Home / Arte / Oscar Oliveira – “Arte, reflexo da vida”, por Edmundo Cavalcanti

Oscar Oliveira – “Arte, reflexo da vida”, por Edmundo Cavalcanti

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

1- Onde você nasceu? E qual sua formação acadêmica?

Nascido em Salvador – Bahia, em 23 de novembro de 1953, 67 anos, sou soteropolitano. Formação acadêmica: Análise de Sistemas e Ciências Estatísticas.

2- Como e quando se dá o seu primeiro contato com as Artes?

Cedo na infância, com meus pais que gostavam e valorizavam as artes em geral.

3- Como surgiu ou você descobriu este dom?

Naturalmente, desde a infância sempre me dedicava prazerosamente a desenhar, pintar, batucar, desmontar e montar coisas, rsss..

Oscar Oliveira é Artista Plástico.

Oscar Oliveira é Artista Plástico.

4- Quais são suas principais influências?

Acho que a arte veio comigo na minha alma, muito cedo.

Mais tarde quando tinha mais consciência do que era a arte e através das leituras e pesquisas passei a ter a influência dos seguintes mestres artistas:

Kandinsky; Candido Portinari; Tarsila do Amaral; Caribé; Salvador Dali; Pablo Picasso; Di Cavalcanti; Israel Pedrosa; Waldo Robatto…

5- Quais os materiais que você utiliza em suas obras?

Uso tinta acrílica, principalmente em tela, quando necessário carvão e/ou giz (branco e colorido) para desenhar ou compor a pintura, para isso uso o acrylic gel medium como fixador. A depender uso tinta de parede acrílica, giz, gesso líquido, stencil, às vezes verniz acrílico.

6- Como é o seu processo criativo em si? O que te inspira?

Meu processo criativo ocorre com a contemplação. A partir daí surgem motivos que me desafiam a compor uma obra de arte. Interessa muito a composição, as cores e a forma de olhar.

Inspiram-me detalhes da natureza, urbanos e marinhos. Também acordar com vontade de transformar uma tela ou papel em uma obra de arte.

7- Quando você começou efetivamente a produzir ou criar suas obras?

Aos 14 anos passei a desenhar e pintar com mais frequência e método, mas após dar baixa na CLT é que me dediquei a produzir diariamente criando um Ateliê e aprofundando em leituras e pesquisas e cursos.

8- A arte é uma produção intelectual primorosa, onde as emoções estão inseridas no contexto da criação, porém na história da arte, vemos que muitos artistas são derivados de outros, seguindo técnicas e movimentos artísticos através do tempo, você possui algum modelo ou influência de algum artista? Quem seria?

Minha influência principalmente são os artistas que mencionei no item 4.

Não possuo conscientemente nenhum modelo, mas eu posso estar trazendo algum elemento de um outro artista que eu tenha observado e que ficou no subconsciente.

9- O que a arte representa para você? Se você fosse resumir em poucas palavras o significado das Artes na sua vida…

A arte para mim é reflexo da vida; é expressão; é beleza; é paz; é manifesto; é aprendizado.

10- Quais as técnicas que você usa para expressar suas ideias, sentimentos e percepção a cerca do mundo? (Se é através da pintura, escultura, desenho, colagem, fotografia… ou usa várias técnicas no sentido de fazer um mix de formas diferentes de arte).

As técnicas que uso para expressar minhas ideias criativas são basicamente através de desenho, pintura e fotografia.

11- Todo artista tem seu mentor, aquela pessoa a quem você se espelhou que te incentivou e te inspirou a seguir essa carreira, indo adiante e levando seus sonhos a outros patamares de expressão, quem é essa pessoa e como ela te introduziu no mundo das artes?

Em primeiro lugar foi minha mãe que me entendeu e incentivou essa minha vocação, assim como os professores de artes do colégio Dom Bosco, Salesiano de Manaus.

Atualmente meus maiores incentivadores são meu filho Daniel e minha mulher Graciete.

Quero também ressaltar a importância do mestre Waldo Robatto que em suas aulas me incentivou e ensinou técnicas que com elas dei um salto de qualidade nas obras que realizo.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

12- Você tem outra atividade além da arte? Você ministra aulas, palestras etc.?

Atualmente minha dedicação é a arte, desde que me aposentei, CLT, após 42 de trabalho na área de Tecnologia da Informação e gestão.

