontre suas peças e itens, e também que tenha suportes.

Como exemplo de suporte, podemos dizer que são variáveis, indo desde uma mesa inox com cuba até instrumentos próprios para o trabalho, sendo em resumo tudo aquilo que propicia um resultado próprio e melhor, deixando o criador satisfeito e confortável.

Qual a importância em ter esse espaço?

Em primeiro lugar, o atelier é importante para que haja um espaço e uma estrutura própria para o desenvolvimento de atividades relacionadas à criatividade, diferente de um ambiente corporativo, onde escritórios são os melhores e únicos ambientes para o trabalho.

É importante que o artista que esteja criando uma peça tenha a possibilidade de estar cercado de tudo aquilo que possa inspirá-lo, desde fotos até natureza.

Tudo isso vai servir para que de fato seja criado um material de qualidade e próprio daquele artista, dentro de uma ambientação em que este se sente cada vez mais confortável com o que cria, no momento que quiser e na hora que tiver criatividade.

Outro ponto é que o atelier reúne todos os materiais em estante de aço para escritório utilizados pelo artista, e muitas vezes é incômodo ter tudo isso dentro de uma casa, ou em uma sala comercial, por exemplo.

Isso porque o uso constante de matéria-prima, o que pode remeter à tintas, máquinas de corte, e outras possibilidades que sujam o chão, parede e até mesmo mesa, precisa ser bem segmentado e colocado, não como exceção, mas realidade do artista.

Todas essas motivações atreladas à uma localização de atelier com espuma para isolamento acústico dentro de casa só vem a somar e trazer muito mais benefícios ao criador. Afinal, ele estará dentro de um local aconchegante fazendo seu trabalho.

Essa é a uma possibilidade tanto para ambientes pequenos como aqueles maiores, conseguindo se adaptar a qualquer realidade, desde que o morador saiba que o espaço será próprio para a ampla utilização artística, incluindo sujeira total do chão, por exemplo.

O ideal mesmo é saber como montar o atelier com caixa em acrílico da melhor forma possível , respeitando os desejos do artista e as condições do próprio lugar.

Dicas interessantes para montar um atelier em casa

Abaixo vamos entender algumas das principais dicas para quem está desejando montar um ateliê dentro de casa, separando tudo o que é essencial para que o espaço funcione bem e esteja ao máximo integrado com o trabalho do artista, ao que dentro de casa.

Saber de fato o espaço que será utilizado

O primeiro ponto a considerar dentro de um atelier é o que de fato vai ser feito nele, para que motivo ele será utilizado e dentro de qual trabalho ele servirá como espaço.

Isso vai ajudar a traçar uma linha compreensiva não apenas dos primeiros investimentos, mas também da compreensão sobre a separação com outros pontos da casa, como a cozinha, entendendo os limites e as diferenciações.

Saber para que você vai usar aquele espaço pode determinar, ainda, uma organização de lugares com instalações elétricas prediais e outras frentes, principalmente para criação e estudo da faculdade.

Pensar nos objetos primários e secundários

Os objetivos que vão fazer parte do seu atelier devem ter a plena importância dentro da organização do espaço. Isso porque muitos deles vão precisar de suportes e espaços especiais para serem guardados, como em um armário em inox personalizado.

É importante também pensar no próprio processo criativo, entendendo o que pode ser interessante para que você tenha condições plenas de desenvolver um trabalho e entregá-lo bem, como o caso de um artesanato que necessita de pinturas extras.

Escolher móveis e itens funcionais

O diferencial na escolha dos móveis dentro de um atelier é o entendimento que o uso destes será máximo, e muitas vezes mais potente e menos preocupado do que aquela mesa que você tem na sua sala de estar.

Isso porque dentro de um atelier são muitas as criações feitas, dentro de processos específicos dos artistas, que muitas vezes requer uma falta de atenção com a integridade da peça em si, propositalmente.

Os itens funcionais também são fundamentais, tanto para que haja economia de dinheiro com os investimentos, como uma mesa que vale como guarda materiais e cortadora de tecidos, ou no caso de um reservatório que serve para secar peças e como mostruário.

Investir em organizadores

Os organizadores são os melhores amigos dos que desejam um ambiente bem organizado. Para quem trabalha em atelier, ainda que a metodologia nem sempre agrade, o importante é ter a consciência de onde estão os principais materiais de trabalho.

É o caso de uma série de organizadores abaixo de dutos de ventilação, que separam fitas coloridas e broches que são utilizados na confecção de roupas, feitas por uma artista.

Lembre-se que o atelier, ainda que tenha como fundamento a liberdade, é um local de trabalho, e quanto mais produtividade, melhor será o resultado final.

Pensar na máxima otimização de espaço

Essa dica é válida principalmente para aquelas pessoas que possuem um espaço mais reduzido em um atelier. A otimização de espaço faz com que o ambiente seja melhor aproveitado, trazendo uma maior utilização de cada lugar pela pessoa que ali trabalha.

O ideal dentro desse espaço de criação é ter a separação por áreas de trabalho, atividades que são específicas com água ou perto de janelas, por exemplo, e também entender de que forma os materiais e outros objetivos podem estar em plena localização.

Dar prioridade para o espaço de criação

O espaço de criação dentro de um atelier certamente será o lugar onde o artista mais vai estar trabalhando, e é nesse ponto, que pode ser em uma mesa, no chão e até mesmo em cima de uma máquina, que tudo deve ser centrado.

Por exemplo, evite colocar prateleiras com materiais de argila em um lugar distante da mesa onde está a máquina, pois pode atrapalhar o processo de criação.

Criar um ambiente próprio para criatividade

Um atelier sem espaço de criatividade, como referências, livros, música e até mesmo recortes não é um atelier de verdade. No trabalho artístico, principalmente de criação, estar a par de outras formas de criatividade é algo essencial para o processo.

Por isso, coloque sempre uma importância a mais nesse tipo de organização, e traga para o espaço tudo aquilo que, de uma maneira ou de outra, te inspira a criar.

Considerações finais

O atelier é sem dúvidas um dos espaços preferidos de pessoas que trabalham com criação, e ter esse lugar dentro de casa, além de ser uma grande economia, é também uma maneira de agregar conforto e muito mais chances de desenvolvimento de um bom trabalho.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

ontar um atelier em casa é algo extremamente prático, desde que haja a organização das prioridades e um certo conhecimento em como viabilizar um espaço ideal para trabalhar ou, até mesmo, desenvolver um hobby, em um local aconchegante e próximo da família. Muitas vezes essa também é vista como uma das opções mais baratas do mercado, afinal, não é preciso ter que alugar um outro espaço para desenvolver suas atividades artísticas. Ainda assim, e mesmo que seja dentro de casa, o seu espaço de trabalho deve ter todo o tipo de envolvimento com aquilo que é proposto, mantendo a organização…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie o artigo! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.9 ( 1 votos)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*