Home / Arte / Museu de Arte Sacra de São Paulo lança segunda edição de sua revista
Lançamento Piratininga – Revista do Museu de Arte Sacra de São Paulo – edição II, convite. Divulgação.

Museu de Arte Sacra de São Paulo lança segunda edição de sua revista

Piratininga – Revista do Museu de Arte Sacra de São Paulo traz textos de alta qualidade e ilustrações ricas e variadas, no intuito de abrir o diálogo entre todos os públicos

O Museu de Arte Sacra de São PauloMAS-SP, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, promove o lançamento da segunda edição de Piratininga – Revista do Museu de Arte Sacra de São Paulo, sob direção de José Carlos Marçal de Barros e edição de José Luís Landeira. Agora em versão exclusivamente digital e periodicidade semestral, com textos de alta qualidade e ricas e variadas ilustrações, a proposta é uma divulgação científica que se apresenta como espaço para todos que desejam “conversar” sobre arte, buscando o diálogo entre públicos diversos, conhecedores ou não destes universos culturais.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Para essa segunda edição, Prof. Dr. José Luis Landeira especifica: “o dossiê temático trata dos cinquenta anos do MAS/SP, com artigos que abordam a sua história e a sua realidade presente: exposições itinerantes, cursos no exterior, exposições que emergem do trabalho de sala de aula do museu etc. Seguem-se matérias variadas sobre História da Arte, Teoria da Arte, Literatura, História, Sociedade etc., com temas muito variados que respondem a questões como “Por que uma obra de arte chega a valer tanto dinheiro?”; “Há misticismo no Heavy Metal?”; “Como compreender e apreciar as peças de arte do Museu?”; “O que podemos aprender da antiga Pérsia?” entre outras”.

Para o diretor editorial José Carlos Marçal de Barros, “O Museu de Arte Sacra de São Paulo, desde alguns anos, decidiu, como parte de sua missão, não se restringir à atividade que está na raiz de sua razão, principalmente brasileira. Para tanto tem desenvolvido uma profícua atividade editorial e, sobretudo, de ensino a respeito dos temas mais variados ligados à sua razão de ser, buscando reunir não só um grupo de professores altamente qualificados, mas também atingir frequência de pessoas interessadas, até então inédita. Faz parte desse escopo a criação desta revista”. Como objetivos principais de Piratininga, estão a publicação sistemática de trabalhos realizados por alunos do MAS/SP em seus diversos cursos, estimulando a produção de textos e o compartilhamento de informações, e a oportunidade aos mais destacados nomes da História e da História da Arte para colaborarem com um conteúdo de reflexão estética.

Piratininga está disponível na versão online no site www.museuartesacra.org.br.

Evento: Lançamento Piratininga – Revista do Museu de Arte Sacra de São Paulo – edição II
Direção editorial: José Carlos Marçal de Barros
Edição: José Luís Landeira
Data: 15 de fevereiro de 2020, sábado, às 141h
Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo – www.museuartesacra.org.br
Endereço: Avenida Tiradentes, 676 – Luz, São Paulo (ao lado da estação Tiradentes do Metrô)
Tel.: 11 3326-5393

.

MAS/SP

O Museu de Arte Sacra de São Paulo, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, é uma das mais importantes do gênero no país. É fruto de um convênio celebrado entre o Governo do Estado e a Mitra Arquidiocesana de São Paulo, em 28 de outubro de 1969, e sua instalação data de 29 de junho de 1970. Desde então, o Museu de Arte Sacra de São Paulo passou a ocupar ala do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz, na avenida Tiradentes, centro da capital paulista. A edificação é um dos mais importantes monumentos da arquitetura colonial paulista, construído em taipa de pilão, raro exemplar remanescente na cidade, última chácara conventual da cidade. Foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em 1943, e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Arquitetônico do Estado de São Paulo, em 1979. Tem grande parte de seu acervo também tombado pelo IPHAN, desde 1969, cujo inestimável patrimônio compreende relíquias das histórias do Brasil e mundial. O Museu de Arte Sacra de São Paulo detém uma vasta coleção de obras criadas entre os séculos 16 e 20, contando com exemplares raros e significativos. São mais de 18 mil itens no acervo. O museu possui obras de nomes reconhecidos, como Frei Agostinho da Piedade, Frei Agostinho de Jesus, Antônio Francisco de Lisboa, o “Aleijadinho” e Benedito Calixto de Jesus. Destacam-se também as coleções de presépios, prataria e ourivesaria, lampadários, mobiliário, retábulos, altares, vestimentas, livros litúrgicos e numismática.

MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO – MAS/SP

Presidente do Conselho de Administração – José Roberto Marcellino
Diretor Executivo – José Carlos Marçal de Barros
Diretor de Planejamento e Gestão – Luiz Henrique Marcon Neves
Museóloga – Beatriz Cruz

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*