Home / Art / Rio and the history that has been erased is the theme of the May's Rolé Carioca

Rio and the history that has been erased is the theme of the May's Rolé Carioca

Municipality of the City of Rio de Janeiro, Municipal Secretary of Culture and Estudio M’Baraká present

A história apagada através dos anos e suas memórias é tema do roteiro do Rolé Carioca em maio

Era uma vez no Rio – Memórias e Apagamentos. Este é o tema do próximo roteiro online do Rolé Carioca, What happens on the day 30 de Mayo (Sunday) to 10 horas da morning Zoom platform, com transmissão simultânea pelo Facebook do Rolé Carioca.

Partindo do conceito do professor inglês Peter Burke, de que “o historiador lembra a sociedade daquilo que ela quer esquecer”, o roteiro passeia por prédios, monuments, personagens e acontecimentos demolidos, apagados, abandonados. A história de um Rio que sobrevive pela resistência daqueles que insistem em não esquecer.

Destruição, demolição, abandonment, oblivion, omissão, apagamento, desaparecimento. Palavras que servem tanto para aniquilar um prédio, as the Monroe Palace, in downtown Rio, sede do Senado Federal entre 1925 and 1960, quanto para anular pessoas e narrativas alternativas às que constam em documentos oficiais.

Advertising: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

É sobre esta história não contada – ou calada – que o próximo Rolé na Rede vai tratar. De períodos obscuros cujas narrativas oficiais apagam revoltas, rebeliões, massacres, personagens e acontecimentos, como a escravidão e a Ditadura Militar, a construções abandonadas, como a Estação Leopoldina, o Hotel Gloria e a casa de shows Canecão, passando por prédios que mudaram de função, como o Palácio Tiradentes, atual sede da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. The script Era uma vez no Rio – Memórias e Apagamentos tem a proposta de contar uma história que insiste em se manter viva.

Como uma verdadeira aula de História ao vivo, o roteiro de maio vai falar ainda de queimas de arquivo – como a feita por Ruy Barbosa para negar a existência da escravidão no Brasillocais utilizados para tortura como o prédio do Dops e patrimônios que carregam uma história de dor e resistência, as the Valongo wharf, na região portuária do Rio.

“Nossa proposta é apresentar uma abordagem envolvendo as tentativas, bem-sucedidas ou não, de apagamento de memórias históricas dentro da nossa cidade”, explica a historiadora Roberta Baltar, uma das condutoras do Rolé na Rede.

“Ao trabalharmos com o que foi apagadoseja propositalmente, enquanto projeto de poder – or “acidentalmente– pelo abandono e falta de preservação, podemos vislumbrar outra cidade, repleta de narrativas que nos foram negadas e precisam ser retomadas”, ends.

O passeio virtual de maio do hang out Carioca será conduzido pelos historiadores Roberta Baltar e William Martins. No roteiro, histórias e lembranças de outros prédios demolidos como o Pavilhão Mourisco, Botafogo, ou a destruição de monumentos naturais, como o Morro do Casteloque se transformou em aterro na década de 20 last century.

Plataforma de conteúdos sobre o Rio

In 2021 Rolé Carioca further deepens its proposal and invites the public to tell their stories on the Map of Memories (www.rolecarioca.com.br/mapa/)e a acompanhar ideias e olhares de pessoas que pensam a cidade, be it at Papo de Rolé - a series of debates available at www.rolecarioca.com.br/papoderole/acervo - either in conversations with directors of the films presented at the Mostra CineCidades www.rolecarioca.com.br/cinecidades/acervo.

“You could say that the city is never ready. It is an open platform, em constante construção”, elaborates Isabel Seixas, creator of Rolé Carioca. “Fazemos um convite às pessoas para que pratiquem a cidade, know and be part of it in a more conscious and proactive way ”, ends.

SERVICE – hang out Carioca
Era uma vez no Rio – Memórias e Apagamentos Date: 30 de Mayo (Sunday)
Time: 10 hours
Participation: The Zoom link will be released at 09h50 in the project profiles (Facebook and Instagram)
Free - No registration required Duration: approximately 1 hour
WebSite: www.rolecarioca.com.br Facebook: /RoleCarioca Instagram: @rolecarioca YouTube: /RoleCarioca

 

Check the schedule of virtual tours until July:

June- João do Rio 100 anos – A alma encantadora das ruas
Ride – Day 27 June

July - River, World Capital of Architecture
Ride – Day 25 July

About Rolé Carioca

Multiplatform culture project, history and knowledge about Rio de Janeiro, Rolé Carioca adds a rich collection of stories, curiosities, facts and characters collected in almost a decade dedicated to people, to the memory and culture of the city.

The museum was created in 2013 from face-to-face tours through different itineraries, telling stories about Rio and its characters, Rolé Carioca expands its operations in 2021 se dedicando a ouvir histórias de moradores e trazer

reflexões sobre o espaço urbano por meio de ações como o Mapa de Memórias, the Papo de Rolé webseminar and the CineCidades film show – merging virtual and face-to-face programming, adapted to the pandemic moment.

For his trajectory, Rolé Carioca was one of the winners of 2019 Rodrigo Melo Franco de Andrade Award, granted by IPHAN to initiatives for the preservation and dissemination of historical and cultural heritage.

About M’Barakå Studio (UM-BA-RA-KAT) - Director and creator of the project

Created 14 years by Isabel Seixas and Diogo Rezende, the M'Baraká studio develops multiple projects with professionals from different segments and stands out for its methodology, that involves creation, search, strategic planning and art direction. Since 2013, economist Larissa Victorio is part of society. The group's projects are unique, focused on creating relevant experiences, that generate knowledge and value for their audiences: www.mbaraka.com.br

Rolé Carioca is sponsored by the City of Rio de Janeiro, of the Municipal Secretary of Culture, of Estacio and the National Electric System Operator (U.S), co-sponsorship of First RH Group and Shift Gestão de Serviços, through the Municipal Culture Incentive Law – Lei do Iss, and support from Lecca and the World Architecture Congress.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*