As vezes faço parte de pinturas coletivas em praças, shoppings, feiras etc.

13- Suas principais exposições nacionais e internacionais e suas premiações?

Exposições Presenciais:

Tricenter, Itaigara, Salvador, BA, exposição coletiva.

Exposição Coresprasever, Centro cultural Laboratório DNA, Salvador BA.
Curador: Luiz Cláudio Campos

Primeira Feira da primavera Bahia Marina, Salvador/ BA.
No espaço Balaio D´Arte, de Taissa Mendes.
Data: 15/09/2018

Exposição coletiva Galeria B Arte, MOSTRA SHOPPING PARALELA, Salvador BA.
Curador: Chico Maia

Exposições Virtuais:

Exposição coletiva Arte sem limites, Galeria Raphael Art Galery,
Curador: Edmundo Cavalcanti
Período: 02 a 31/12/2020,

Exposição coletiva Resiliência, Anjos Art Gallery & Raphael Art Galery,
Curadora: Maria dos Anjos Oliveira &Edmundo Cavalcanti
Período: 15/12/2020 a 15/01/2021,

Exposição coletiva São Paulo que eu Amo Anjos Art Gallery & Raphael Art Galery,
Curadores: Maria dos Anjos Oliveira & Edmundo Cavalcanti
Período: 05/ a 28/02/2021,

Eventos.

  • Pintando na rua

Eventos:

-Feira de Arte e Antiguidades de Salvador – BA.
Data: 18/10/2017
Uma tela elaborada no local juntamente com um grupo de artistas.
Obra: Tela Campo Grande, homenagem a Caribé.

-Projeto Horta do Horto – av. Valdemar Falcão, Salvador – BA.
Data: 11/11/2017
Pintura na calçada 90 cm por 3 metros, para cada artista.

-Feira de Arte e Antiguidades de Salvador – BA.
Data: 10/12/2017
Tela elaborada no local juntamente com um grupo de artistas.
Obra: A Praça.

-Arte no Mercado do Rio Vermelho Salvador – BA.
Data: 17/11/2018
Tela elaborada no local juntamente com um grupo de artistas.
Obra: Mercado I.

-Arte no Mercado do Rio Vermelho Salvador – BA.
Data: 05/11/2019
Tela elaborada no local juntamente com um grupo de artistas.
Obra: Mercado II.

14- Seus planos para o futuro?

Continuar pintando, aprimorando o olhar e minha execução.

Divulgar minha arte nos diversos meios da rede social.

Participar de exposições virtuais e assim que a pandemia permitir pretendo participar de exposições presenciais.

15- Em sua opinião qual é o futuro da arte brasileira e dos seus artistas? (no contexto geral) e porque tantos artistas estão dando preferência em mostrar seus trabalhos em exposições internacionais apesar dos altos custos?

A arte brasileira está muito desvalorizada, falta de interesse das gestões públicas em promover todo e qualquer tipo de arte, por isso alguns artistas estão buscando alternativas como exposições fora do nosso querido país onde são valorizadas.

Por outro lado, uma grande concorrente nossa é a tecnologia que tanto nos ajuda, mas qualquer um pode usá-la para gerar os prints em computadores, impressoras caseiras ou gráficas decorando-as em suas paredes, em vez de decorá-las com obras de arte.

A esperança está com a classe artística em influenciar mudanças de política dos poderes públicos, além de trabalhos de pessoas como você Edmundo e Maria dos Anjos que são importantíssimos para a nossa arte.

Redes Sociais:

Facebook: Oscar Oliveira

Instagram: @oscar_mesquita_oli

.

….

.

1- Onde você nasceu? E qual sua formação acadêmica? Nascido em Salvador – Bahia, em 23 de novembro de 1953, 67 anos, sou soteropolitano. Formação acadêmica: Análise de Sistemas e Ciências Estatísticas. 2- Como e quando se dá o seu primeiro contato com as Artes? Cedo na infância, com meus pais que gostavam e valorizavam as artes em geral. 3- Como surgiu ou você descobriu este dom? Naturalmente, desde a infância sempre me dedicava prazerosamente a desenhar, pintar, batucar, desmontar e montar coisas, rsss.. [caption id="attachment_71783"…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie a entrevista! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.9 ( 1 votos)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*