Главная / Искусство / Дизайн – изучение пути, Шаг за шагом 15 как рисовать на Rosangela Виг

Дизайн – изучение пути, Шаг за шагом 15 как рисовать на Rosangela Виг

Rosângela Vig é Artista Plástica e Professora de História da Arte.

Виг является Rosangela художник и учитель История искусства.

Дизайн – изучение пути, Шаг за шагом 15 как рисовать
по Rosangela Vig

Мой зеленый свет риски,
Контуры внутри меня,
Зеленая дорога море,
Широко открыты без конца.
(…)
Я бегу. Я танцую,
Tecendo meu pau de fita.
Sementes vou semeando
Nos campos da fantasia.
Vou girando. Vou cantando,
E não me chamo Maria.
(ЖЕНСКИЙ, 2004, p.216)

Fig. 1 – Caminito, Argentina, Rosângela Vig, 2013.

Инжир. 1 – Caminito, Аргентина, Rosangela Виг, 2013.

A forma insiste na mente, instala-se no papel em branco ou na tela alva e se desmancha em cores. A ideia nasce, adquire forma e se complementa com as ядер. O artista é responsável pela justa distribuição de tudo, onde antes era um vazio. As insurgentes linhas se ajustam entre si, и следить за изложением горизонты, достопримечательности, corpos, colorem-se de tonalidades, из огни, de sombras, esboçam movimentos. Eis que a obra emerge e se torna ela própria e única, para o simples deleite do olhar.

A mente pode delirar em meio às formas, mas o artista controla esses ímpetos e segue suas próprias regras em seu fazer. Em meio a esses arrebatamentos, a liberdade insistisse e leva a mente às mais insólitas imagens, representa as mais improváveis cenas. E se nessas impossíveis cenas a vida fosse vista sob um caleidoscópio, ou como se estivéssemos por trás de um lindo vitral colorido? Movida por tal inspiração, fiz um estudo com trinta obras elaboradas a partir de formas geométricas. Deixei que a engenhosidade se derramasse em minha mente e que corresse livre pelo papel e pela tela. E o Tango no Caminito foi o primeiro dessa série de trabalhos.

Fig. 2 – Tango no Caminito, Rosângela Vig, 2017.

Инжир. 2 – Tango no Caminito, Rosangela Виг, 2017.

O lindo e colorido Caminito (Инжир. 1) fica em Buenos Aires, na Argentina e o lugar deixa mais que a impressão do Belo. Suas cores vibrantes; envolvem a alma com a alegria e o sensual ritmo do tango. Para esse artigo fiz um desenho especial, com um casal, no ponto máximo de um движение do tango, no lindo Caminito (Инжир. 2).

Fig. 3 – Espiando, Maria Lúcia Urban Borbely.

Инжир. 3 – Espiando, Мария Люсия городские Borbely.

A intenção foi dar especial destaque para o movimento da dança e para as cores do lugar. As formas geométricas complementaram, uma vez que imaginei a cena vista por meio de um vitral colorido, ou de um caleidoscópio.

Fig. 4 – Labirinto de Cor, Maria Lúcia Urban Borbely.

Инжир. 4 – Labirinto de Cor, Мария Люсия городские Borbely.

O trabalho se iniciou com uma linha diagonal, na folha. A partir dessa linha tracei um esboço do casal, com linhas arredondadas, como se os dois juntos formassem um triângulo invertido, com o lado mais estreito para as pernas do casal e os lados superiores para os ombros e o restante do corpo. Concluído isso, desenhei levemente suas cabeças, seus braços e suas pernas. Com a régua, acertei todas as linhas de seus corpos, para que ficassem retas e que não houvesse linhas tortas. O resto veio por conta do acaso. Com a régua repeti e prolonguei algumas linhas por toda a folha para o casario do Caminito. No chão, правой стороны, tracei uma escada, como se os pés do rapaz estivessem ali apoiados. A cor complementou o desenho. No colorido das casas e do comércio local, a alegria e a vida se acentuou. Na roupa do homem, a seriedade do preto contrastou com a sensualidade do vermelho do vestido da moça, com delicada renda na barra.

Fig. 5 – Boiada, Luciana Fischer.

Инжир. 5 – Boiada, Luciana Fischer.

De olhos fechados, segui a imaginação, deixei que a mente, книга, perambulasse e que rodopiasse nas ruas de Buenos Aires, ao ritmo do tango.

E a geometria foi tema das obras de Maria Lúcia Urban Borbely (Цифры 3 и 4). Em meio a um labirinto de cores e de formas, a artista deixa à mostra seu trabalho com a geometria. Vale dar uma espiadinha no primoroso jogo de cores da figura 3, onde um olhar parece se esforçar em meio às estreitas formas, insistindo em sair, esgueirando-se, numa tentativa de participar do outro lado. На Фигура 4, a improvável combinação de cores ficou harmônica e as linhas, de maneira abstrata, parecem tentar invadir os campos, umas das outras.

Fig. 6 – Gruta Azul, Luciana Fischer.

Инжир. 6 – Gruta Azul, Luciana Fischer.

Na série Mato Grosso do Sul, a artista Luciana Fischer retratou o cotidiano do lugar, fazendo uso das linhas. Incluiu nas cenas, seres típicos do lugar, traçados geometricamente, trazendo a tradição do lugar para a contemporaneidade da Искусство. Tudo é comum na cena, o inesperado é o destaque para as formas, que parecem circundar o centro da imagem, levando mais que apenas a cor, mas deixando à mostra o movimento.

Fig. 7 – Rede, Valdonês dos Santos Ribeiro.

Инжир. 7 – Rede, Valdonês Рибейро дос Сантос.

Na obra de Valdonês, as linhas retas estão ainda associadas à Перспектива. O tamanho exagerado dos pés dos personagens em suas duas obras acentua o ponto de fuga e aproxima a cena para perto do olhar. Nas duas imagens, os dois parecem repousar despreocupadamente, em relaxada posição. Ao redor dos protagonistas, há círculos, há formas geométricas e há sombras. A simplicidade na forma do coqueiro e dos pássaros de São Francisco possibilitam ao olhar o foco no tema central. A cor só completou, em rica combinação, o que já estava belo.

Fig. 8 – São Francisco, Valdonês dos Santos Ribeiro.

Инжир. 8 -San Francisco, Valdonês Рибейро дос Сантос.

A autonomia levou os três artistas a utilizarem a forma e as linhas retas de maneira notável, seguindo por esses mundos onde a inventividade repousa. В результате, o Belo da Arte encantou, Снова. E vale seguir as palavras de nossa grande e sábia poetisa. Cora Coralina sugere um viajar livre por esses mundos, alçando voo despreocupadamente. Deixe que a Arte seja como um lindo caleidoscópio, repleto de diferentes formas a cada novo olhar. Olhe tudo sempre de diferentes maneiras e recrie a Arte.

Confira o vídeo da produção da obra Tango no Caminito:

.

В избранное? Оставить комментарий!

.

Пойдем с нами, Получить Последние по электронной почте:

E-mail

.

.

Вам также могут понравиться:

.

Статьи по истории искусства Rosangela Vig:

.

Ссылки:

ЖЕНСКИЙ, Кора. Coleção Melhores Poemas: Кора Коралина в стране кошмаров. Сан-Паулу: Глобальные издатель, 2004.

.

Как фигурас:

Инжир. 1 - Caminito, Аргентина, Rosangela Виг, 2013.

Инжир. 2 - Нет Каминито Tango, Rosangela Виг, 2017.

Инжир. 3 - Шпионаж, Мария Люсия городские Borbely.

Инжир. 4 - Labirinto de Cor, Мария Люсия городские Borbely.

Инжир. 5 - A Boiada, Luciana Fischer.

Инжир. 6 - Gruta Azul, Luciana Fischer.

Инжир. 7 - Rede, Valdonês Рибейро дос Сантос.

Инжир. 8 - San Francisco, Valdonês Рибейро дос Сантос.

.

.

Комментарии

Оставить комментарий

Ваш email нигде не будет показанОбязательные для заполнения поля помечены *

*